Leste Europeu

Primeiras impressões

Foi apenas uma de 44 rodadas. Será uma longa e muito desgastante competição, onde os elencos dos 16 clubes participantes serão colocados à prova. Assim, no último final de semana, o Campeonato Russo teve seus oito primeiros jogos disputados, com uma única surpresa.

Fora de casa, e de olho no confronto de volta pelas oitavas de final da Liga Europa contra o Ajax, o Spartak Moscou enfrentou o Rostov com um time misto. Sem Aiden McGeady, Alex, Nicolás Pareja, Sergei Parshivlyuk e Marcos Rojo, o Krasno-belye foi facilmente goleado pelos mandantes por 4 a 0. Muito devido à grande atuação do atacante Roman Adamov, autor de dois gols.

Logicamente não há motivo para alarde, mas essa goleada sofrida pelo Spartak, um dos favoritos ao título, serve para mostrar um ponto importante desta diferente Premier Liga russa: os elencos serão muito exigidos. Como já foi citado, ao invés das tradicionais 30 rodadas, teremos 44, o que exigirá dos clubes não só um bom time titular, mas sim um banco de reservas onde a diferença para os que começam jogando não seja tão grande.

O CSKA Moscou, por exemplo, que estreou com vitória por 2 a 0 sobre o Amkar Perm, no Luzhniki, precisa abrir os olhos. Começou com um triunfo tranquilo, sobre um dos favoritos ao rebaixamento, mas carece de peças para o ataque, principalmente. Hoje, o clube possui apenas Vagner Love, Tomás Necid e Seydou Doumbia para o setor, o que é muito pouco para os meses que virão.

Já outro sério concorrente, o atual campeão Zenit, larga na frente dos rivais no aspecto elenco. Até pelo seu poderio financeiro, consegue manter bons jogadores com salários altos e status de reservas. Estreou batendo o Terek Grozny, fora, por 1 a 0 – vale lembrar que foi a estreia de Ruud Gullit no comando do time checheno. Vitória magra, é bem verdade, mas o time está preocupado com a LE também, onde terá a dura missão de evitar mais um vexame europeu – levou de 3 a 0 do Twente, na Holanda.

O quarto favorito ao título, Rubin Kazan, é quem tem o elenco menos favorecido destes. Na estreia, foi a Krasnodar encarar o atual campeão da segunda divisão e venceu por 2 a 0. De qualquer modo, o time do técnico Kurban Berdiyev é mais conhecido pela eficiência tática do que propriamente pela qualidade dos jogadores que o compõem. E foi desta maneira que o clube ficou com os títulos de 2008 e 2009.

Nas outras quatro partidas da primeira rodada, destaque para o primeiro clássico moscovita: Lokomotiv 3×2 Dynamo, com boa atuação de Dmitri Sychev. Resultado que reflete, também, a previsão de superioridade do Lokomotiv na tabela.

Já o Anzhi Makhachkala, que criou muita expectativa ao contratar Roberto Carlos, Jucilei e Diego Tardelli, não passou de um empate em 0 a 0, no Daguestão, com o içado Krasnodar, do bom treinador Slavoljub Muslin. Nenhuma surpresa, já que o técnico Gadzhi Gazhiev ainda precisa entrosar o time, que não se tornou favorito ao título. Lutará apenas por posições intermediárias.

Por fim, jogando em casa, na República Kabardino-Balcária, o Spartak Nalchik venceu o agonizante Krylya Sovetov, que sofre com dívidas, por 1 a 0. E o estreante na Premier Liga Volga Nizhny Novgorod fez 2 a 0 nos siberianos do Tom Tomsk.

Seleção russa

No final de semana o técnico Dick Advocaat anunciou a lista de convocados para defender a Rússia nos jogos contra Armênia, em 26 de março, pelas eliminatórias da Euro 2012, e Qatar, amistoso três dias depois em Doha. A novidade foi a primeira convocação do meia Aleksei Ionov, de 22 anos, do Zenit.

“Precisávamos de um jogador desse tipo. Rápido, liso, que usa os espaços livres. Sempre observei ele, que melhorou muito. Mesmo no jogo contra o Twente Ionov foi bem. Por isso decidi dar uma chance a ele na seleção”, explicou Advocaat.

Goleiros: Igor Akinfeev (CSKA Moscou) e Vyacheslav Malafeev (Zenit);

Defensores: Aleksandr Anyukov (Zenit), Alexei Berezutsky, Vasili Berezutsky (CSKA Moscou), Sergei Ignashevich (CSKA Moscou), Yuri Zhirkov (Chelsea-ING) e Roman Shishkin (Lokomotiv Moscou);

Meias: Diniyar Bilyaletdinov (Everton-ING), Alan Dzagoev (CSKA Moscou), Igor Denisov (Zenit), Konstantin Zyryanov (Zenit), Roman Shirokov (Zenit), Igor Semshov (Dynamo Moscou), Dmitri Torbinsky (Lokomotiv Moscou) e Aleksei Ionov (Zenit),;

Atacantes: Andrei Arshavin (Arsenal-ING), Roman Pavlyuchenko (Tottenham-ING) e Pavel Pogrebnyak (Stuttgart-ALE).

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo