Premier League

Guardiola não garante permanência no Manchester City após fim de contrato

Em entrevistas após tetracampeonato da Premier League, espanhol falou sobre motivação para seguir no cargo

O Manchester City alcançou um feito inédito neste domingo (19), ao se tornar o primeiro time inglês a conquistar um tetracampeonato nacional. O clima de festa no Etihad Stadium só foi interrompido pela repercussão de uma entrevista dada por Pep Guardiola. Embora o técnico tenha basicamente garantido que fica no clube para a próxima temporada, ele admitiu que o fim de sua passagem por Manchester está próximo.

— A verdade é que estou mais perto de sair do que de ficar. Já são oito anos, vão ser nove. No momento, meu sentimento é de quero ficar para a próxima temporada. Conversei com o clube e teremos mais tempo para falar na próxima temporada. Temos que conversar com os atletas também — afirmou o espanhol em entrevista à Sky Sports ainda no campo do Etihad Stadium.

No Manchester City desde 2016, Guardiola renovou seu contrato em três oportunidades. A última extensão de vínculo aconteceu em 2022, quando as partes fecharam um acordo que vale até o fim da temporada 2024/25.

Acabou?

Na coletiva de imprensa após a vitória por 3 a 1 sobre o West Ham, que garantiu o quarto título seguido da Premier League, o técnico disse que já se questionava sobre a permanência no fim da última temporada, quando o City alcançou a Tríplice Coroa — Premier League, Champions League e FA Cup (Copa da Inglaterra).

— Tive esse sentimento na última temporada. Quando estávamos em Istambul [local da final da Champions League], eu disse “Acabou. O que eu estou fazendo aqui? Não tem mais nada para conquistar”. Mas eu tenho um contrato. Estou aqui e continuo apreciando alguns momentos.

— Nessa temporada, começamos a jogar bem, ganhar jogos com atletas diferentes e começamos a pensar que ninguém tinha conquistado a liga quatro vezes seguidas. Por que não tentar? Mas no momento, eu não consigo pensar no que seria a nossa motivação. De vez em quando é difícil encontrar algo quando já se fez tudo.

Mais um título em vista

Se Pep ainda não conseguiu encontrar motivação para a próxima temporada, ele ainda tem um objetivo para o período atual: levantar novamente a taça da Copa da Inglaterra. No próximo sábado (25), o City enfrenta o Manchester United pelo troféu mais tradicional do país.

— Nossa motivação no momento é a Copa da Inglaterra. Eu não sabia, mas Gary Lineker me disse que nenhum time conquistou a Premier League e a Copa da Inglaterra em duas temporadas seguidas. E vamos enfrentar nossos rivais. Quero que meus jogadores aproveitem por dois ou três dias, e aí teremos dois ou três dias para fazer a nossa preparação.

A despedida de Klopp

Ainda durante a coletiva de imprensa, Guardiola respondeu uma pergunta sobre Jürgen Klopp. O alemão, que comandou seu último jogo pelo Liverpool neste domingo, foi o principal rival do espanhol no período em que os dois conviveram na Premier League.

— Jürgen é uma pessoa muito importante na minha carreira. Ele me ajudou a encontrar um novo nível como técnico. Acho que nos respeitamos muito. Diferentemente de outros times, sempre foi difícil encontrar a melhor forma de puni-los — disse um emocionado Guardiola.

Os títulos de Guardiola no comando do Manchester City

  • Premier League: 2017/18, 2018/19, 2020/21, 2021/22, 2022/23, 2023/24
  • Copa da Inglaterra (FA Cup): 2018/19, 2022/23
  • Copa da Liga Inglesa: 2017/18, 2018/19, 2019/20, 2020/21
  • Supercopa da Inglaterra (Community Shield): 2018, 2019
  • Champions League: 2022/23
  • Supercopa da Uefa: 2023
  • Mundial de Clubes: 2023
Foto de Matheus Rocha

Matheus Rocha

Matheus Rocha é natural de Uberlândia (MG), onde se formou em Jornalismo no Centro Universitário do Triângulo (Unitri) em 2014. Começou a carreira no jornalismo escrevendo colunas na Trivela antes de passar por ExtraTime e Yahoo, participando da cobertura de três Copas do Mundo e cinco Olimpíadas.
Botão Voltar ao topo