Inglaterra

Petr Cech é mais um a deixar seu cargo na reformulação do Chelsea

Ex-goleiro do clube, Cech deixará o cargo de consultor técnico e de performance em processo de mudanças após a venda do clube

O ex-goleiro Petr Cech deixará o seu cargo de consultor técnico e de performance no Chelsea no próximo dia 30 de junho, como parte do processo de reformulação do clube. Ele é mais um a deixar os Blues depois do presidente Bruce Buck e da diretora Marina Granovskaia. As mudanças acontecem após a venda do clube ao consórcio liderado por Todd Boehly, coproprietário do Los Angeles Dodgers, da MLB.

“Foi um enorme privilégio exercer esse cargo no Chelsea nos últimos três anos. Com o clube sob novo dono, sinto que é o momento certo para deixar o cargo. Estou satisfeito que o clube está agora em uma excelente posição com os novos donos e estou confiante do seu futuro sucesso tanto dentro quanto fora de campo”, disse Cech, em comunicado.

“Petr é um membro importante da família Chelsea. Entendemos sua decisão de sair e o agradecemos por suas contribuições como consultor e seu comprometimento ao clube e à nossa comunidade Desejamos a ele o melhor”, disse Todd Boelhy, que é o presidente e principal acionista.

Boehly foi nomeado como presidente e diretor esportivo interino após as saídas de Buck e Granovskaia na última semana. Ele é quem está à frente de todas as negociações que o clube tem feito e, claro, na reformulação administrativa em curso. O dirigente já comentou sobre como quer manter os pés no chão por causa do Fair Play Financeiro e quer levar a mentalidade de negócios americana para o futebol inglês.

Como diretor esportivo interino, Boehly tem sido bastante ativo no clube. Ele participou ativamente da negociação eu deve levar Romelu Lukaku de volta à Internazionale por empréstimo, por exemplo.

O Chelsea tem como principal alvo para ser o diretor esportivo Michael Edwards, ex-Liverpool. Boehly já afirmou que os Reds são “um grande modelo” para sucesso. Ele anunciou que deixaria o Liverpool em novembro de 2021 e, por isso, se tornou um nome bastante badalado no mercado.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo