Leste Europeu

Começo animador

Foi apenas um jogo, mas a estréia do Shakhtar Donetsk na Liga dos Campeões foi promissora. Após todo sofrimento na fase preliminar, quando o time quase foi eliminado pelo Red Bull Salzburg-AUT, a equipe ucraniana justificou os mais de € 60 milhões em investimentos e conseguiu uma tranquila vitória sobre o Celtic-ESC, por 2 a 0.

O grupo D, onde está o Shakhtar, não é dos mais complicados – também tem Milan-ITA e Benfica-POR –, por isso o resultado em casa é fundamental. Na próxima rodada a equipe viaja até Portugal, onde espera-se no mínimo conseguir um empate, dados os times titulares de ambos clubes.

Contra o Celtic, com menos de dez minutos de jogo o placar já estava 2 a 0 para o Shakhtar. Brandão aos cinco minutos, num chute bem colocado da entrada da área, fez o primeiro (com esse gol, o brasileiro se tornou o maior artilheiro do clube em competições européias, com 13). Três minutos depois, Cristiano Lucarelli, após cruzamento da esquerda, acertou uma belíssima cabeçada e definiu o resultado. Até o final da partida, o Shakhtar – que também teve entre os titulares Fernandinho, Jádson e Ilsinho – criou muitas outras chances de gol, mas não conseguiu ampliar.

No esquema 4-4-2 com duas linhas de quatro adotado pelo técnico Mircea Lucescu, o mexicano Nery Castillo tem esquentado o banco, sendo reserva justamente dos meias brasileiros. Isso sem falar que o recém-contratado Willian, ex-Corinthians, estreou pelo clube somente neste final de semana.

Enfim, como já foi escrito nesta coluna mais de uma vez, o Shakhtar Donetsk tem um time no papel para fazer bonito na Liga dos Campeões. O título é um sonho praticamente inatingível, mas avançar da primeira fase é um objetivo realista e almejado por todos no clube. Jogando fora de casa, obviamente, a situação é totalmente diferente. Ainda mais quando for a San Siro enfrentar o Milan. Mas vale a pena prestar atenção na equipe ucraniana. Certamente uma possível surpresa positiva nesta LC.

Por outro lado

Se o Shakhtar teve uma estréia animadora, Dynamo Kiev e CSKA Moscou começaram a campanha na competição com derrotas. Nada assustador, já que perder, fora de casa, para Roma-ITA e PSV-HOL, respectivamente, é algo totalmente normal. No entanto, isso mostra a realidade dessa duas equipes e seus objetivos na Liga dos Campeões.

A vitória da Roma por 2 a 0 sobre o Dynamo não surpreendeu e estava dentro do planejado pelo técnico Anatoliy Demyanenko. A briga do time ucraniano é pelo terceiro lugar do grupo com o Sporting-POR, que perdeu em casa para o Manchester United-ING. Contra os italianos, o Dynamo fez um bom jogo, mas poucas vezes ameaçou o gol de Doni. Os gols e o triunfo giallorossi veio com tranquilidade.

Já o CSKA almejava, talvez, um empate na Holanda. O PSV tem um bom time, porém jovem e longe de ser temido. Os russos mantém a base dos últimos três anos, mas com dois desfalques importantíssimo: o goleiro Igor Akinfeev, que só volta daqui dois meses aos gramados, e o meia Daniel Carvalho – este, ao menos, já voltou aos treinos e logo estará disponível ao técnico Valery Gazzaev.

O PSV abriu o placar com Lazovic aos 14 minutos do segundo tempo. Faltando dez para acabar, Perez ampliou. O gol de Vagner Love, aos 44 minutos, chegou tarde demais. A vida do CSKA nesta fase, no entanto, promete ser das mais complicadas. Vide o outro resultado do grupo: Fenerbahçe-TUR 1×0 Internazionale-ITA.

CURTAS

RÚSSIA
– Definida a primeira semifinal da Copa da Rússia. Amkar e Ural surpreenderam seus rivais e brigarão por um lugar na decisão.

– O Ural, da segunda divisão russa, eliminou o Saturn com uma vitória por 2 a 1. Já o Amkar passou pelo Moscou, também por 2 a 1. CSKA Moscou x Spartak Nalchik e Zenit St. Petersburg x Tom Tomsk definem os outros semifinalistas.

UCRÂNIA
– O Shakhtar venceu o Chernomorets Odessa fora de casa, por 2 a 1, pela nona rodada da Vyscha Liga, e se manteve na liderança da competição, três pontos à frente do Dnipro Dnipropetrovsk, que bateu o Metalist Kharkiv por 4 a 0.

– Na terceira colocação, segue o Dynamo Kiev, com 18 pontos. Neste final de semana o time derrotou o Metalurg, em Donetsk, por 2 a 1.

– O presidente da Ucrânia, Viktor Yuschenko, vai pressionar a prefeitura de Kiev para atender as normas da Uefa, para que o novo estádio do Dynamo, que está sendo construído, possa receber a final da Euro`2012. A construção de um shopping é o grande entrave, entre outros problemas.

– Mais deste colunista em seu Blog.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo