Leste Europeu

Contrata x esvazia

Após dias frios no mercado de transferências, o futebol russo finalmente começou a se movimentar. O maior destaque, até agora, é a ida de Balázs Dzsudzsák do Anzhi Makhachkala para o Dynamo Moscou, negócio que explica um pouco o momento dos dois times, assim como a primeira declaração do jogador húngaro.

“O Dynamo deve lutar pelo primeiro ou segundo lugar. Eu gostaria de jogar na Liga Europa ou na Liga dos Campeões, então minha escolha foi o Dynamo”. Com essas palavras, Dzsudzsák escancara a atual realidade, mas talvez ele não tenha olhado bem para a tabela. Afinal, o Zenit, com 65 pontos, disparou no topo, mas CSKA Moscou (59) e Dynamo (58) estão próximos do Anzhi, sétimo com 52.

De qualquer modo, o Dynamo faz uma contratação excelente que deixa o time ainda mais forte. No final da fase regular do Russão, a equipe do técnico Sergeyu Silkin já era a que jogava o futebol mais bonito. Com o meia húngaro, que ficou pouco tempo no Daguestão, os moscovitas reforçam demais seu setor ofensivo, que já conta com Aleksandr Kokorin, Andriy Voronin e Kevin Kurániy.

Além disso, mostra mais uma vez que, com o apoio do banco VTB, o Dynamo Moscou sobe de status financeiro. Afinal, gastou “apenas” € 19 milhões para tirar Dzsudzsák de Makhachkala.

O negócio, visto pela ótica do Anzhi, mostra a falta de confiança da nova comissão técnica, chefiada por Yuri Krasnozhan, no meia. O húngaro havia sido contratado no início da temporada, ficou apenas seis meses no clube, sendo que dois machucado, e já vai embora sem deixar muitas saudades. O Anzhi não precisa de dinheiro, portanto, foi realmente opção técnica liberá-lo.

Além disso, Krasnozhan já deu uma boa enxugada em seu elenco. Saíram também Diego Tardelli, negociado com o Al Gharafa (Qatar), o goleiro georgiano Nukri Revishvili, que foi para o Krasnodar, e o defensor senegalês  Ibra Kébé, que atualmente aumenta as estatísticas de desemprego no futebol mundial. Trouxe, por enquanto, o goleiro Vladimir Gabulov, que retorna de seu empréstimo ao CSKA.

Mais negócios

Entre as outras transferências, destaque para o time do Exército, que fechou com o jovem atacante nigeriano Ahmed Musa, de apenas 19 anos, que estava no VVV-Venlo, da Holanda (de onde veio também Keisuke Honda), e está prestes a anunciar o meia sueco Pontus Wernbloom, do AZ, também da Eredivisie. Fora isso, mantém por enquanto Vagner Love no time e contará com o retorno de Igor Akinfeev, após quase seis meses parado.

No Zenit as maiores especulações são sobre a possível saída do zagueiro português Bruno Alves, que virou reserva de Hubocan e Lombaerts nos últimos meses. De concreto apenas as saídas do meia Aleksei Ionov para o Kuban e do zagueiro francês Sébastien Puygrenier, que estava emprestado ao Monaco, para o Nancy. O clube não deve fazer alguma loucura nesta janela de transferências, e reforço, por enquanto, apenas se fala no jovem defensor finlandês Dani Hatakka, de 17 anos, do Honka Espoo.

O Dynamo, que fechou com Dzsudzsák, repassou para frente alguns atletas pouco aproveitados na temporada, casos de  Denis Kolodin (Rostov) e Tomislav Dujmovic (emprestado ao Zaragoza). No Rubin, o atacante Aleksei Medvedev foi negociado com o Sibir, da segundona russa. Aliás, as duas equipes estiveram próximas de fechar um acordo para a transferência de Christian Noboa do Tartaristão para a capital russa, mas não rolou. Lokomotiv e Spartak Moscou estão tranquilos, por enquanto.

Na luta contra o rebaixamento, o Krylya Sovetov reduziu sua folha de pagamento e mandou 14 jogadores embora, entre eles o defensor sérvio Nenad Djordjevic. O Terek Grozny acertou a rescisão do brasileiro Ewerthon e trouxe outro para o elenco, o volante Adílson, ex-Grêmio. E o Volga perdeu o meia espanhol Marc Crosas para o Santos Laguna, do México.

Por fim, lembram-se de Spartak Gogniev? Aquele veterano atacante que, jogando pelo time de juniores do Krasnodar, arranjou uma baita confusão em campo e gerou muita polêmica? Clique aqui para lembrar do caso. Pois é, foi dispensado do clube…

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo