Holanda

O retorno do filho pródigo: Ronald Koeman acerta volta à seleção da Holanda após Copa do Mundo

Após deixar a seleção para assumir o Barcelona, Ronald Koeman é recontratado e passará a dirigir a seleção holandesa depois da Copa do Mundo

Ronaldo Koeman assinou contrato para voltar a dirigir a seleção da Holanda após a Copa do Mundo do Catar, no fim deste ano. Ele assume a Oranje em janeiro de 2023, depois da participação no torneio, o que significa um retorno ao cargo que ocupava até 2020, quando saiu para assumir o Barcelona. Aos 59 anos, o treinador assinou por quatro anos com a seleção do seu país, até a Copa 2026.

O treinador estava sem trabalhar desde que foi demitido pelo Barcelona, em outubro de 2021. O seu trabalho no clube catalão foi motivo de fortes críticas, muitas delas justas. Na seleção holandesa, porém, Koeman foi muito bem, levando o time ao vice-campeonato da Liga das Nações, perdendo a final para Portugal. Mesmo assim, havia bastante expectativa em relação ao que o time poderia fazer na Eurocopa e também nas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

O que aconteceu foi que a saída de Koeman levou Frank De Boer à seleção e, assim como os trabalhos anteriores do treinador, exceto pelo Ajax, foi um fracasso. Na Euro, foi eliminada pela Tchéquia e De Boer perdeu o emprego. Quem entrou no seu lugar foi Louis Van Gaal, que recolocou os holandeses no caminho e classificou o time à Copa 2022.

“Estou ansioso para essa nova colaboração. Um pouco mais de um ano e meio atrás, eu certamente não deixei a seleção holandesa por insatisfação”, afirmou Koeman sobre a sua volta. “Minha passagem pareceu boa, os resultados eram bons e a conexão com os jogadores era boa. Nós iremos em breve continuar por esse caminho. Isso é certo para mim”.

“Estou orgulhoso por compartilhar que serei o técnico da seleção holandesa novamente depois da Copa do Mundo. Estou muito ansioso, vamos alcançar novos sucessos juntos”, escreveu o treinador no seu Twitter.

“Depois da Copa do Mundo quem vem pela frente, Ronald Koeman assumirá o lugar de Louis Van Gaal como técnico da seleção. Seu contrato com a KNVB será até a Copa do Mundo de 2026 e já foi assinado pelas duas partes”, afirma uma nota da Federação Holandesa de Futebol (KNVB).

Van Gaal revelou recentemente que trata um câncer na próstata desde 2020. Aos 70 anos, o veterano deixará o comando da Oranje assim que a participação dos holandeses na Copa do Mundo terminar. Ele foi o técnico da Holanda na Copa 2014, quando levou a equipe ao terceiro lugar – batendo inclusive o anfitrião Brasil na disputa pelo terceiro lugar.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo