Games

SEMANA ULTIMATE: Luis Suárez recebe carta 90 e torna-se o melhor Rulebreaker do FIFA 22

Uruguaio tem o maior overall do evento e custa mais de 1 milhão de coins em sua versão especial do evento

A última semana da Temporada 1 do FUT começou com o lançamento do segundo time do Rulebreakers. Com a proposta de alterar o perfil dos jogadores – aumentando muito uma habilidade e piorando outra – o evento cartas insanas e injetou novos metas no jogo. Puxando a fila desta semana, Luis Suárez, do Atlético de Madrid, chegou em versão especial com 90 de overall e torna-se a carta com maior classificação do evento. Fechando o pódio do time 2 estão Phil Foden, do Manchester City, com 88, e Franck Kessie, do Milan, totalizando 87.

Time 2 dos Rulebreakers

Luis Suárez é uma senhora carta! As suas versões ouro e in form disponíveis no jogo já davam um bom caldo, mas sofriam com o ritmo relativamente baixo para atacantes. Foi exatamente essa característica a maximizada no evento, enquanto a finalização foi reduzida. Correndo 90, o uruguaio torna-se o centroavante mais perigoso da La Liga e um dos melhores lançados até agora.

Cartas que já são utilizáveis, Phil Foden e Alphonso Davies são as duas cartas mais valorizadas logo atrás de Suárez. O meia do Manchester City perdeu status de drible, mas recebeu uma injeção na finalização e rende muito na armação. No momento, o inglês custa 600 mil coins. Já o lateral do Bayern é um dos laterais esquerdos mais meta do jogo na sua versão ouro. Na versão Rulebreaker, ele perde números importantes de defesa e recebe finalização. Pensando o momento defensivo, não é muita vantagem, mas pode ser útil em times que jogam com linha de 5 atrás, como meia esquerda ou ponta.

Cartas que tiveram seus momentos de sucesso no FIFA 21, Jonathan Bamba, do Lille, e Franck Kessie, do Milan, receberam suas primeiras versões especiais na atual temporada. O ponta francês perdeu físico, mas recebeu uma boa melhoria no passe. Nesta versão, ele joga em todas as posições do ataque e até no meia armador. O volante rossoneri a alteração idêntica e rende absurdo de primeiro volante. Em times mais contidos, também faz o segundo homem de meio-campo – mas não tem finalização o bastante para bater de fora ou pisar na área.

Jogador por DME

Seguindo a lógica do lançamento do time 1, Robins Gosens chegou por Desafio de Montagem de Elenco em duas versões. A primeira delas piora a finalização e aumenta absurdamente a defesa. A outra opção é uma carta com nerf na defesa e finalização muito melhorada. Custando dois elencos – que giram em torno de 40 mil moedas – é uma carta que vale a pena fazer! A carta que mais agrada é a defensiva, que pode ser um senhor lateral, ala ou até volante. Caso faça, o melhor entrosamento para ele é “Sombra”.

Jogador de Liga por Objetivo

O jogador gratuito veio diferente nesta semana. Ao invés de estar posicionado em objetivos, ele está na aba “Marcos”. Isso porque é o primeiro jogador de Liga desta temporada. Este tipo de carta fica disponível por 60 dias e é desbloqueado com objetivos relacionados a liga em que ele atua.

O jogador disponibilizado nesta semana foi Reece Oxford, do Augsburg. O zagueiro tem números absurdos para defensor e só peca na defesa. Mesmo sem custos, ele se torna um jogador meta para times da Bundesliga. Como tem nacionalidade inglesa, pode ser útil para times híbridos de campeonato alemão e inglês. Caso faça o jogador, o melhor entrosamento é o “Sombra”.

Mostrar mais

João Belline

Jornalista de formação, louco dos esportes por opção. Depois de muito escalar Cartola, jogar Winning Eleven, escrever escalação dos sonhos no caderno e topar o dedão na rua, falar sobre futebol virou uma necessidade. É mais um leitor que buscou espaço no time da Trivela e entende que futebol está acima do clube.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo