Copa da Liga Inglesa

Liverpool terá duas ausências na final da Copa da Liga Inglesa contra o Chelsea

Lesões de peças importantes no confronto diante do Brentford agravam ainda mais a situação do elenco dos Reds para domingo

Jürgen Klopp terá mais duas dores de cabeça confirmadas para o confronto diante do Chelsea pela final da Copa da Liga Inglesa. Curtis Jones e Diogo Jota se lesionaram no confronto dos Reds frente o Brentford na última rodada da Premier League e são desfalques confirmados na grande decisão que acontece domingo (25), às 12h (horário de Brasília). O meia inglês e o atacante português saíram ainda no primeiro tempo do jogo disputado no último sábado no Brentford Community Stadium.

Os jogadores se juntam à Trent-Alexander Arnold e podem ganhar a companhia de Alisson e Szoboslai, dúvidas para o jogo decisivo frente aos Blues por conta de problemas no tendão da coxa em ambos. O departamento médico do Liverpool aguarda o resultado dos exames feitos por Jones e Diogo Jota para definir o prazo de recuperação dos jogadores. Entretanto, um relatório feito em Portugal afirmou que o ótimo atacante pode ficar afastado por até dois meses por conta da lesão em seu joelho, mas deve retornar antes do final da temporada.

Vale lembrar que no mês de junho será disputada a Eurocopa na Alemanha. Os meses que antecedem a competição trazem imensa preocupação para as comissões técnicas das seleções, justamente por conta do alto risco de lesões em meio à intensidade dos jogos nas ligas nacionais e competições internacionais como a Liga Europa e a Champions League. No caso de Diogo Jota, por exemplo, caso o prognóstico de recuperação de Portugal seja confirmado, o jogador ainda terá tempo de voltar para a disputa da Euro.

Crise de lesões podem afetar o rendimento do Liverpool ao final da temporada

A situação no departamento médico do Liverpool preocupa o torcedor. Com a confirmação das lesões de Jones e Diogo Jota, ao menos sete jogadores estão fora de combate com problemas físicos. Além dos já citados, Arnold, Bajetic, Matip, Doak e Thiago Alcântara são desfalques certos nos próximos jogos. Alisson e Szoboslai poderão aumentar ainda mais a lista já que sentiram problemas nos últimos dias.

O número de lesionados no Liverpool pode chegar a dez, isso mesmo, quase um time inteiro de jogadores machucados com Darwin Núñez, substituído no intervalo diante do Brentford. Em meio a tantos jogos decisivos que o time terá de fazer pela frente, cabe a Klopp ter calma, muita cautela para manter os titulares que sobraram em condições de jogo e torcer para que nenhum outro jogador importante saia do time para evitar problemas ainda maiores.

Líder da Premier League com 57 pontos, o Liverpool tem dois pontos à frente do Arsenal e está a quatro de distância para o Manchester City. Vale lembrar que os Citizens tem um jogo a menos e podem encostar nos Reds, alcançando a marca de 56 pontos caso triunfem em seu jogo atrasado frente ao próprio Brentford nesta terça-feira (20). Paralelamente, os comandados de Klopp disputam a Liga Europa e aguardam pelo resultado dos play-offs para conhecer o seu adversário nas oitavas de final.

Sem contar que logo após o encontro diante do Chelsea, o Liverpool encara o Southampton pela quinta fase da Copa da Inglaterra. Calendário cheio e apertado para um time que perderá seu treinador ao final da temporada, mas que fará de tudo para vencer todos os títulos que tem a disputar, encerrando um ciclo histórico tanto para Klopp, como para o próprio clube.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo