Leste Europeu

Brasileiro marca no maior clássico da Romênia e comemora homenageando a Chape

Os laços firmados pelas vítimas do desastre com a Chapecoense se espalham pelo mundo. Ao todo, os falecidos vestiram as camisas de 120 clubes, de 14 países diferentes. E o envolvimento se torna incalculável quando se considera a quantidade de companheiros que cada um teve ao longo da carreira. Assim, natural que centenas de equipes possuam ao menos um elo de envolvimento emocional com a tragédia. Algo que aconteceu, por exemplo, no ‘Dérbi Eterno’ de Bucareste. Meio-campista do Steaua Bucareste, Rick Boldrin jogou ao lado de Filipe Machado no Guaratinguetá. E fez sua homenagem no clássico da última quarta, válido pelo Campeonato Romeno.

Boldrin abriu o placar logo aos três minutos de jogo. Saiu correndo à beira do gramado e pegou uma camisa negra, com o símbolo da Chapecoense e a frase ‘Força Chape’. Prestou tributo em um dos dérbis mais ferrenhos do Leste Europeu, em plena Arena Nacional. Sua equipe, entretanto, acabou tomando a virada. O Dinamo venceu por 3 a 1, embora o Steaua permaneça na liderança da competição.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo