Inglaterra

Péssimo para o Manchester United e ótimo para o Real Madrid: Varane não quer Arábia

Varane está com contrato para vencer no Manchester United, interessa ao Real Madrid e avisa que não se vê na Arábia Saudita por agora

O destino de Raphael Varane parece estar cada vez mais distante de Old Trafford e do Manchester United. Praticamente inutilizado nos Red Devils tanto na Premier League quanto na Champions League, ele tem sido um dos principais centros de rumores para o mercado de transferências de inverno do hemisfério norte, que abre já na próxima semana, com o começo de janeiro. Muitos são os possíveis destinos do defensor francês, mas até o momento nenhuma proposta real chegou até o staff do jogador e ao clube inglês.

Até o momento, três destinos foram os mais citados como possível lugares para Varane desembarcar a partir de janeiro. O mais falado deles é o Real Madrid, clube que ele defendeu por uma década e deixou justamente para se juntar ao Manchester United. O outro, com muito menos possibilidades, é o Milan, clube italiano que vem sofrendo seguidamente com lesões na temporada e teve seu sistema defensivo devastado pela perda de jogadores machucados. Por fim, tem se falado em Arábia Saudita, mas o destino no Oriente Médio não anima muito o defensor francês.

Varane pode ir para a Arábia Saudita?

O que se sabe até o momento é que Varane deseja sair e o Manchester United deseja reaver pelo menos parte dos 40 milhões de euros que investiu em 2021 para tirar o zagueiro do Real Madrid. Neste cenário, a Arábia Saudita seria um forte concorrente por conta das transações recentes do futebol do país. Em caso semelhante — no sentido do retorno financeiro –, os árabes foram os únicos que se dispuseram, por exemplo, a pagar uma alta cifra para tirar Neymar do PSG, o que seria o fator que mais anima o United.

Acontece que Varane não quer a Arábia Saudita neste momento. O staff do zagueiro francês emitiu parecer que está repercutindo na mídia europeia afirmando que entende que, no sentido financeiro, a negociação para algum clube árabe pode ser bastante vantajosa, mas que o defensor ‘não enxerga o movimento como ideal neste momento'. Muito disso, ao que parece, se dá pelo fato de o Real Madrid estar na disputa.

Uma década defendendo o Real Madrid tem pesado para Varane

Duas temporadas depois de deixar o Real Madrid, Varane vê a volta à capital espanhola como seu melhor destino no momento. Seria uma negociação que agradaria ambos os lados, uma vez que os blancos sofrem seguidamente com lesões e não terão mais David Alaba e Éder Militão, seus zagueiros titulares, até o final da atual temporada, com ambos se tratando no departamento médico. Assim, a chegada de Varane seria um alívio ao time de Madrid.

Um dos fatores que pode ajudar o time madrilenho a trazer de volta Varane é o contrato em vigência do zagueiro com o Manchester United. Quando os ingleses contrataram o jogador, anunciaram que o vínculo duraria até junho de 2025, mas isso não é inteiramente verdade. O contrato tem duração até o final da atual temporada e possui uma cláusula com a possibilidade — e não certeza — de extensão por mais um ano. Assim sendo, se não vender Varane até o final de janeiro, o United periga, e muito, perdê-lo de graça em junho que vem.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo o futebol. Por mais redundante que seja, ama escrever sobre o que é apaixonado, ficando de olho em tudo o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo