Inglaterra

Gerrard está de volta à Premier League e terá o desafio de dirigir o Aston Villa

Ídolo do Liverpool e campeão como técnico pelo Rangers, Gerrard aceitou o desafio de comandar o Aston Villa depois da saída de Dean Smith

Steven Gerrard está de volta à Premier League. Ídolo do Liverpool, onde jogou por 17 anos, ele retorna agora como técnico. Foi anunciado como técnico do Aston Villa, que procurava um treinador. Aos 41 anos, ele chega com a experiência de ter comandado os times de base do Liverpool e também ter conquistado o título escocês pelo Rangers, 10 anos depois do último título e passando por uma falência.

Sem experiência em times profissionais, Gerrard assumiu o Rangers em junho de 2018 com a missão de quebrar a hegemonia do Celtic na Escócia. Na sua primeira temporada, ele chegou perto, mas não conseguiu tirar o título dos Bhoys, que conquistaram seu nono título seguido. Na temporada seguinte, porém, o Rangers não só foi campeão, como terminou invicto e ainda eliminou o Celtic na Copa da Escócia e fazer com que o rival ficasse sem um título pela primeira vez desde 2009/10.

O nome de Gerrard era especulado pelos Villans nos últimos dias. Ele assinou contrato por três anos e meio, até junho de 2025. Um vínculo longo para o novo treinador, que terá o desafio de substituir Dean Smith, uma figura que tem um peso histórico para o clube. Ele foi demitido nesta semana, diante da campanha ruim, com cinco derrotas seguidas, o que deixou o clube ameaçado pelo rebaixamento.

Para tirar Gerrard do Rangers, o Aston Villa acertou o pagamento de uma multa entre £ 3,25 e £ 4 milhões, segundo a Sky Sports. Gerrard chega ao Aston Villa com o seu assistente, Gary McAllister. Nos últimos dias, quando perguntado sobre a possibilidade de ir treinar na Premier League, com o Aston Villa sendo especulado, ele deixou aberta a porta para a mudança, que se concretizaria dias depois.

“O Aston Villa é um clube com uma história rica e tradição no futebol inglês e estou imensamente orgulhoso de me tornar o novo técnico”, disse Gerrard no anúncio. “Em conversas com Nassef, Wes e o resto da diretoria, era aparente o quanto os seus planos para o clube são ambiciosos e estou ansioso para ajudar o clube a atingir seus objetivos”.

“Gostaria de expressar minha sincera gratidão a todo mundo associado ao Rangers por me dar a oportunidade de dirigir um clube tão icônico do futebol. Ajudá-los a conquistar o 55º título da liga, que bateu um recorde, sempre ocupará um lugar especial em meu coração. Gostaria de desejar aos jogadores, equipe técnica e torcedores o melhor para o futuro”.

O ex-capitão do Liverpool jantou com o executivo chefe do Aston Villa, Christian Purslow, na quarta-feira à noite em Londres, quando o acordo foi fechado. “Desde que se tornou técnico depois da sua ilustre carreira, Steve começou dirigindo e desenvolvendo grandes jogadores jovens na academia do Liverpool, que é uma experiência que valorizamos muito no Aston Villa”, disse Purslow.

“Ficou muito claro nas nossas conversas com ele que as ambições, filosofia e valores de Steven como treinador correspondem inteiramente aos do Aston Villa. Estamos empolgados que ele concordou em liderar na próxima fase dos nossos ambiciosos planos já que queremos construir sobre o progresso feito desde que Nassef Sawiris e Wes Edens assumiram o clube em 2018”.

Apesar de perder o treinador no meio da temporada, o Rangers também se manifestou falando positivamente sobre o trabalho de Gerrard à frente do clube. “Gostaria primeiramente de dizer meus agradecimentos a Steven por seus esforços incríveis nos últimos três anos e meio no Rangers”, afirmou o presidente do Rangers, Douglas Park.

“Ele nos deu alguns momentos inesquecíveis, não apenas por conquistar o Campeonato Escocês e levá-lo de volta a Ibrox na temporada passada, mas por não perder nem uma partida na campanha. Em competições europeias, ele resgatou o bom nome e credibilidade do nosso clube no continente e nos deixa em uma situação muito saudável em campo”.

O Aston Villa está em 16º na Premier League, dois pontos acima da zona do rebaixamento, depois de 11 rodadas. Gerrard fará a sua estreia no dia 20 de novembro contra o Brighton, em casa, no Villa Park. Portanto, ele tem alguns dias durante a data Fifa para começar a preparar o time. Depois, o time vai até Londres enfrentar o Crystal Palace, no dia 27.

O confronto com o clube da sua vida não demorará. No dia 11 de dezembro, pela Premier League, o Aston Villa visitará o Liverpool em Anfield, o que certamente tornará o momento mais do que especial. Será o reencontro do ídolo Gerrard com a torcida dos Reds, onde se eternizou. Pela primeira vez na carreira, ele será adversário do clube que tão bem defendeu ao longo dos anos. Certamente uma data para marcar a história.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo