Leste Europeu

Denisov: “Hulk não é Messi para ganhar três vezes mais”

O volante russo Igor Denisov disparou contra o novo companheiro de time, o atacante brasileiro Hulk. Afastado após se recusar a entrar em campo enquanto não tiver seu contrato reformulado com um salário maior, o jogador criticou o valor pago pelo clube em salários ao novo contratado, a maior transferência do mercado europeu de verão.

“Eu entenderia se nós tivéssemos contratado [Lionel] Messi ou [Andrés] Iniesta, eles provavelmente merecem qualquer preço”, afirmou o capitão da seleção da Rússia, Denisov. “Sim, contratamos alguns bons jogadores que irão claramente ajudar o Zenit. Mas eles são realmente são melhores que os atuais líderes do time que merecem ganhar três vezes mais?”, disse o volante, de 28 anos. “O Zenit tem alguns grandes jogadores que ganharam no mínimo tantos títulos quanto os novos contratados”, disse ainda Denisov.

Hulk foi contratado por cerca de € 60 milhões e assinou contrato por um salário de cerca de € 6,5 milhões por ano. O belga Axel Witsel recebe cerca de metade desse valor como salário. OS dois jogadores foram contratados no final da janela russa, no início de setembro.

Além de Denisov, o atacante Alexander Kerzhakov também foi afastado pelo mesmo motivo. Segundo se especula na Rússia, outros líderes do Zenit concordam com os afastados, como o goleiro Vyacheslav Malafeev e o meia veterano Vladimir Bystrov.

Apesar da disputa passar por dinheiro, Denisov garante que essa não é a questão mais importante. “Não é o dinheiro que é o mais importante”, disse o jogador. “O que está em jogo é outra coisa, completamente: uma atmosfera de trabalho no clube e sobre o respeito mostrado pelos seus próprios jogadores russos, aqueles nos quais o Zenit sempre confiou”, afirmou o volante.

A decisão do Zenit de contratar jogadores estrangeiros pagando muito alto por eles foi criticada por alguns setores da imprensa esportiva russa. “O que eles estavam pensando”, afirmou Alexei Lebedev, da rede MK, popular sobre esporte. “Eles não estão conscientes daquela boa e velha palavra russa, ‘o coletivo’? Eles sabem o que é um ambiente alegre ou como eles deveriam tentar mantê-lo?”, questionou o editor.

O comentarista Vasily Utkin diz que Denisov está sendo sincero, mas que não concorda com a atitude do jogador. “Denisov está sendo sincero, e está sendo muito, muito estúpido”, disse. “Ele não entende que nos últimos três dias ele não fez nada além de arruinar o time”, opinou ainda o comentarista.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo