Inglaterra

Entenda o desaparecimento do primeiro reforço de ten Hag no Manchester United

Tyrell Malacia chegou sob grandes expectativas no Manchester United de Erik ten Hag, mas não joga há quase um ano

Em julho de 2022, o Manchester United apresentou sua primeira contratação na era Erik ten Hag: Tyrell Malacia, que foi comprado junto ao Feyenoord por € 17 milhões (cerca de R$ 92,8 milhões). À época, o lateral-esquerdo chegou para ser opção para Luke Shawn, titular da posição, mas que se machucava com frequência. Em sua primeira temporada, o neerlandês se destacou pelos Red Devils.

Foram 39 partidas disputadas em 2022/23, ajudando o Manchester United a se classificar para a Champions League. Um início promissor. Contudo, Malacia sequer entrou em campo nesta temporada. A última vez que o lateral disputou uma partida oficial foi no dia 14 de junho de 2023. E o jogo sequer foi pelos Red Devils, mas sim pela seleção neerlandesa, pela Uefa Nations League.

Então, a pergunta que não quer calar é: o que aconteceu com Tyrell Malacia? A primeira resposta dessa pergunta é que o lateral-esquerdo sofreu uma lesão no joelho esquerdo. Entretanto, a primeira cirurgia do neerlandês foi realizada há dez meses. Uma demora no mínimo estranha para um procedimento no menisco, que geralmente demanda cinco meses de recuperação. A Trivela te explica o motivo do desaparecimento do primeiro reforço de ten Hag nos Red Devils.

O drama de Malacia no Manchester United: onde tudo começou

Segundo o The Athletic, o drama de Malacia no Manchester United começou no início de 2023, quando ele passou a sentir dores no joelho. Entretanto, em meio a sua sequência entre os titulares, e querendo mostrar serviço ao novo treinador, o lateral resolveu não comunicar o problema. Meses depois, o neerlandês decidiu comunicar o desconforto para a equipe médica dos Red Devils.

Dali para frente, o Manchester United decidiu poupá-lo na rodada seguinte da Premier League, e colocá-lo no banco de reservas na Liga Europa. Tyrell Malacia fez seis partidas até o fim de 2022/23, retornando para os treinos de pré-temporada em meados de julho. Nesse momento, os Red Devils chegaram a um acordo com o lateral-esquerdo para realizar uma intervenção cirúrgica no menisco esquerdo do atleta de 24 anos.

O Manchester United recomendou a cirurgia em Londres, mas Malacia preferiu voltar para sua terra natal e realizar o procedimento com um médico de sua escolha. De volta à Inglaterra, o lateral começou gradualmente a aprimorar seu condicionamento físico. O problema é que, em outubro, exames de imagem revelaram que o neerlandês ainda tinha pequenos fragmentos de cartilagem no joelho operado.

O ponto de virada

Portanto, todos os envolvidos precisavam fazer uma escolha: uma cirurgia corretiva para retirar as cartilagens, ou não operar para seguir o planejamento de reabilitação. Manchester United e Tyrell Malacia optaram pelo novo procedimento cirúrgico, realizado em novembro. Com isso, o lateral-esquerdo reiniciou todo seu processo de recuperação do zero.

Inicialmente, o Manchester United avisou que o neerlandês estaria de volta no “começo de 2024”. O problema é que Malacia tem dado respostas bem lentas nesse novo processo de recuperação, e a tendência é que ele nem seja utilizado por Erik ten Hag nesta temporada. Nos bastidores, os Red Devils apostam na volta do lateral para 2024/25. Isso se nada mais der errado.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo