Serie A

Milan massacra Torino e Juventus bate Sassuolo com golaço de Ronaldo

No segundo jogo seguido em Turim, Milan fez um incrível 7 a 0 no Torino e segue em terceiro; Juve arrancou vitória dura contra o Sassuolo, fora de casa

A disputa pelas vagas na Champions League na Serie A está quente. Depois de verem o Napoli vencer na terça-feira, os outros três concorrentes também venceram nesta quarta-feira. O Milan massacrou o Torino por 7 a 0, em uma vitória impressionante fora de casa. Já a Juventus conseguiu uma vitória difícil, mas fundamental contra o Sassuolo por 3 a 1. A Atalanta também venceu com um 2 a 0 sobre o Benevento. Com isso, todas as posições estão mantidas.

Com o Torino caindo pelas tabelas, o Milan não titubeou e passou por cima. A vitória por 7 a 0 veio com uma facilidade incrível, empilhando gols. O primeiro tempo foi mais tranquilo, com um 2 a 0, gols de Theo Hernández e Frank Kessié. No segundo tempo, porém, os rossoneri abriram a porteira. Brahín Díaz, Theo Hernández e Ante Rebic (três vezes) aumentaram a conta para 7 a 0.

Um massacre que deixa o Torino mais perto da zona do rebaixamento. Em 16º, com 35 pontos, está quatro pontos acima do Benevento, 18º e primeiro time na zona do rebaixamento. Restam duas rodadas e o risco, ainda que não seja enorme, ainda existe.

O Milan segue em terceiro lugar, com 75 pontos, mesma pontuação da Atalanta, na segunda posição. A Atalanta também manteve o ritmo com uma vitória por 2 a 0 sobre o Benevento, com gols de Luis Muriel e Mario Pasalic. O Napoli fecha o G4 com 73 pontos e a Juventus tem 72, porque também conseguiu vencer.

Depois de tomar 3 a 0 do Milan na rodada passada, a Juve foi até o Mapei Stadium para enfrentar o bom time do Sassuolo. O time de Roberto De Zerbi briga por vaga na Liga Europa e, por isso, também precisava de um bom resultado. A Juventus arrancou uma vitória difícil por 3 a 1, que ao menos manteve a mesma distância para os rivais.

Cristiano Ronaldo comemora gol da Juventus (Imago / OneFootball)

O Sassuolo era melhor no primeiro tempo, teve um pênalti a seu favor que Domenico Berardi desperdiçou, aos 16 minutos. Adrien Rabiot foi quem abriu o placar para a Juve, aos 28, e Cristiano Ronaldo, com um golaço, ampliou para 2 a 0 antes do intervalo. Aos 14 minutos do segundo tempo, Giacomo Raspadori diminuiu em um lindo gol em jogada coletiva, reduzindo o placar para 2 a 1.

Quando o Sassuolo voltava a crescer no jogo e pressionava pelo empate, a Juventus encaixou uma linda jogada de contra-ataque, avançou com bons passes, que terminou em um passe de Dejan Kulusevski para Paulo Dybala. O camisa 10 dominou e tocou por cima do goleiro, com categoria, para marcar 3 a 1 no placar, aos 21 minutos. Acabou sendo o placar final.

A líder e já campeã Inter desfilou o seu uniforme dos mais feios que já se viu na terra – e por isso talvez seja um sucesso no videogame. Jogando em casa, no Estádio San Siro, a Inter venceu a Roma por 3 a 1, prejudicando os planos dos giallorossi em conseguir uma vaga na Liga Europa. Os gols foram marcados por Marcelo Brozovic, Matías Vecino e Romelu Lukaku. Henrikh Mkhitaryan descontou para o time da capital.

Para completar uma rodada que os seis primeiros venceram, a Lazio também conquistou três pontos. De todos, certamente foi o mais sofrido. O gol só veio aos 49 minutos do segundo tempo com o artilheiro Ciro Immobile. Um placar apertado, 1 a 0, suficiente para levar o time a 67 pontos. Com três jogos a fazer, pode chegar a 76 pontos, o que coloca os azuis celestes na briga pela vaga na Champions. Até porque todos os concorrentes só tem mais dois jogos a fazer. A Juventus, por exemplo, pode chegar a 78 pontos, se vencer as duas partidas. O Napoli pode chegar a 79. A briga da Lazio é difícil, mas ainda possível. Teremos rodadas finais bastante interessantes na Itália.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo