Serie A

Felipe Anderson está certo: Juventus passa vergonha contra Cagliari na Serie A

Ir para o Palmeiras parece um acerto de Felipe Anderson, pois a Juventus não está bem -- e o empate com o Cagliari na Serie A prova isso

Nesta sexta-feira (19), a Juventus empatou com o Cagliari por 2 a 2, no Unipol Domus, pela 33ª rodada da Serie A. Com o resultado, os Bianconeri continuam na 3ª posição do campeonato com 62 pontos, mas podem ver a distância para o Bologna, que vem logo atrás, diminuir. Já os Rossoblu assumiram provisoriamente a 13ª colocação com 32 pontos, cinco acima da zona de rebaixamento.

A verdade é que, quem viu o jogo, entende que Felipe Anderson tomou a decisão certa ao ir para o Palmeiras e não para a Juventus. O meia-atacante estava em final de contrato com a Lazio, e recebeu proposta da Velha Senhora para a próxima temporada. Surpreendentemente, ele decidiu deixar a Europa para voltar ao Brasil, aceitando o projeto do Verdão ao assinar um vínculo até o final de 2027.

A Juventus caminha para um final de temporada melancólico, com o trabalho de Massimiliano Allegri muito longe de convencer a torcida. Não à toa, o técnico italiano não tem a permanência garantida para 2024/25. O Cagliari acabou pecando por retrancar demais, aliado a um gol contra quase no apagar das luzes. Mesmo assim, é muito pouco para a Juve sofrer para empatar com os Rossoblu.

Como foi Cagliari x Juventus pela Serie A

O 1º tempo pode enganar o leitor, já que a Juventus teve incríveis 69% de posse de bola. Contudo, os Bianconeri pouco fizeram com esse volume de jogo, já que não encontravam os espaços para avançar, e muito menos tinha criatividade para criar uma finalização de perigo. O Cagliari, por sua vez, fez muito menos com apenas 31%. Os Rossoblu não tiveram medo de atacar a defesa adversária.

Finalizações de média e longa distância se tornaram comuns para o Cagliari, que também utilizou infiltrações com a bola no chão para furar a defesa da Juventus, que mais parecia um queijo suíço (cheio de buracos). E foi nessa pegada que os Rossoblu conseguiram dois pênaltis: um toque de mão de Bremer, e uma falta de Szczesny.  Gaetano e Mina foram os responsáveis por balançar as redes da Juve.

Na única jogada interessante construída pela Juventus, o gol foi anulado por impedimento. Chiesa disparou com a bola pela esquerda e cruzou para Vlahovic completar dentro da grande área. Entretanto, o italiano estava fora de posição no início do lance. Acredite ou não, esse foi o único grande susto do Cagliari na etapa inicial. No intervalo, a Velha Senhora precisava encontrar um jeito de assustar os Rossoblu.

Evitaram o pior, mas ainda foi pouco

Para o 2º tempo, a Juventus continuou monopolizando a posse, mas, desta vez, tentando ser um pouco mais agressivo do que o Cagliari. Os Rossoblù passaram a apostar no contra-ataque para tentar ampliar a vantagem parcial. De novo, os Bianconeri tiveram muitas dificuldades em chegar perto do gol adversário, rodando, rodando e rodando a bola na esperança de um espaço aparecer.

Vlahovic só conseguiu descontar em uma bola parada. Em cobrança de falta frontal, quase na diagonal da área, o atacante bateu com muita categoria para balançar as redes do Cagliari. O problema é que a Velha Senhora apresentou os mesmo problemas, sem apresentar repertório ofensivo. Tanto que o empate com os Rossoblu só veio graças a um vacilo de Dossena, que acabou empurrando para o próprio gol após um cruzamento da esquerda.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo