Premier League

Guardiola identifica grande problema do Manchester City

Com as decisões da temporada cada vez mais próximas, Guardiola sabe o que precisa fazer para salvar o Manchester City

Neste sábado (13), às 11h (horário de Brasília), o Manchester City enfrenta o Luton Town, no Etihad Stadium, pela 32ª rodada da Premier League. Os Citizens sabem da importância da vitória para se manterem na briga pelo título do campeonato, onde ocupam a 3ª posição com 70 pontos, um a menos que o líder Arsenal. Com uma decisão de Champions League em vista, Pep Guardiola identificou o grande problema da equipe.

Isso porque, em entrevista coletiva, o técnico espanhol reconheceu que o Manchester City tem sido afetado pelo cansaço em 2023/24. Após a Tríplice Coroa na última temporada, os Citizens já disputaram 51 partidas até aqui. Como ainda estamos no começo de abril, o calendário cheio tem sido uma preocupação para Guardiola, que já sabe o que precisa fazer para salvar os jogadores de uma sobrecarga.

A intenção do treinador é poupar alguns jogadores do Manchester City antes da partida de volta contra o Real Madrid, pelas quartas de final da Liga dos Campeões. Contudo, o espanhol sabe que precisa rodar o elenco para evitar possíveis lesões por fadiga física. O problema é que, com as decisões da temporada cada vez mais próximas, Pep Guardiola sabe que a tarefa não é nada fácil, já que os Citizens podem pagar o preço dentro de campo:

“Também preciso descansar os zagueiros, mas nos amistosos (da Inglaterra), (John Stones e Kyle Walker) se machucaram e não podem descansar. Estamos em grandes, grandes problemas. Tive a sensação de que estivemos cansados ​​nos últimos jogos”.

O cansaço pode prejudicar o Manchester City

Um exemplo atual de como o cansaço pode prejudicar o Manchester City são as ausências de Kyle Walker e Nathan Aké, ambos machucados. O lateral-direito se lesionou a serviço da seleção inglesa no amistoso contra o Brasil. Por conta disso, os Citizens perderam um de seus pilares defensivos para o duelo dificílimo contra os Merengues pela Champions, além de rodadas cruciais da Premier League.

Ake, Walker e Phil Foden (talvez o grande nome do Manchester City em 2023/23) são dúvidas para o jogo contra o Luton Town. Aqui vale ressaltar que o atacante é o jogador dos Citizens com mais minutos dentro de campo nesta temporada, com 3.560. Quem aparece logo atrás é Rodri, que está invicto há 66 confrontos consecutivos quando atuou pela equipe de Pep Guardiola.

As únicas derrotas do Manchester City em 2023/24 aconteceram quando o volante não jogou, seja por lesão, ou suspensão. Contudo, o espanhol já deixou claro que está chegando a seu limite físico, e declarou publicamente que precisa descansar. Perguntado sobre as condições e o papel de Rodri nos Citizens, o técnico valorizou o esforço do atleta, mas deixou um aviso:

“Dê uma olhada em nossos jogos e você perceberá. É simples. Ele (Rodri) é muito importante pela qualidade que nos dá. Mas se você tem um jogador que não quer jogar, ele não joga”.

Dos três postulantes ao título inglês, apenas o Manchester City continua vivo em três competições diferentes. Tanto os Reds, quanto os Gunners, já foram eliminados da Copa da Inglaterra. Os Citizens ainda vão enfrentar o Chelsea pela semifinal da FA Cup. Agora, resta saber se os titulares terão fôlego para aguentar o spint final da maratona do futebol.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo