Leste Europeu

A torcida do Legia levou o show dos estádios às ruas nos 71 anos da resistência aos nazistas

A Revolta de Varsóvia marca um dos principais momentos da Segunda Guerra Mundial e da história da Polônia. Em agosto de 1944, a população da cidade e o exército polonês organizaram a maior resistência de toda a guerra. Tentavam libertar a região do domínio dos nazistas e aguardavam o avanço do exército soviético. Um esforço militar que durou 63 dias e resultou na morte de 200 mil civis, além de deixar 700 mil refugiados. Os poloneses perderam a batalha, mas ganharam um símbolo dos esforços contra os alemães na libertação consumada meses depois.

VEJA TAMBÉM: O protesto da torcida do Legia contra porcos capitalistas da Uefa ficou sensacional

A revolta é comemorada com um feriado nacional na Polônia, que também rende homenagens no futebol. As partidas do Campeonato Polonês guardam um minuto de silêncio na data. E, neste final de semana, durante a celebração dos 71 anos da data, a torcida o Legia Varsóvia resolveu inovar. Levou o aparato que marca o seu espetáculo nas arquibancadas para a praça pública. Com sinalizadores e outros itens, prepararam um grande show pirotécnico em memória de seus mártires – algo que, em 2014, já tinham feito no próprio estádio. Sinal evidente da força do futebol e da sua ligação com a história.

Via Copa90

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo