Leste Europeu

Guia do Ucraniano

Atual tricampeão ucraniano, o Shakhtar Donetsk entra mais uma vez na temporada como favorito ao título, ao lado de seu eterno rival, Dynamo Kiev. Por mais que Metalist Kharkiv e Dnipro Dnipropetrovsk venham investindo muito em reforços, os dois gigantes do país seguem à frente dos demais.

Para a temporada 2012/13, que começa nesta sexta-feira (13/jul), as equipes fizeram poucas contratações de destaque, como o Dynamo que levou Niko Kranjcar e Miguel Veloso e o Metalist que tirou Willian do Corinthians. Confira abaixo as expectativas, os destaques de cada time e as principais negociações do futebol ucraniano, além da divisão de postos na Europa.

Vagas europeias

Campeão: fase de grupos da Liga dos Campeões
Vice-campeão: 3ª fase eliminatória da LC
Terceiro: play-offs da Liga Europa
Quarto: 3ª fase eliminatória da LE
Quinto: 2ª fase eliminatória da LE
Dois últimos: rebaixados

Arsenal Kiev

Nome: Futbolny Klub Arsenal Kiev
Fundação: 18/dez/2001
Site oficial: www.fcarsenal.com.ua
Estádio: Kolos (7.500 torcedores)
Cidade: Kiev (2.797.553 habitantes)
Técnico: Leonid Kutchuk
Colocação em 2011/12:
Competição europeia: 3ª fase preliminar da Liga Europa
Destaque: Maksim Shatskikh (A)
Principais reforços: Yuriy Pankiv (G, Oleksandriya), Rafael Santos-BRA (D, XV de Piracicaba-BRA) e Dominic Adiyiah-GAN (A, Milan-ITA)
Objetivo na temporada: vaga em competições europeias

Após o surpreendente quinto lugar na última temporada, a diretoria do Arsenal Kiev manteve o técnico Leonid Kutchuk e a base da equipe para tentar repetir o feito em 2012/13. O atacante uzbeque Maksim Shatskikh segue sendo a referência dos canhoneiros, agora um pouco mais velho, com 33 anos. Terá ao seu lado o jovem ganês Dominic Adiyiah, de 22 anos, que estava emprestado pelo Milan e foi contratado em definitivo.

O clube, que já contava com um brasileiro, o lateral-direito Leandro da silva, revelado pelo XV de Piracicaba, foi buscar mais um: o zagueiro Rafael Santos, formado na base da Ponte Preta, mas que atuou justamente pelo Nhô Quim no último Campeonato Paulista. O Arsenal também retorna a uma competição europeia, 11 anos após sua estreia, quando foi eliminado na segunda rodada da então Copa Uefa, pelo Club Brugge.

Chornomorets Odessa

Nome: Futbolny Klub Chornomorets Odessa
Fundação: 26/mar/1936
Site oficial: www.chernomorets.odessa.ua
Estádio: Spartak (4.800 torcedores)
Cidade: Odessa (1.080.000 habitantes)
Técnico: Roman Hryhorchuk
Colocação em 2011/12:
Competição europeia: nenhuma
Destaque: Léo Matos (M)
Principais reforços: Anderson Mineiro-BRA (D, Terek Grozny-RUS), Artur-POR (M, Beira-Mar-POR), Borys Taschy (M, Dynamo Moscou-RUS – empréstimo), Martí Crespí-ESP (D, Mallorca-ESP) e Elis Bakaj-ALB (A, Dinamo Bucareste-ROM)
Objetivo na temporada: permanência na 1ª divisão

Vice-campeão da segunda divisão na temporada retrasada, o Chornomorets surpreendeu ao fugir do rebaixamento sem muitas dificuldades em 2011/12, terminando na nona posição. No entanto, a realidade do clube ainda é a de lutar pela permanência na elite do futebol ucraniano.

Para isso, o Chornomorets fez bons investimentos, trazendo alguns jogadores para reforçar a equipe. Do futebol português veio o meia Artur, ex-Beira-Mar, e da Rússia chegou o meia ucraniano Borys Taschy. Além deles, o atacante albanês Elis Bakaj foi mantido no time e contratado em definitivo ao Dinamo Bucareste. Entre os brasileiros, Léo Matos e Léo Veloso ganharam a companhia do lateral-esquerdo Anderson Mineiro, ex-Vitória de Guimarães. Todos serão comandados pelo técnico  Roman Hryhorchuk, no cargo desde 2010.

Dnipro Dnipropetrovsk

Nome: Futbolny Klub Dnipro Dnipropetrovsk
Fundação: 1918
Site oficial: www.fcdnipro.ua
Estádio: Dnipro-Arena (31.003 torcedores)
Cidade: Dnipropetrovsk (1.007.200 habitantes)
Técnico: Juande Ramos
Colocação em 2011/12:
Competição europeia: play-offs da Liga Europa
Destaque: Yevhen Konoplianka (M)
Principais reforços: Oleksandr Aliyev (M, Lokomotiv Moscou-RUS – por empréstimo)
Objetivo na temporada: título

Não, o objetivo do clube nesta temporada não está errado na ficha acima. Lutar pelo título é o objetivo da diretoria, que investiu bastante nos últimos anos para diminuir a distância para Shakhtar Donetsk, Dynamo Kiev e até mesmo Metalist Kharkiv. No entanto, na prática, o Dnipro ainda é a quarta força do país, e terá que evitar os erros da temporada passada – quando começou muito mal – para sonhar com algo além disso.

O técnico espanhol Juande Ramos segue por lá, mas diferentemente de outros tempos, recebeu poucos reforços – Oleksandr Aliyev, emprestado pelo Lokomotiv Moscou, é o único destaque. Ao menos não perdeu atletas também. O time é bom, tem os ganeses Samuek Inkoom e Derek Boateng no setor defensivo, além do bom lateral-esquerdo croata Ivan Strinic, uma das revelações da última Eurocopa. No meio conta com a habilidade de Giuliano e Yevhen Konoplianka para a criação e a experiência de Ruslan Rotan, enquanto o ataque fica por conta de Nikola Kalinic, Matheus e Roman Zozulya.

Dynamo Kiev

Nome: Futbolny Klub Dynamo Kiev
Fundação: 13/mai/1927
Site oficial: www.fcdynamo.kiev.ua
Estádio: Olímpico (70.050 torcedores)
Cidade: Kiev (2.797.553 habitantes)
Técnico: Yuri Semin
Colocação em 2011/12: vice-campeão
Competição europeia: 3ª fase preliminar da Liga dos Campeões
Destaque: Andriy Yarmolenko (M)
Principais reforços: Andriy Bogdanov (M, Arsenal Kiev), Niko Kranjcar-CRO (M, Tottenham-ING), Miguel Veloso-POR (M, Genoa-ITA), Marco Ruben-ARG (A, Villarreal-ESP) e Vitaliy Kaverin (A, Dnipro)
Objetivo na temporada: título

A campanha do Dynamo Kiev na temporada passada era irrepreensível até a reta final, quando após um polêmico clássico com o Shakhtar Donetsk, tudo desandou. Apesar desse tropeço, o time é muito forte, foi o que melhor se reforçou para 2012/13 e tem plenas condições de superar o atual tricampeão e maior rival. Só não pode mais perder pontos contra os rivais menores.

Entre os atletas que ficaram, Andriy Yarmolenko e o nigeriano Ideye Brown são os grandes destaques, e ganharam boa companhia com as chegadas de Niko Kranjcar e Miguel Veloso para o meio-campo. Há muitos outros nomes que merecem menção, como Ognjen Vukojevic, Lukman Haruna e Oleksandr Aliyev. Sim, ainda há Andriy Shevchenko. Por enquanto, o veterano atacante de 35 anos ainda não confirmou o que fará da vida nos próximos meses. A legião de brasileiros já foi maior, e hoje em dia o Dynamo conta com Danilo Silva, Betão e Leandro Almeida para a defesa, além do jovem Dudu, ex-Cruzeiro para o meio.

Hoverla Uzhhorod

Nome: Futbolny Klub Hoverla Uzhhorod
Fundação: 1925
Site oficial: www.zakarpattja.uz.ua
Estádio: Arena Lviv (34.915 torcedores)
Cidade: Uzhgorod (116.523 habitantes)
Técnico: Oleksandr Sevidov
Colocação em 2011/12: campeão da 2ª divisão
Competição europeia: nenhuma
Destaque: Lasha Jakobia (A)
Principais reforços: Bojan Malisic-SER (D, Nasaf Qarshi-UZB), Jordi López-ESP (M, OFI Creta-GRE), Oleh Myshchenko (A, Metalurh Donetsk – empréstimo) e David Odonkor-ALE (A, Alemannia Achen-ALE)
Objetivo na temporada: permanência na 1ª divisão

Campeão da segunda divisão na temporada passada, o Hoverla Uzhgorod retorna à elite do país após dois anos, mas retorna com outro nome. Desde o ano passado o Zakarpattia Uzhgorod passou a ser conhecido como Hoverla Uzhgorod, em homenagem à montanha Hoverla, localizada na região dos Cárpatos, onde fica Uzhgorod. E mesmo com tão bela nomenclatura, a equipe não sonha com nada além de evitar o rebaixamento. Para piorar, não poderá jogar em casa já que o estádio Avanhard está em obras, e por isso mandará seus jogos em Lviv.

Manteve o técnico Oleksandr Sevidov e os atacantes veteranos Lasha Jakobia, georgiano de 31 anos, e Oleksandr Kosyrin, de 35 anos. Entre os reforços, destaque mesmo para o meia espanhol Jordi López, revelado na base do Barcelona, com passagens por Real Madrid, Mallorca, Queens Park Rangers, Swansea, entre outros, e que agora, aos 31 anos, vai se aventurar nos gramados ucranianos.

Illichivets Mariulpol

Nome: Futbolny Klub Illichivets Mariulpol
Fundação: 1960
Site oficial: www.fcilich.com
Estádio: Illichivets (12.680 torcedores)
Cidade: Mariulpol (490.063 habitantes)
Técnico: Mykola Pavlov
Colocação em 2011/12: 11º
Competição europeia: nenhuma
Destaque: Adrian Pukanich (M)
Principais reforços: Rustam Khudzhamov (G, Shakhtar Donetsk), Oleksandr Chyzhov (D, Shakhtar Donetsk), Kostyantyn Kravchenko (M, Shakhtar Donetsk) e Oleksandr Mandzyuk (A, Obolon Kiev)
Objetivo na temporada: permanência na 1ª divisão

O Illichivets Mariulpol repete a fórmula da temporada passada: utilizar jogadores cedidos pelo Shakhtar Donetsk para se manter na primeira divisão. A diferença é que, agora, ao invés de só pegar os atletas emprestados, o clube do sudeste da Ucrânia, região banhada pelo Mar de Azov, conseguiu fazer algumas contratações em definitivo.

Entre esses que chegaram, o grande destaque é o meio-campista Kostyantyn Kravchenko, que chegou a jogar regularmente pelo Shakhtar há algumas temporadas, defendeu a seleção ucraniana em todas categorias de base e está apenas com 25 anos. Reforça o setor, que já conta com Adrian Pukanich, capitão do clube desde 2009.

Karpaty Lviv

Nome: Futbolny Klub Karpaty Lviv
Fundação: 18/jan/1963
Site oficial: www.fckarpaty.lviv.ua
Estádio: Arena Lviv (34.915 torcedores)
Cidade: Lviv (760.026 habitantes)
Técnico: Pavel Kucherov
Colocação em 2011/12: 14º
Competição europeia: nenhuma
Destaque: Sergei Zenjov (A)
Principais reforços: Murtaz Daushvili-GEO (M, Lviv)
Objetivo na temporada: meio da tabela

Sempre muito forte jogando em casa, o Karpaty Lviv não conseguiu repetir esse desempenho na temporada passada – perdeu oito de 15 partidas – e muito por conta disso lutou contra o rebaixamento. Sem dinheiro, a diretoria não conseguiu reformular o elenco. Contratou em definitivo o meia georgiano Murtaz Daushvili e perdeu o atacante Oleksandr Hladkiy, que retornou ao Dnipro, e o lateral-esquerdo Borja Gómez, negociado com o Granada.

Assim, não tem tantas expectativas na temporada, mas pela sua tradição, mira ficar pelo menos no meio da tabela e relativamente distante da zona de rebaixamento. Para isso, deposita parte de suas esperanças no atacante estoniano Sergei Zenjov e no meia espanhol Lucas, ex-Rayo Vallecano. Além do mais, tem um belo novo estádio para jogar.

Kryvbas Kryviy Rih

Nome: Futbolny Klub Kryvbas Kryviy Rih
Fundação: 18/abr/1958
Site oficial: www.fckryvbas.com.ua
Estádio: Metalurh (29.783 torcedores)
Cidade: Kryvyi Rih (710.400 habitantes)
Técnico: Vitaliy Kvartsyanyi
Colocação em 2011/12: 10º
Competição europeia: nenhuma
Destaque: Vitaliy Lysytskyi (M)
Principais reforços: Oleksandr Pyschur (A, Volyn Lutsk)
Objetivo na temporada: meio da tabela

Sem incomodar os grandes e se impondo diante dos pequenos, o Kryvbas Kryviy Rih está na primeira divisão ucraniana desde a segunda temporada da história do torneio, em 1992/93. De lá para cá, costuma ficar no meio da tabela, tanto é que nos últimos dez anos a melhor colocação do clube foi um décimo lugar.

Para esta temporada o Kryvbas perdeu diversos jogadores que estavam emprestados pelo Dnipro, como Valeri Fedorchuk, Mladen Bartulovic e Ucha Lobjanidze. Contratou apenas o veteranos atacante Oleksandr Pyschur, de 31 anos, ex-Volyn Lutsk. Confia demais no trabalho do técnico Vitaliy Kvartsyanyi, que também chegou do Volyn, além da categoria do meia Vitalit Lysytskyi.

Metalist Kharkiv

Nome: Futbolny Klub Metalist Kharkiv
Fundação: dez/1925
Site oficial: www.metalist.ua
Estádio: Metalist (38.633 torcedores)
Cidade: Kharkiv (1.445.755 habitantes)
Técnico: Myron Markevich
Colocação em 2011/12:
Competição europeia: play-offs da Liga Europa
Destaque: Cleiton Xavier (M)
Principais reforços: Andriy Oberemko (M, Vorskla Poltava), Pavlo Rebenok (M, Vorskla Poltava) e Willian-BRA (A, Corinthians-BRA)
Objetivo na temporada: título

Há seis temporadas o Metalist Kharkiv está estacionado na terceira posição do Campeonato Ucraniano. Na última, ameaçou brigar com Dynamo Kiev e Shakhtar Donetsk pelo título, mas fraquejou no segundo turno. Manteve a base da equipe comandadanpor Myron Markevich, que em 2010 largou a seleção ucraniana para ficar somente no time, e espera, finalmente, ter chances reais de terminar no topo.

Entre os reforços, destaque para o atacante Willian, que deixou o Corinthians e aumentou ainda mais a colônia sul-americana do clube. Ao todo, são cinco brasileiros (Fininho, Cleiton Xavier, Taison e Marlos completam a lista) e seis argentinos. Os destaques são o ex-meia do Palmeiras e José Ernesto Sosa, ex-meio campista do Bayern Munique e Napoli.

Uma baixa que será muito sentida pela equipe é a saída de Marko Devich, negociado com o Shakhtar. Em seis anos pelo clube, marcou 71 gols em 140 jogos e era um dos ídolos da torcida. Willian, que chegou, não tem o mesmo instinto de artilheiro, papel que agora terá que ser desempenhado por Jonathan Cristaldo.

Metalurh Donetsk

Nome: Futbolny Klub Metalurh Donetsk
Fundação: 17/jun/1996
Site oficial: www.metallurg.donetsk.ua
Estádio: Metalurh (3.555 torcedores)
Cidade: Donetsk (975.959 habitantes)
Técnico: Volodymyr Pyatenko
Colocação em 2011/12:
Competição europeia: 2ª fase preliminar da Liga Europa
Destaque: Vyacheslav Checher (D)
Principais reforços: Oleksandr Musiyenko (G, Bukovyna Chernivtsi), Artak Yedigaryan-ARM (D, Pyunik Yerevan-ARM) e Constantinos Makrides-CPR (M, Omonia-CPR)
Objetivo na temporada: competições europeias

Nas últimas quatro temporadas, o Metalurh Donetsk tem se consolidado como uma das forças do segundo escalão ucraniano. Em 2008/09 foi quarto colocado e na sequência terminou duas vezes consecutivas em oitavo lugar e em sétimo neste ano. Além disso, foi vice-campeão da Copa da Ucrânia em duas oportunidades: 2009/10 e 2011/12 – por conta desta última, vai para as preliminares da Liga Europa.

O jovem técnico Volodymyr Pyatenko, de apenas 37 anos, segue no comando do primo pobre do Shakhtar pela segunda temporada, e mais uma vez tem à disposição um elenco sem estrelas. A defesa tem Vyacheslav Checher, capitão do time, como pilar, e segue muito forte apesar da perda do lateral português Mário Sérgio, que foi para o APOEL Nicósia. A equipe conta apenas com um brasileiro, o atacante Zé Soares, de 28 anos, revelado pelo Palmeiras e com longa carreira no interior de São Paulo.

Metalurh Zaporizhya

Nome: Futbolny Klub Metalurh Zaporizhya
Fundação: 1935
Site oficial: www.fcmetalurg.com
Estádio: Slavutych Arena (11.983 torcedores)
Cidade: Zaporizhya (775.678 habitantes)
Técnico: Serhiy Zaytsev (interino)
Colocação em 2011/12: vice-campeão da 2ª divisão
Competição europeia: nenhuma
Destaque: Oleksiy Byelik (A)
Principais reforços:
Objetivo na temporada: permanência na 1ª divisão

Quando terminou a temporada passada da segunda divisão, certamente os dirigentes do Metalurh Zaporizhya se viraram uns para os outros e perguntaram: “e agora?”. Isso porque após conquistar o vice-campeonato e o acesso à elite ucraniana, nenhuma contratação foi feita e nem mesmo um técnico chegou. O interino Hryhoriy Nehiryev foi substituído por outro interino, Serhiy Zaytsev, e até agora nenhum nome foi especulado para assumir o time em definitivo.

Assim, a base da equipe é a mesma da segundona, e tem no atacante Oleksiy Byelik, de 31 anos, ex-Shakhtar e Dnipro, sua grande esperança. Byelik, aliás, foi o artilheiro do time na temporada passada com 13 gols na competição, seguido de perto pelo meia Yevhen Pisotskyi, com dez, que segue no time. O clube aposta bastante em brasileiros também, ao todo são quatro: o zagueiro Matheus, ex-Ipatinga e Grêmio, o lateral-esquerdo Stefanello, ex-Eivissa-ESP, o meia Jéfferson, ex-Atlético Mineiro, e o meia-atacante Júnior Godói, um dos ídolos da torcida.

Shakhtar Donetsk

Nome: Futbolny klub Shakhtar Donetsk
Fundação: 24/mai/1936
Site oficial: www.shakhtar.com
Estádio: Donbass Arena (51.504 torcedores)
Cidade: Donetsk (975.959 habitantes)
Técnico: Mircea Lucescu
Colocação em 2011/12: campeão
Competição europeia: fase de grupos da Liga dos Campeões
Destaque: Willian (M)
Principais reforços: Marko Devic (A, Metalist Kharkiv) e Maicon Oliveira-BRA (A, Volyn Lutsk)
Objetivo na temporada: título

A temporada para o atual tricampeão ucraniano já começou com um título: nesta semana, bateu o Metalurh Donetsk na final da Supercopa por 2 a 0. Pode até não valer muita coisa, mas é mais uma taça para a lotada sala de troféus do Shakhtar, que se acostumou a ganhar tudo na Ucrânia nos últimos anos, e sempre com a mesma proposta: ucranianos para a defesa e brasileiros para o ataque.

A postura da diretoria é amplamente conhecida, e apesar da ótima contratação do atacabte Marko Devic, ex-Metalist e jogador da seleção ucraniana por 4 milhões de euros, está evidente como em outros anos. Ao todo, são nove brasileiros, sem contar o atacante naturalizado croata, Eduardo da Silva. O último a chegar foi Maicon Oliveira, ex-Volyn Lutsk, artilheiro do último campeonato com 14 gols ao lado de Yevhen Seleznyov, que segue no Shakhtar.

Com tantos estrangeiros, o técnico Mircea Lucescu acava ganhando outro problema, já que somente sete podem estar em campo ao mesmo tempo na Ucrânia. De resto, o time é o mesmo de outras temporadas, e apesar dos reforços do Dynamo Kiev, segue sendo a equipe mais forte e favorita ao seu inédito tetracampeonato.

Tavriya Simferopol

Nome: Futbolny Klub Tavriya Simferopol
Fundação: 1958
Site oficial: www.sctavriya.com
Estádio: Lokomotiv (19.978 torcedores)
Cidade: Simferopol (360.344 habitantes)
Técnico: Oleh Luzhny
Colocação em 2011/12:
Competição europeia: nenhuma
Destaque: Serhiy Nazarenko (M)
Principais reforços: Serhiy Pohorilyi (G, Arsenal Kiev), Gustav Svensson-SUE (M, Bursaspor-Tur) e Yuriy Habovda (A, Kryvbas)
Objetivo na temporada: competições europeias

A maior novidade do bom time do Tavriya Simferopol está no banco de reservas. Nesta temporada a equipe será comandada por Oleh Luzhny, de 43 anos, ex-ídolo do Dynamo Kiev nos anos 1990, com passagem pelo Arsenal, e que dirigiu o time em algumas oportunidades, como interino, em oportunidades recentes, quando trabalhava no clube da capital. Agora terá a grande chance de provar que pode ser um treinador top.

Terá à sua disposição um time que foi o sexto colocado na temporada passada e ganhou alguns reforços, como o meia sueco Gustav Svensson, que trocou o Bursaspor, da Turquia, pelo Tavriya. Além dele, merecem destaque também o lateral-direito tunisiano Anis Boussaïdi, ex-Rostov, e o veterano meia Serhiy Nazarenko, de 33 anos, titular da seleção ucraniana na última Eurocopa.

Volyn Lutsk

Nome: Futbolny Klub Volyn Lutsk
Fundação: 1960
Site oficial: www.fcvolyn.com
Estádio: Avanhard (10.792 torcedores)
Cidade: Lutsk (211.929 habitantes)
Técnico: Anatoliy Demyanenko
Colocação em 2011/12: 12º
Competição europeia: nenhuma
Destaque: Serhiy Siminin (D)
Principais reforços: Maksym Startsev (G, Metalist Kharkiv), Petar Zanev-BUL (D, Litex Lovech), Valentin Iliev-BUL (D, Steaua Bucareste-ROM), Vadym Panas (M, Obolon Kiev), Eric Bicfalvi-ROM (M, Steaua Bucareste-ROM) e Danijel Subotic-SUI (A, Targu Mures-ROM)
Objetivo na temporada: meio da tabela

Destaque, artilheiro e principal jogador do Volyn Lutsk na última temporada, o atacante brasileiro Maicon Oliveira não está mais no clube. Seu contrato acabou e ele acertou a transferência para o Shakhtar Donetsk – sobraram os brasileiros Ramón Lopes, meia ex-Cruzeiro e Fluminense, e o atacante Schumacher, ex-Atlético Paranaense. Para segurar a onda e garantir um lugar tranquilo no meio da tabela, a diretoria contratou o experiente técnico Anatoliy Demyanenko, ex-comandante do Dynamo Kiev entre 2005 e 2007 e que estava no futebol uzbeque.

A diretoria também foi ao mercado reforçar a equipe, que, aliás, foi um dos times que mais contratou. Do Steaua Bucareste chegaram o zagueiro búlgaro Valentin Iliev e o ex-meia da seleção romena sub-21, Eric Bicfalvi. O atacante suíço Danijel Subotic, de 23 anos, revelado pelo Basel e com passagem pelo Portsmouth, é provavelmente o reforço mais conhecido da equipe, que sonha em beliscar uma vaga na Liga Europa.

Vorskla Poltava

Nome: Futbolny Klub Vorslka Poltava
Fundação: 1955
Site oficial: www.vorskla.com.ua
Estádio: Butovsky Vorskla (24.795 torcedores)
Cidade: Poltava (298.652 habitantes)
Técnico: Vadym Yevtushenko
Colocação em 2011/12:
Competição europeia: nenhuma
Destaque: Jovan Markoski (M)
Principais reforços: Dmytro Nepogodov (G, Metalurg Donetsk), Vadym Sapai (D, Obolon Kiev), Yevhen Budnik (M, Metalist Kharkiv) e Ivan Lietava-ESQ (A, Zilina-ESQ)
Objetivo na temporada: competições europeias

Após perder os meias Pavlo Rebenok e Andriy Oberemko para o Metalist Kharkiv, a diretoria do Vorskla Poltava foi às compras para manter o clube com seu status de segundo escalão do futebol ucraniano. Trouxe, justamente do Metalist, o meio-campista Yevhen Budnik e do Zilina, da Eslováquia, o atacante Ivan Lietava, por 300 mil euros.

É um bom time, que deve se manter distante da zona de rebaixamento e sonhar com um posto na Liga Europa – assim como em 2011/12, quando foi eliminado somente na fase de grupos da competição, em uma chave com Hannover, Standard Liège e Kobenhavn. Da temporada passada, ficou também o destaque da equipe, o meia sérvio Jovan Markovski, de 32 anos, e desde 2006 no Vorskla.

Zorya Luhansk

Nome: Futbolny Klub Zorya Luhansk
Fundação: 1923
Site oficial: www.zarya-lugansk.com
Estádio: Avanhard (22.288 torcedores)
Cidade: Luhansk (467.287 habitantes)
Técnico: Yuriy Vernydub
Colocação em 2011/12: 13º
Competição europeia: nenhuma
Destaque: Lucky Idahor (A)
Principais reforços: Zeljko Ljubenovic-SER (M, Oleksandriya)
Objetivo na temporada: permanência na 1ª divisão

Desde 2006, quando retornou à primeira divisão ucraniana após dez anos, o Zorya Luhansk vem brigando para permanecer entre os grandes clubes do país. Tanto que nas últimas quatro temporadas, o clube terminou em três oportunidades na 13ª posição e uma na 12ª. Agora, em 2012/13, provavelmente o filme não será diferente.

Com pouco dinheiro para investimentos, a diretoria trouxe apenas o veterano meia sérvio Zeljko Ljubenovic, de 31 anos, ex-Oleksandriya e Tavriya Simferopol, para reforçar o setor. Manteve, ao menos, o nigeriano Lucky Idahor, contratado no início do ano.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!