Leste Europeu

Boa largada

As equipes russas e ucranianas tiveram boas estreias nesta quarta-feira pelas 1/16-de-final da Copa Uefa. Zenit St. Peterburgs e Metalist Kharkiv conquistaram vitórias importantes sobre Stuttgart, na Rússia, e Sampdoria, na Itália, respectivamente. Já o CSKA Moscou conseguiu um ótimo empate com o Aston Villa, na Inglaterra. Por fim, o Dynamo Kiev ficou no 1 a 1 com o Valencia, em casa, resultado que se não foi excelente, também não foi um desastre – o Shakhtar Donetsk joga nesta quinta contra o Tottenham.

Em São Petersburgo, o Zenit mostrou sua força e provou que vai defender o título da competição com honra. Apesar da saída de Andrei Arshavin, o time segue forte. O húngaro Szabolcs Huszti, contratado para repor justamente a saída do russo, estreou marcando um gol e tendo boa atuação. Anatoliy Tymoschuk, melhor jogador da partida, marcou o segundo, definindo a vitória por 2 a 1 sobre os alemães.

Tymoschuk, por sinal, teve sua negociação com o Bayern de Munique confirmada para julho. Os bávaros pagaram cerca de € 11 milhões para contar com o capitão do Zenit e da seleção ucraniana.

Já em Gênova aconteceu, provavelmente, a maior surpresa dessa fase da competição. Há algum tempo o Metalist Kharkiv vem promovendo zebras na competição, mas esperava-se que o melhor futebol da Sampdoria fizesse a diferença desta vez. Pois com um gol de Oliynyk, no final do primeiro tempo, os ucranianos venceram os italianos por 1 a 0.

Naturalmente a segunda etapa foi totalmente dominada pela Samp, que pressionou insistentemente os adversários. Porém, mais uma boa atuação do goleiro Olexandr Goryainov garantiu o histórico triunfo. Vale destacar também a participação dos brasileiros Edmar (meia) e Jajá (atacante), peças fundamentais dessa equipe.

Outro jogo que chamou muita atenção, mas pelo alto nível técnico, foi o embate entre Aston Villa e CSKA Moscou. Maior sensação da Premier League, os comandados do técnico Martin O’Neill eram considerados favoritos por grande parte da imprensa internacional. No entanto, na estreia de Zico no clube russo, o CSKA arrancou um bom empate em 1 a 1 em Birmingham.

Vagner Love está jogando muito, vive aquelas fases que os jogadores precisam apenas receber a bola na área para marcar. Zico também soube não promover mudanças radicais no esquema de jogo de seu antecessor, Valery Gazzaev, dando liberdade aos meias Zhirkov e Dzagoev. Um 0 a 0 garante os moscovitas na próxima fase agora.

Por fim, o Dynamo Kiev ficou no 1 a 1 com o Valencia, no estádio Valeri Lobanovskiy. Como escrito anteriormente, um resultado que, se não foi ótimo, também não foi ruim. Isso porque os espanhóis possuem um time melhor tecnicamente, ou seja, são favoritos no duelo. Perder a primeira partida na Ucrânia seria fatal para o Dynamo.

Agora, no jogo da volta, a equipe pode se segurar na defesa, tranqüilamente, esperando o tempo passar. Por mais que se classifique com um 0 a 0, o Valencia vai acabar saindo mais para o jogo e, quem sabe, abrindo espaços para contra-ataques – para ficar claro: no caso do CSKA, acredito que os ingleses vão tomar a iniciativa de partir para cima, por isso a análise um pouco contraditória entre os dois confrontos.

O Dynamo, porém, vai sofrer com a falta de seu principal atacante, Artem Milevskiy, autor do único gol contra o Valencia e expulso alguns minutos depois. De qualquer modo, no próximo dia 26 deveremos ter boas novidades para os clubes russos e ucranianos na Copa Uefa.

Atualização: O Shakhtar Donetsk conseguiu uma vitória importantíssima nesta quinta-feira, ao bater o Tottenham por 2 a 0 na Ucrânia. Agora a equipe ucraniana pode até perder por um gol em White Hart Lane que se classifica. Destaque, mais uma vez, para Jádson, autor de um gol e com assistência no outro.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo