Brasil

Contratação de Felipe Anderson pegou de surpresa até funcionários do Palmeiras

O diretor de futebol do Palmeiras, Anderson Barros, negociou completamente em segredo

Num fim de tarde despretensioso de segunda-feira (15), o Palmeiras anunciou a contratação do meia Felipe Anderson, 31, que estava na Lazio.

Poucas horas antes, Felipe, que faz aniversário nesta segunda, havia anunciado em suas redes sociais que não iria renovar com a equipe de Roma. Na Europa, especialistas em mercado davam conta de que o jogador tinha uma proposta de três anos de contrato da Juventus.

A contratação, divulgada nas redes sociais do clube, pegou a todos de surpresa. Mesmo no Palmeiras, a contratação caiu como uma bomba para muitos funcionários, que só ficaram sabendo hoje que a negociação vinha sendo tratada.

Felipe assinou um pré-contrato com o Verdão e vai reforçar o time a partir de julho, após a abertura da janela internacional de transferências. Seu vínculo com o Alviverde começará em 1º de julho e será válido até 31 de dezembro de 2027.

Revelado pelo Santos, o atleta estreou profissionalmente em 2010, aos 17 anos, e ganhou destaque em 2012, quando somou 41 jogos, seis gols e oito assistências. No clube alvinegro, fez parte do elenco bicampeão paulista em 2011 e 2012, da Copa Libertadores de 2011 e da Recopa Sul-Americana de 2012.

Por que o Palmeiras?

A Trivela apurou o que está por trás da escolha de Felipe pelo Verdão. Felipe tinha mesmo uma oferta da Juventus, além de proposta para renovar com a Lazio.  Sua opção pelo Palmeiras teve alguns motivos.

A estrutura, o profissionalismo e o momento vitorioso vivido pelo Verdão, com títulos conquistados nas últimas cinco temporadas, pesaram na decisão.

As ofertas da Juventus e da Lazio eram muito mais vantajosas financeiramente, mas o atleta quis voltar ao Brasil no auge, em condições físicas de performar em alto nível.

A disputa do Mundial de Clubes de 2025 também pesou na decisão do jogador, que sonha em voltar à Seleção Brasileira. Felipe acredita que, com a camisa do Palmeiras, aumentam as suas perspectivas de ser nnovamente convocado – em sua mais recente convocação, Dorival Júnior chamou dois atletas palmeirenses (Murilo e Endrick).

Felipe Anderson e Leonardo Holanda, gerente jurídico e de negócios do Palmeiras, em Roma (Foto: Reprodução)

Felipe também ficou impressionando com o profissionalismo e a discrição com que a negociação foi conduzida. O gerente jurídico e de negócios do Palmeiras, Leonardo Holanda, viajou duas vezes para Roma e a informação não vazou.

Felipe chega ao verdão com a aprovação do Departamento de Análise de Mercado e da comissão técnica, que admiram a versatilidade do atleta, que pode atuar nas três posições do meio-campo: por dentro, pela esquerda ou pela direita.

Carreira sólida na Itália

Felipe Anderson construiu uma carreira sólida no futebol italiano. Contratado pela Lazio em 2013, permaneceu na capital da Itália por cinco anos antes de se transferir para o West Ham.

Sem o destaque de antes, também com um empréstimo para o Porto no meio do caminho, retornou a Roma em 2021 e, ao término dessa temporada, completará oito anos dedicados aos Biancocelesti. No entanto, com contrato finalizando em junho, ele precisava tomar uma decisão.

Anderson agradeceu por todo apoio recebido nos últimos anos por torcida e staff e garantiu comprometimento até a última partida.

— Por respeito à Lazio e a toda a sua torcida que sempre me apoiou, informo que não cheguei a acordo para a renovação do contrato com o clube e por isso seguirei outro caminho na próxima temporada. Sempre demonstrei com fatos o meu profissionalismo e o meu compromisso com a Lazio, por isso garanto que continuarei me dedicando até o último dia do meu contrato para honrar esta camisa. Obrigado por tudo — escreveu em comunicado divulgado nas redes sociais.

Felipe Anderson se despede da Lazio como ídolo

Defender 319 vezes um mesmo clube é um número para poucos. Isso é o que sustenta Felipe Anderson com a camisa biancocelesti, além de 58 gols e 63 assistências, segundo o site Transfermarkt.

O brasileiro até agora conquistou apenas a Supercopa da Itália, pois, quando o clube venceu a Coppa Itália em 2019, ele já tinha saído. Mas ainda nesta temporada, terá a oportunidade de conquistar o título. A Lazio está nas semifinais e enfrentará, justamente, a Juve.

Em 10 de janeiro desse ano, Felipe Anderson entrou de vez para história do clube de 124 anos. Ao não ficar fora de uma partida sequer desde agosto de 2021, acumulou 125 jogos seguidos e quebrou o recorde do ex-zagueiro Alfredo Monza, que jogou pela Lazio entre 1937 e 1940.

Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata Lima

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, Diego cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023.
Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo