Leste Europeu

Balanço de verão

Neste final de semana acontece a 17ª rodada do Campeonato Russo, e marca o retorno da competição à ativa após a tradicional pausa de verão. Com os times realizando a inter-temporada, as diretorias se movimentaram bastante e aqueceram o mercado de contratações.

Equipes como o Lokomotiv Moscou, por exemplo, mudaram completamente, tendo contratado diversos jogadores para o time titular, além de um novo técnico. Outras, como o Spartak, perderam muitos atletas importantes. E nesta longa e desgastante temporada, um bom elenco é chave certa para o sucesso.

Portanto, abaixo, um mini-guia com as chegadas e saídas do verão russo, por ordem de classificação atual da equipe.

Legenda das transferências

Definitiva (Posição, time)
Empréstimo* (Posição, time)
Retorno de empréstimo# (Posição, time)

 

CSKA Moscou

Chegaram: Aleksandrs Cauna (M, Skonto Riga-LET) e Ouwo Moussa Maazou# (A, Monaco-FRA)
Saíram: ninguém

O líder isolado do Campeonato Russo não se movimentou nesse período. Acertou a contratação em definitivo do meia letão Aleksandrs Cauna, que já estava emprestado pelo Skonto. Além disso, não negociou jogadores e ainda recebeu de volta do Monaco o atacante nigerino Ouwo Moussa Maazou. Este último, se for mantido no elenco, terá boas chances de atuar, já que o CSKA conta somente com três jogadores de frente no elenco – Vagner Love, Seydou Doumbia e Tomás Necid.

 

Zenit São Petersburgo

Chegaram: Domenico Criscito (D, Genoa-ITA), Michael Lumb# (D, Aalborg-DIN), Sébastien Puygrenier# (D, Monaco-FRA), Alessandro Rosina# (M, Cesena-ITA) e Sergei Kornilenko# (A, Blackpool-ING)
Saíram: Nicolás Peñailillo# (D, Everton de Viña del Mar-CHI)

O melhor elenco do futebol russo ficou ainda mais forte. O técnico Luciano Spalletti contratou o lateral-esquerdo Domenico Criscito, da seleção italiana, para brigar pela posição com Aleksandr Lukovic – que chegou a ficar na reserva em algumas partidas. Além disso, para o setor defensivo, ainda ganhou o retorno de dois zagueiros que estavam emprestados, Michael Lumb e Sébastien Puygrenier. No entanto, como a defesa já está bem servida com Anyukov, Bruno Alves, Lombaerts e Fernando Meira, nem todos devem permanecer no clube. E o ataque, que já conta com Danko Lazovic e Aleksandr Kerzhakov em excelente forma, teve o retorno de Sergei Kornilenko, após discreta passagem pelo Blackpool.

 

Dynamo Moscou

Chegaram: Marcin Kowalczyk# (D, Metalurh Donetsk-UCR)
Saíram: Luis Aguiar (M, Sporting-POR)

A boa surpresa da temporada manteve seu elenco sem alterações. Terceiro colocado do Russão, o Dynamo Moscou faz uma temporada excelente e já provou que tem condições de brigar pelo título. O zagueiro polonês Marcin Kowalczyk retornou ao clube e será uma peça na reserva. Já o meia uruguaio Luis Aguiar, vice-campeão da Libertadores com o Peñarol, nem chegou a retornar. Após o término do empréstimo aos Carboneros, já foi negociado com o Sporting.

 

Anzhi Makhachkala

Chegaram: Balázs Dzsudzsák (M, PSV-HOL), Zurab Arziani# (M, Dinamo Tbilisi-GEO), Dmitri Ivanov# (M, Dagdizel Kaspiysk) e Mikhail Pometsko# (M, Dagdizel Kaspiysk)
Saíram: ninguém

Falaram muito em Neymar e Ganso, mas o nome da vez no novo rico do futebol russo foi o húngaro Balázs Dzsudzsák, vindo do PSV. Contratado por € 14 milhões pouco antes da paralisação de verão, o excelente meia ainda não estreou pelo clube, e certamente reforçará demais um setor que já conta com o ótimo Mbark Boussoufa – melhor jogador do Anzhi até agora. Além dele, alguns atletas voltaram de empréstimo.

 

Rubin Kazan

Chegaram: Jordi# (D, Valladolid-ESP) e Igor Portnyagin# (A, Spartak Nalchik)
Saíram: ninguém

A maior novidade no elenco do Rubin Kazan será a estreia do meia-atacante brasileiro Carlos Eduardo na temporada. Após muito tempo fora, com uma séria lesão no joelho, o jogador deve finalmente estar à disposição do técnico Kurban Berdyev para a segunda parte do Campeonato Russo. Nenhuma contratação foi feita, assim como atletas não deixaram o clube. Mesmo assim, a diretoria espera que o clube do Tartaristão melhore seu rendimento e posicionamento na tabela.

 

Kuban

Chegaram: Aleksandr Belenov (G, Spartak Moscou), Sergei Bendz (D, Volga), Mikhail Komkov (M, Krasnodar) e Frantisek Kubík (A, Trencin-ESQ)
Saíram: ninguém

Muito bem posicionado na tabela, o Kuban se movimentou e fez algumas contratações neste mercado de verão. nenhum jogador famoso, mas atletas que ajudarão a compor o elenco e aguentar a longa temporada. Caso, por exemplo, do atacante eslovaco Frantisek Kubík, contratado ao Trencin. Com isso, a diretoria se movimentou bem e deve conseguir seu maior objetivo no momento: permanecer entre os oito primeiro colocados para disputar a fase final do Russão.

 

Spartak Moscou

Chegaram: Demy de Zeeuw (M, Ajax-HOL)
Saíram: Alex (M, Corinthians-BRA), Ibson (M, Santos-BRA), Malik Fathi (D, Mainz-ALE), Aleksandr Belenov (G, Kuban) e Stipe Pletikosa (G, sem clube)

As esperadas mudanças no elenco do Spartak Moscou, que decepciona nesta temporada, aconteceram. Dois brasileiros do elenco foram embora: Alex para o Corinthians e Ibson para o Santos. Para a contenção desse meio-campo, a diretoria trouxe o ótimo volante holandês Demy de Zeeuw. Enquanto isso, outros nomes seguem sendo especulados no Luzhniki, como Pablo Barrera, do West Ham, e Haedo Valdez, do Hércules. Mais novidades devem pintar no Spartak nas próximas semanas.

 

Lokomotiv Moscou

Chegaram: Manuel da Costa (D, West Ham-ING) e Victor Obinna (A, West Ham-ING)
Saíram: Marko Basa (D, Lille-FRA) e Haminu Draman (M, sem clube)

Dentre todos os times da primeira divisão russa, o Lokomotiv foi quem mais mudou – ao menos significantemente. Primeiro contratou o técnico português José Couceiro, que substituirá o interino Vladimir Maminov. Depois negociou o zagueiro Marko Basa com o Lille e trouxe do West Ham o português Manuel da Costa para substitui-lo. Também dos Hammers veio outro reforço, o atacante nigeriano Victor Obinna, que estava emprestado pela Internazionale – deve roubar o lugar de Maicon entre os titulares. E assim como o Spartak Moscou, segue quente no mercado: ainda busca fechar com Felipe Caicedo, do Levante, e Steven Defour, do Standard Liège.

 

Krasnodar

Chegaram: Oleg Samsonov (M, Krylya Sovetov) e Otar Martsvaladze (A, Volga)
Saíram: Mikhail Komkov (M, Kuban Krasnodar)

Após um ótimo início, o Krasnodar caiu muito de produção. Içado da segunda divisão pela federação russa para substituir o falido Saturn, a equipe trouxe dois bons reforços – até porque tem dinheiro para investir, graças ao seu presidente, Sergey Galitsky – nesta janela para voltar a apresentar um bom futebol. O técnico Slavoljub Muslin recebeu o meia Oleg Samsonov, do Krylya, e o bom atacante georgiano Otar Martsvaladze, do Volga. Vai brigar para ficar entre os oito primeiros colocados.

 

Amkar Perm

Chegaram: ninguém
Saíram: Stevica Ristic (A, Suwon Bluewings-COR)

Até agora o Amkar faz uma campanha acima do esperado. A equipe é muito bem montada pelo técnico Rashid Rakhimov e tem surpreendido até aqui, já que conta com um orçamento baixíssimo, além de enfrentar diversos problemas financeiros – quase não teve sua inscrição para o torneio aceita. No entanto, perdeu agora o atacante montenegrino Stevica Ristic, que retornou ao futebol da Coreia do Sul. Péssima notícia para a equipe.

 

Terek Grozny

Chegaram: Ewerthon (A, sem clube) e Martin Jiranek (D, Birmingham City-ING)
Saíram: ninguém

Para fugir da parte de baixo da tabela, o Terek Grozny fez duas contratações interessantes. O técnico Isa Baytiyev, efetivado no cargo após a demissão de Ruud Gullit em junho, ganhou para a defesa o experiente zagueiro tcheco Martin Jiranek, que estava no Birmingham e atuou por boa parte da carreira no Spartak Moscou, e o atacante brasileiro Ewerthon, que defendeu o Palmeiras no ano passado e estava sem clube. Pode ser o suficiente para escapar do rebaixamento.

 

Volga Nizhny Novgorod

Chegaram: Dani Bondar (D, Hapoel Tel Aviv-ISR), János Székely (M, Steaua Bucareste-ROM), Vagif Javadov (A, Twente-HOL) e Petar Jelic# (A, Dinamo Tbilisi-GEO)
Saíram: Sergei Bendz (D, Kuban) e Otar Martsvaladze (A, Krasnodar)

O Volga sofreu algumas mudanças importantes no elenco. Seu principal atacante, o georgiano Otar Martsvaladze, deixou o clube e seguiu para o Krasnodar. Com isso, a diretoria foi buscar seu substituto no futebol holandês, onde resgatou Vagif Javadov, jogador jovem ainda, 22 anos, e da seleção do Azerbaijão. A defesa ganhou o reforço do zagueiro israelense Dani Bondar, também de seleção, enquanto o meio foi reforçado com János Székely, vindo do Steaua Bucareste.

 

Tom Tomsk

Chegaram: ninguém
Saíram: ninguém

Nenhuma mudança no elenco. Logo, nada a comentar.

 

Rostov

Chegaram: Razvan Cocis (M, Al-Nassr-SAU)
Saíram: ninguém

Sem dinheiro para grandes contratações, a diretoria do Rostov apostou suas fichas no ótimo meia romeno Razvan Cocis, que já teve passagem pelo Lokomotiv Moscou e estava no Karpaty Lviv, emprestado pelo Al-Nassr, da Arábia Saudita. Ninguém saiu e mais ninguém chegou, portanto, Cocis terá uma dura missão pela frente: erguer o Rostov na tabela e evitar o rebaixamento.

 

Spartak Nalchik

Chegaram: ninguém
Saíram: Nikita Malyarov (M, sem clube) e Igor Portnyagin# (A, Rubin Kazan)

O time do Spartak Nalchik não é ruim. Fez alguns bons jogos até agora, inclusive contra os grandes, mas tem dado muito azar. A diretoria não trouxe reforços, dispensou o jovem meia Nikita Malyarov e devolveu ao Rubin o atacante Igor Portnyagin. Ou seja, nenhuma mudança significativa. Com um pouco mais de sorte, a equipe tem condições de subir na tabela e deixar a zona de rebaixamento.

 

Krylya Sovetov

Chegaram: Ognjen Koroman (M, Estrela Vermelha-SER), Viktor Genev* (D, Slavia Sofia-BUL) e Dimitar Makriev (A, Ashdod-ISR)
Saíram: Oleg Samsonov (M, Krasnodar)

Lanterna isolado do Campeonato Russo e com muitos problemas financeiros, o Krylya Sovetov conseguiu se movimentar nessa pausa de verão. Apesar da perda de Samsonov para o Krasnodar, trouxe o experiente meio-campista sérvio Ognjen Koroman – que defendeu o clube entre 2003 e 2005 -, além do atacante búlgaro Dimitar Makriev, destaque do futebol israelense nos últimos anos. Com a chegada do técnico Andrey Kobelev, espera-se que o time melhore seu rendimento.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo