Copa da Inglaterra

Manchester City elimina Tottenham na Copa da Inglaterra com gol para lá de polêmico

O Manchester City fez mais do que o Tottenham para se classificar na Copa da Inglaterra, mas um lance polêmico dividiu opiniões

Nesta sexta-feira (26), o Manchester City venceu o Tottenham por 1 x 0, no Tottenham Hotspur Stadium, pela quarta rodada da Copa da Inglaterra. Com o resultado, a equipe de Pep Guardiola se classifica às oitavas de final, enquanto o time de Ange Postecoglou se despede da competição. Entretanto, o gol da vitória dos Citizens foi motivo de muita reclamação por parte dos Spurs.

Como foi Tottenham x Manchester City pela Copa da Inglaterra

Como esperado, o Manchester City partiu para cima do Tottenham mesmo jogando fora de casa. A equipe de Pep Guardiola partiu para cima, pressionando a saída do time de Ange Postecoglou. Tanto que, logo aos quatro minutos do 1º tempo, os Citizens marcaram um gol contra os Spurs. Entretanto, a jogada foi anulada pela arbitragem.

Um lançamento da defesa encontrou Walker livre na direita. Ele então cruzou rasteiro para Foden, no meio da área, que chegou batendo forte. Vicario fez a defesa, mas Bobb aproveitou o rebote e balançou as redes para o Manchester City. Entretanto, o lance foi invalidado por impedimento na hora da primeira finalização, o que salvou a pele do Tottenham.

Dali para frente, os Citizens continuaram controlando as ações de jogo, prejudicando a construção das jogadas dos Spurs desde a defesa. Só que o time de Guardiola não conseguiu novas finalizações com perigo. Tanto que, mais para o final da etapa inicial, a equipe de Ange começou a gostar mais da partida e ficou com mais posse de bola enquanto tentava chegar ao campo de ataque. Apesar disso, isso foi tudo de relevante até o intervalo.

Gol polêmica sela a classificação

Aos 2 minutos do 2º tempo, o Manchester City conseguiu um lindo cruzamento da direita com Bobby, que mandou uma bola para a grande área. Ela quicou antes de chegar em Julian Alvarez que, mesmo sozinho, conseguiu perder um gol inacreditável. O Tottenham até conseguiu deixar a quarta fase da Copa da Inglaterra mais aberta nos minutos seguintes, mas sem criar chances claras no ataque.

Quem foi melhor no quesito foram os Citizens. Já aos 35 minutos da etapa final, Doku cruzou da direita para a área. Hojbjerg furou ao tentar cortar e a bola ficou com Bernardo Silva, que chutou, mas nas mãos do goleiro dos Spurs. No lance seguinte, a equipe de Ange Postecoglou errou na saída de bola e quase entregou um gol de bandeja para o time de Pep Guardiola.

Hojbjerg foi apertado pela marcação e deu a bola nos pés de Foden, que passou para De Bruyne livre dentro da grande área. Mesmo assim, ele finalizou para fora, tirando tinta da trave. Aos 40 minutos, Doku recebeu grande enfiada de bola pelo meio e saiu em disparada. Já na área, ele chutou rasteiro, mas foi parado por Vicario No escanteio que foi gerado, saiu o lance do gol do Manchester City que indignou o Tottenham.

Em batida de escanteio fechada, Ruben Dias ficou em cima do goleiro dos Spurs, que tentou socar a bola apesar da marcação. Só que ela rebateu e sobrou para Ake, que não teve trabalho para balançar as redes para os Citizens. O Tottenham protestou contra a arbitragem exigindo a marcação da falta sobre Vicario. Entretanto, o lance foi considerado legal, o que selou a classificação do Manchester City às oitavas de final do torneio.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus CristianiniRedator

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo