Inglaterra

‘Torcedores adoram’: ídolo do Liverpool rasga elogios a provável novo técnico

Ídolo do Liverpool, Dirk Kuyt detalhou o estilo de jogo do também holandês Arne Slot, que será o novo técnico dos Reds

Os mais conceituados jornais e reconhecidos jornalistas da Inglaterra cravaram nesta sexta-feira (26) o acordo entre Liverpool e o técnico do Feyenoord, Arne Slot, que substituirá Jürgen Klopp ao término da temporada. Já apoiado publicamente por Virgil Van Dijk, capitão dos Reds, o comandante de 45 anos ganha cada vez mais elogios por seus bons trabalhos na Holanda. Dessa vez quem exaltou o holandês foi o compatriota Dirk Kuyt, ídolo do clube de Anfield e que, definitivamente, tem lugar de fala.

Kuyt escreveu uma carta ao periódico inglês The Athletic para falar de suas experiências com Slot e o que acha do futuro técnico do Liverpool. O ex-jogador da Seleção Holandesa, agora apostando na carreira de treinador (atualmente está no Beerschot), detalhou o quão receptivo foi Slot quando o visitou no Feyenoord.

– O Feyenoord é o meu time na Holanda. Meu filho joga na base lá, então por vezes eu e Arne temos algum contato. No ano passado, ele me deu a oportunidade de passar uma semana com ele, para que eu pudesse observar como ele realiza seu trabalho. Foi uma experiência fascinante. Ele é um treinador que gosta de ajudar treinadores mais jovens como eu e o fato de estar disposto a compartilhar seus pensamentos e visão tão abertamente diz muito sobre o tipo de pessoa que ele é. […] Assistir aos seus treinos foi muito interessante em termos dos treinos e da forma como ele prepara sua equipe – contou Kuyt.

Para Dirk, o estilo de jogo de Arne é “exatamente o que os torcedores do Liverpool adoram ver em Anfield” e ele detalhou como vê a forma do compatriota armar as equipes.

Mas, afinal, como joga Arne Slot, segundo Kuyt?

No texto ao The Athletic, Kuyt afastou qualquer comparação do estilo do técnico do Feyenoord com qualquer outro colega de profissão, inclusive Klopp e até Pep Guardiola. Slot é um apaixonado pelo esporte, respirando-o todo o tempo e buscando alternativas para suas equipes.

– Arne adora o jogo e pensa em futebol 24 horas por dia, 7 dias por semana. Essa paixão transparece quando ele fala. Ele está sempre estudando outras equipes e pensando em como sua equipe pode melhorar e evoluir. Taticamente, ele é muito forte. O que as pessoas mais gostam na Holanda, onde a sua reputação é tão elevada, é que ele tem a sua própria visão, o seu estilo de jogo. Hoje em dia os gestores são sempre comparados. É o estilo Jürgen Klopp? É o estilo de José Mourinho? É o estilo Pep Guardiola? A resposta é que Slot tem seu próprio estilo. Ele não copia ninguém. Ele sabe exatamente o que quer e acredita nisso.

O Feyenoord é um exemplo claro das ideias e do estilo de Arne: um time intenso, sempre atrás do gol e com uma linha de defesa sempre alta para favorecer a pressão no campo do adversário. Por isso, nas últimas três edições do Campeonato Inglês que Slot comandou o clube de Roterdã, eles estiverem sempre entre os times com mais gols marcados e posse de bola, além de uma defesa sempre sólida.

Kuyt contou isso, também comparando a agressividade no meio-campo ao que fez Klopp nos últimos oito anos no Liverpool.

– É um futebol atraente e de ataque. Gosta de fazer uma defesa agressiva, de alta intensidade, com o jogo disputado no meio-campo adversário, mas é o seu jeito. É diferente do Klopp, mas muitos dos princípios são os mesmos.

Mas o que importa ter tantas ideias no futebol se não sabe como transmiti-las ao elenco? É sempre um desafio do técnico saber mobilizar seus jogadores, e Arne Slot parece saber exatamente como fazer isso.

– O que me impressionou em Arne foi sua capacidade de fazer os jogadores acreditarem naquilo em que ele acredita. Conversei com alguns deles quando estive lá e todos falaram muito bem dele. Eles adoram como ele organiza as sessões de treinamento e como transmite suas ideias. Ele é um excelente comunicador e gestor de pessoas. Observando o Feyenoord nos últimos anos, você pode ver sua assinatura no time na forma como ele deseja que o futebol seja jogado. Todos acreditaram em sua visão. Ele tira o melhor das pessoas. – completou Kuyt.

Se dará certo, é impossível prever, mas a gestão do Liverpool apostou em um dos mais promissores técnicos da nova geração.

Até Slot assumir, ao término da temporada, Klopp comanda os Reds nos quatro jogos finais da Premier League. A equipe até tinha chances de título, mas perdeu o gás e ficou para trás da dupla Arsenal e Manchester City. De toda forma, o Liverpool joga neste sábado (27), contra o West Ham.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo