Leste Europeu

Começa a temporada 2008

No último final de semana aconteceu a primeira rodada da Premier Liga russa da temporada 2008. Poucos gols, boa média de público e algumas surpresas marcaram os primeiros jogos do ano no futebol russo.

Nos oito jogos disputados foram marcados somente 14 gols, média de 1,75 por partida. Nas arquibancadas, porém, a presença de público foi marcante. Ao todo, 105.840 pessoas foram aos oito jogos da primeira rodada, público médio de 13.230 por jogo. O maior deles foi no empate em 0 a 0 entre Spartak Moscou e Zenit St. Petersburg.

Diante de 22.500 torcedores no Luzhniki, em Moscou, o Spartak partiu para cima dos atuais campeões. O técnico Stanislav Cherchesov promoveu a estréia de dois reforços: o zagueiro alemão Malik Fathi e o meia argentino Cristian Maidana. A surpresa foi a presença do ex-capitão Yegor Titov no banco de reservas.

Logo a um minuto de jogo o Spartak sofreu um baque com a perda do zagueiro tcheco Radoslav Kovac, contundido. Ele sofreu uma fratura de clavícula e deve ficar fora por um mês. Ao longo do jogo, os goleiros de Spartak e Zenit, Stipe Pletikosa e Vyacheslav Malafeev, foram os destaques do jogo, impedindo boas chances criadas por Andrei Arshavin e Roman Pavlyuchenko. No final, não saíram do zero.

As outras equipes de Moscou, também favoritas ao título, conseguiram resultados modestos. O CSKA ficou no 1 a 1 com o Shinnik, em casa, com gol do brasileiro Jô. O Lokomotiv decepcionou e foi derrotado pelo Rubin Kazan, em Moscou, por 1 a 0 – fiquem de olho no Rubin.

Os outros dois representantes da capital russa conquistaram empates fora de casa. O Moscou, na estréia do técnico Oleg Blohkin, arrancou um 1 a 1 em Vladivostok, no outro extremo do país, com o Luch-Energiya. Dificuldades também teve o Dynamo, que sob temperatura negativa em Tomsk, ficou no 0 a 0 com o Tom.

Os líderes são Amkar Perm e Krylya Sovetov, que derrotaram Terek Grozny e Khimki, respectivamente, por 3 a 0. Destaque para a partida realizada em Grozny, na Chechênia, com arquibancadas lotadas. Foi a primeira vez que um jogo da Premier Liga aconteceu em solo checheno. Por fim, o Saturn foi derrotado pelo Spartak Nalchik, fora de casa, por 2 a 1.

Copa Uefa

Brilhante façanha do Zenit St. Petersburg na semana passada. Após a derrota por 3 a 1 para o Olympique de Marselha-FRA, no jogo de ida das oitavas-de-final da Copa Uefa, poucos acreditavam na classificação do time russo. Pois o gol de Arshavin, no final da partida contra os franceses, provou ter sido fundamental.

Em São Petersburgo, com arquibancadas cheias, o Zenit, com dois gols e excelente atuação do atacante Pavel Pogrebnyak, os donos da casa mandaram no jogo, dominaram os franceses e fizeram 2 a 0, garantindo a classificação no saldo de gols marcados fora de casa.

Agora, o Zenit terá pela frente o Bayer Leverkusen-ALE nas quartas-de-final da Copa Uefa, nos dias 3 e 10 de abril – a segunda partida será na Rússia. Se passar, encara o vencedor de Bayern-ALE x Getafe-ESP por um lugar na decisão.

A nota triste do triunfo do time de São Petersburgo sobre o Olympique foi a ação de alguns torcedores dos donos da casa. Jogadores negros do time francês afirmaram ter sido ofendidos com xingamentos racistas, e que estes torcedores teriam imitado macacos. Lamentável e decepcionante.

A Uefa afirmou que irá investigar o caso. Especular punições agora seria nada mais do que puro “achismo”.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo