Leste Europeu

Guia do Campeonato Ucraniano – Parte II

O Campeonato Ucraniano já começou, e nesta semana fechamos o guia da competição. Mais abaixo, todas as informações sobre os outros oito times do torneio, incluindo o atual campeão, Shakhtar Donetsk, que investiu bastante para permanecer no topo.

A lista traz também a grande surpresa da última temporada, o Tavriya Simferopol, que foi campeão da Copa da Ucrânia, além dos dois caçulas da competição nacional: Sevastopol e Volyn Lutsk.

Vale lembrar que o campeão assegura lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões e o vice vai para a terceira fase eliminatória. O terceiro colocado garante lugar nos playoffs da Liga Europa, o quarto um posto na terceira eliminatória e, por fim, o quinto briga na segunda fase eliminatória. Quem vencer a Copa da Ucrânia também vai para os playoffs da Liga Europa.

Para quem não conferiu a primeira parte, basta clicar aqui e se atualizar. Agora, sem mais delongas, vamos aos clubes.

Legenda:
Jogador (Posição, país, clube)
Transferência definitiva
[Transferência definitiva após empréstimo] Empréstimo
[Retorno de empréstimo]

Metalurh Zaporizhya

Nome do clube: Futbolny Klub Metalurg Zaporizhya
Estádio: Slavutych Arena (11.983 lugares), em Zaporizhya
Site oficial: www.fcmetalurg.com
Principal jogador: Dmytro Nevmyvaka
Quem chegou: [Sergiy Rudyka (D, UCR, Zorya)], Pawel Hajduczek (D, POL, Tavria), Anderson Ribeiro (A, BRA, Tarxien-MAL) e Igor ?igirlas (A, MOL, Ventspils-LET)
Quem saiu: Sergiy Kryvtsov (D, UCR, Shakhtar), Taras Stepanenko (M, UCR, Shakhtar), Darius Miceika (M, LIT, sem clube), Irakli Modebadze (A, GEO, Olimpi Rustavi-GEO) e Andriy Demchenko (M, RUS, Gelios Kharkiv)
Técnico: Oleh Lutkov
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada: meio da tabela

O Metalurh Zaporizhya fez uma última temporada surpreendente. A equipe conseguiu terminar na nona colocação, ficando longe da zona do rebaixamento e chegando a sonhar com uma vaga na Liga Europa. Agora, com a base da equipe mantida e alguns reforços trazidos – como o atacante da seleção moldava Igor Tigirlas – o objetivo da diretoria é, no mínimo, repetir o bom desempenho passado e, quem sabe, conseguir um pouco mais. Afinal, desde que o Campeonato Ucraniano foi criado, a equipe sempre esteve na primeira divisão e tem como melhor posição o quarto lugar na temporada 2001/02.

Obolon Kiev

Nome do clube: Futbolny Klub Obolon Kyiv
Estádio: Obolon (4.300 lugares), em Kiev
Site oficial: www.fc.obolon.ua
Principal jogador: Pavlo Onysko
Quem chegou: Valentin Slyusar (M, UCR, Metalist), Vadym Sapai (D, UCR, Stal Alchevsk), Sergiy Shevchuk (A, UCR, Dynamo 2 Kiev), Sergiy Kucherenko (M, UCR, Krymteplitsa), Oleksandr Mandzyuk (A, UCR Lviv), Vadym Panas (M, UCR, Lviv), Pavlo Khudzik (M, UCR, Lviv), Vladyslav Lupashko (M, UCR, Lviv), Oleg Ostapenko (G, UCR, Ilyichivets) e Valeri Zavarov (M, UCR, sem clube)
Quem saiu: Andriy Fartushnyak (D, UCR, Dynamo 2 Kiev), Pavlo Onysko (A, UCR, sem clube), Alan Dzutsev (G, UCR, sem clube), Victor Comleonoc (M, MOL, Akshayik Uralsk-CAZ), Andriy Tovt (G, UCR, sem clube), Denys Vasilev (M, UCR, Kryvbass), Maksym Trusevich (A, UCR, Chornomorets), Andriy Konyushenko (D, UCR, sem clube), Oleksandr Ivashchenko (A, UCR, Kryvbass), Artem Shtanko (G, UCR, Kryvbass), Rinar Valeev (M, UCR, Kryvbass), Sergiy Rozhok (M, UCR, Kryvbass), Valeri Kutsenko (M, UCR, Kryvbass) e Ivan Len (D, UCR, Zakarpatia)
Técnico: Serhiy Kovalets
Colocação em 2009/10:11º
Objetivo na temporada: fugir do rebaixamento

Pela segunda temporada seguida, o Obolon Kiev disputará a primeira divisão ucraniana. A equipe, acostumada a viver na gangorra entre as divisões, não conseguia tal feito desde 2004, quando emplacou três anos diretos no topo do futebol nacional. A diretoria sabe que a missão será dura. Ao todo, dez jogadores foram contratados e outros 14 deixaram o clube. O atacante Pavlo Onysko, de qualquer modo, segue como principal jogador e referência do time no ataque.

Sevastopol

Nome do clube: Professionaly Futbolny Klub Sebastopol
Estádio: Sports Complex Sevastapol Druzhba (3.500 lugares), em Bakhchisaray
Site oficial: www.fcsevastopol.com
Principal jogador: Oleksandr Zhabokrytsky
Quem chegou: Andriy Zborovsky (M, UCR, Tavriya), Sergey Nudnyi (M, MOL, Kalinino), Toafik Salhi (M, TUN, Ordabasy-CAZ), Evgen Bredun (M, UCR, sem clube) e Maryan Marushak (G, UCR Lviv)
Quem saiu: Vitali Subochev (M, UCR, Tytan Armyansk), Evgen Prokopenko (A, UCR, sem clube), Anton Izvekov (M, UCR, sem clube), Ivan Shishkin (M, UCR, sem clube), Vitali Kalinichenko (A, UCR, Gelios Kharkiv), Oleksandr Shutov (M, UCR, sem clube), Viktor Uzbek (D, UCR, Sevastopol II), Oleksandr Suchu (A, UCR, Sevastopol II) e Ervin Memetov (M, UCR, Sevastopol II)
Técnico: Serhiy Shevchenko
Colocação em 2009/10: campeão da segunda divisão
Objetivo na temporada: fugir do rebaixamento

Recém promovido à divisão principal do país, o Sevastopol disputará a competição pela primeira vez em sua breve história – foi fundado em 2002. Campeão da segunda divisão na temporada 2009/10, as expectativas da diretoria são pequenas. Naturalmente o maior objetivo é a manutenção na elite, e para tanto, muitos jogadores chegaram – a maioria desconhecida. O meia Oleksandr Zhabokrytsky é o principal jogador da equipe, e o curioso é que ele foi, também, uma das primeiras contratações do Sevastopol após a fundação.

Shakhtar Donetsk

Nome do clube: Futbolny Klub Shakhtar Donetsk
Estádio: Donbass Arena (50.149 lugares), em Donetsk
Site oficial: www.shakhtar.com
Principal jogador: Darijo Srna
Quem chegou: [Marcelo Moreno (A, BOL, Wigan-EUA)], Sergiy Kryvtsov (D, M, Metalurh Zaporizhya), Taras Stepanenko (M, UCR, Metalurh Zaporizhya), Dmytro Chygrynskiy (D, UCR, Barcelona), Roman Emeljanov (M, RUS, Shakhtar II) e Eduardo da Silva (A, CRO, Arsenal-ING)
Quem saiu: Volodymyr Yezersky (D, UCR, Zorya), Ilsinho (D, BRA, sem clube) e Nery Castillo (M, MEX, Chicago Fire-EUA)
Técnico: Mircea Lucescu
Colocação em 2009/10: campeão
Objetivo na temporada: título

Atual campeão, o Shakhtar não pretende dar qualquer chance ao Dynamo Kiev na luta pelo título. Tanto é verdade que, ao contrário do rival, investiu pesado no mercado. Repatriou o zagueiro Chygrynsiy, sem espaço no Barcelona, e trouxe do Arsenal o atacante croata/brasileiro Eduardo da Silva. O coração do time segue sendo o capitão Darijo Srna, que esteve prestes a deixar Donetsk e rumar ao Stamford Bridge, mas o negócio melou. O time segue muito forte e com um bom plantel, extremamente necessário para disputar, simultaneamente, a fase de grupos da Liga dos Campeões, o Campeonato Ucraniano e a Copa da Ucrânia – é o clube com mais brasileiros na Ucrânia: seis, sem contar Marcelo Moreno e Eduardo. Larga na frente do Dynamo.

Tavriya Simferopol

Nome do clube: Sport Klub Tavriya Simferopol
Estádio: Lokomotiv (19.978 lugares), em Simferopol
Site oficial: www.sctavriya.com
Principal jogador: Oleksandr Kovpak
Quem chegou: Oleksiy Kurilov (D, UCR, Metalist), Nikolay Kashevski (D, BEL, Ilychivets), Anton Shynder (M, UCR, Jahn Regensburg-ALE), Anton Mukhovykov (M, UCR, Stal Alchevsk), Vitali Postransky (G, UCR, sem clube), Oleg Gumenyuk (M, UCR, Bastion) e Volodymyr Korobka (A, UCR, Tavria Simferopol II)
Quem saiu: Andriy Zborovsky (M, UCR, Tavriya), Mamadi Sangare (D, GUN, Lviv), Pawel Hajduczek (D, POL, Metalurg Zaporizhya), Matvei Bobal (A, UCR, Zakarpattya), Evgen Kovalchuk (D, UCR, sem clube), Vadym Deonas (G, UCR, sem clube), Sergiy Zeldi (D, UCR, sem clube), Maksym Sirota (M, UCR, sem clube)
Técnico: Serhiy Puchkov
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada: competições europeias

A grande surpresa da temporada passada espera repetir a dose. Sexto colocado no último Campeonato Ucraniano e campeão da Copa da Ucrânia, o Tavriya, com isso, garantiu um lugar nos playoffs da Liga Europa. A temporada promete ser dura para o time do técnico Serhiy Puchkov, até porque ocorreram várias mudanças no elenco. Ao menos o atacante Oleksandr Kovpak, convocado para algumas partidas da Ucrânia recentemente, foi mantido, e formará a dupla ofensiva ao lado do nigeriano Lucky Idahor. Um dos representantes da Criméia, a equipe de Simferopol é, também, a campeã da primeira edição do torneio nacional após a independência da União Soviética, o que a coloca no restrito rol ao lado de Dynamo e Shakhtar.

Volyn Lutsk

Nome do clube: Futbolny Klub Volyn Lutsk
Estádio: Avanhard (11.574 lugares), em Lutsk
Site oficial: www.fcvolyn.com
Principal jogador: Ramón
Quem chegou: Roman Maksymyuk (M, UCR, Chornomorets), Bogdan Butko (D, UCR, Shakhtar II), Cornel Buta (D, ROM, Politehnica Iasi-ROM), Sasa Stevic (M, BOS, Piatra Neamt-BOS), Viktor Melnyk (M, UCR, Chornomorets), Oleg Zhenyukh (M, UCR, Karpaty Lviv II), Oleg Shandruk (D, UCR, Chornomorets), Stevan Racic (A, SER, Javor Ivanjica), Harrison Omokoh (D, NIG, Zorya), Dmytro Semochko (D, UCR, Zakarpattya), Vladyslav Vashchuk (D, UCR, Chornomorets) e Artem Butenin (D, UCR, Dynamo 2 Kiev)
Quem saiu: [Vadym Rybalchenko (A, UCR, Arsenal Kiev)], Volodymyr Kovalyuk (D, UCR, sem clube), Ruslan Mostovy (D, UCR, Zakarpattya), Kanu (A, BRA, sem clube), Valeri Goshkoderia (D, UCR, sem clube), [Taras Duraj (D, UCR, Niva Ternopil)], Sergiy Litovchenko (D, UCR, sem clube), Drissa Bamba Assmanou (M, COS, sem clube), Sergiy Podrygulya (M, UCR, Volyn Lutsk II), Vitali Rozgon (D, UCR, sem clube), Yuri Druchik (D, UCR, sem clube) e Dmytro Semochko (D, UCR, sem clube)
Técnico: Vitaliy Kvartsyanyi
Colocação em 2009/10: vice-campeão da segunda divisão
Objetivo na temporada: fugir do rebaixamento

Pela nona vez em sua história o Volyn Lutsk participará da principal divisão do futebol ucraniano. A equipe, que ficou com o vice-campeonato da segundona na temporada passada, tem em um trio de brasileiros sua força. O meia Ramon, de 20 anos, formado nas categorias de base do Fluminense e com passagens pelo Cruzeiro, foi fundamental na última conquista. No ataque, Maicon, 22 anos, também revelado pelo Flu e com passagem pelo Flamengo, e Leonardo, 26 anos, 2.02m, ex-Cachoeiras, são a esperança de gols. A diretoria também acertou a contratação do veterano zagueiro Vladyslav Vashchuk, de 35 anos – mas, certamente, todos sofrerão bastante nos próximos meses para escapar da queda.

Vorskla Poltava

Nome do clube: Futbolny Klub Vorskla Poltava
Estádio: Butovsky Memorial Vorskla (25.000 lugares), em Poltava
Site oficial: www.vorskla.com.ua
Principal jogador: Jovan Markoski
Quem chegou:
Quem saiu: Evgen Peskov (D, UCR, sem clube), Filip Despotovski (M, MAC, sem clube), Debatik Curri (D, ALB, Genclerbirligi-TUR) e Denis Glavina (D, CRO, Arka Gdynia-POL)
Técnico: Mykola Pavlov
Colocação em 2009/10: 10º
Objetivo na temporada: meio da tabela

Após o título da Copa da Ucrânia na temporada 2008/09, o Vorskla Poltava não conseguiu repetir o sucesso na seqüência. Agora, as perspectivas do time não são as melhores. A defesa perdeu o zagueiro albanês Debatik Curri, além do croata Denis Glavina. A diretoria não agiu no mercado e sequer fez uma contratação. Ao menos os meias Jovan Markoski e Denys Kulakov foram mantidos, para satisfação do técnico Mykola Pavlov, no comando do time desde 2007.

Zorya Luhansk

Nome do clube: Futbolny Klub Zarya Lugansk
Estádio: Avanhard (22.320 lugares), em Luhansk
Site oficial: www.zarya-lugansk.com
Principal jogador: Mykyta Kamenyuka
Quem chegou: Volodymyr Yezersky (D, UCR, Shakhtar), Stanislav Mykytsey (D, UCR, Shakhtar II), Oleksandr Kasyan (A, UCR, Shakhtar II) e Yuri Martyshuk (G, UCR, Karpaty Lviv II)
Quem saiu: Igor Sikorsky (M, UCR, Stal Alchevsk), Igor Skoba (M, UCR, sem clube), [Sergiy Rudyka (D, UCR, Metalurg Zaporizhya)], Harrison Omokoh (D, NIG, Volyn Lutsk), [Egor Kartushov (A, UCR, Shakhtar II)], Evgen Kopyl (G, UCR, sem clube), Sergiy Kolesnychenko (M, UCR, Stal Alchevsk) e Vladyslav Ogirya (M, UCR, Zorya Luhansk II)
Técnico: Anatoly Chantsev
Colocação em 2009/10: 13º
Objetivo na temporada: fugir do rebaixamento

Sem muitas pretensões na competição, o Zorya Luhansk entra mais uma vez para evitar o rebaixamento. A diretoria foi buscar no Shakhtar Donetsk jogadores encostados, à espera de uma oportunidade – caso, por exemplo, do zagueiro Volodymyr Yezersky. No entanto, o time perdeu mais atletas do que contratou, o que complicará demais o trabalho do técnico Anatoli Chantsey. A responsabilidade cai nas costas do meia Mykyta Kamenyuka, que desde 2008 defende o clube.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo