Inglaterra

Perto do fim de contrato com o City, Guardiola recebe oferta de trabalho curiosa

Nas arquibancadas do Grand Slam de Wimbledon, técnico do Manchester City é paparicado pelo tenista Alexander Zverev

De férias da temporada europeia, o técnico Pep Guardiola tem aproveitado muito bem seu tempo de descanso para assistir outros esportes.

No último mês, o catalão foi flagrado na arena TD Garden para assistir o Boston Celtics, do amigo Joe Mazzulla, nas finais da NBA contra o Dallas Mavericks.

Inclusive, ele conversou com o colega de profissão após a partida e até ganhou “méritos” pelo título da equipe verde.

Já neste sábado (6), o comandante do Manchester City esteve com a família em Wimbledon para assistir ao Grand Slam de tênis e viu a vitória de 3 a 0 do alemão Alexander Zverev, que fez um convite inusitado para Pep.

‘Bayern precisa de um técnico': Zverev pede retorno de Guardiola no clube alemão

Pep Guardiola com a filha Maria e a esposa Cristina nas arquibancadas de Wimbledon
Pep Guardiola com a filha Maria e a esposa Cristina nas arquibancadas de Wimbledon (Foto: Icon Sport)

Após superar Cameron Norrie com parciais de 6/4, 6/4 e 7/6, o tenista alemão não escondeu em seu discurso sua admiração ao histórico treinador.

– É uma honra incrível jogar nesta linda quadra central [de Wimbledon] e em frente ao camarote real. Tivemos tantos convidados excelentes. Para mim, uma lenda do futebol, Pep Guardiola. Quando vi Pep, fiquei tão nervoso por alguns jogos. Muito obrigado por terem vindo, é um grande privilégio, uma grande honra. – iniciou Zverev.

Enquanto Pep Guardiola agradecia com beijos, acenos e aplausos, o alemão surpreendeu com um pedido: o Bayern está precisando de um técnico.

Na sequência, ele ainda disse que, caso o treinador desista do futebol, pode treiná-lo no tênis.

– A propósito, a última coisa é que o Bayern de Munique precisa de um treinador, cara. E se você estiver cansado de futebol, você pode me treinar na quadra de tênis a qualquer hora. – finalizou o tenista, com Guardiola rindo e fazendo um sinal de joia.

Apesar da fala de Zverev, o clube alemão já tem um comandante novo. Desde o fim de maio, o belga Vincent Kompany, pupilo de Guardiola, substituiu Thomas Tuchel no Bayern.

O tenista deve sentir falta de Pep à beira do campo na equipe do coração.

O catalão passou pelos Bávaros entre 2014 e 2016 e conquistou três títulos consecutivos da Bundesliga, além de duas Copas da Alemanha e um Mundial de Clubes.

Guardiola está em fim de contrato no Manchester City e não confirma permanência

Sob comando dos Citizens, Pep Guardiola já levou tudo que poderia: a Premier League, as copas nacionais, a Champions League e o Mundial.

Ainda atingiu um feito inédito em mais de 100 anos do futebol inglês: tornou o Manchester City o primeiro tetracampeão consecutivo do Campeonato Inglês, entre 2021 e 2024.

O contrato do revolucionário com o clube inglês vai apenas até o meio de 2025 e ele ainda não sabe se renovará.

Em entrevista à Sky Sports após o último título inglês, detalhou que está mais próximo de sair do que ficar.

— A verdade é que estou mais perto de sair do que de ficar. Já são oito anos, vão ser nove. No momento, meu sentimento é de quero ficar para a próxima temporada. Conversei com o clube e teremos mais tempo para falar na próxima temporada. Temos que conversar com os atletas também — revelou o espanhol.

Ou seja, a temporada europeia que se inicia em agosto pode ser a última de Guardiola como técnico do City, que voltará a disputar Champions, Premier e as copas inglesas.

Só resta acompanhar e seguir admirando uma das melhores equipes da história sob comando daquele que é considerado um dos maiores, se não o maior, de todos os tempos.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius AmorimRedator

Nascido e criado em São Paulo, é jornalista pela Universidade Paulista (UNIP). Já passou por Yahoo!, Premier League Brasil e The Clutch, além de assessorias de imprensa. Escreve sobre futebol nacional e internacional na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo