Leste Europeu

Denisov se desculpa por crise e é reintegrado pelo Zenit

Aos poucos, o clima de tensão entre os jogadores do Zenit se acalma. Afastado por criticar o alto salário recebido por Hulk, Igor Denisov está de volta ao elenco de Luciano Spalletti. O meio-campista, que estava treinando com os juniores desde o fim de setembro, pediu desculpas por suas atitudes e teve a punição revogada pela diretoria.

“Eu tenho um contrato válido, que quero cumprir até o fim. Cresci como profissional jogando pelo Zenit e gostaria de trazer benefícios ao clube. Estava errado nesta situação, fui levado por minhas emoções. No fim das contas, falhei em ajudar meus companheiros”, declarou Denisov, em nota emitida pelo Zenit.

Hulk foi contratado pelo Zenit por € 60 milhões e, segundo a imprensa russa, recebe salário anual de € 6 milhões. Formado no próprio clube e um dos principais nomes do time, Denisov se revoltou com a diferença salarial e se recusou a entrar em campo, exigindo a renovação de seu contrato. Apesar da questão, o meia continuou sendo convocado para a seleção russa.

A trégua coincide com a recuperação do Zenit no Campeonato Russo. Após registrar apenas uma vitória entre a quinta e a 10ª rodada, o clube de São Petersburgo subiu para a terceira colocação, após vencer seus últimos três encontros na competição.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo