Futebol feminino

Corinthians vende zagueira na maior transferência do futebol feminino no Brasil

Valores giram em torno de R$ 2,59 milhões de reais, sendo também a terceira maior negociação da história da modalidade no mundo

A zagueira Tarciane não é mais atleta do Corinthians. Segundo publicação feita no site oficial do clube, a defensora foi contratada pelo futebol do exterior, e vai defender o Houston Dash dos Estados Unidos. Segundo a nota, a multa rescisória da atleta foi paga em sua totalidade, fazendo o valor da transferência ser a maior na história do futebol feminino no Brasil, e uma das maiores do cenário internacional.

Tarciane defendeu o Corinthians em 76 jogos, desde 2021, e venceu dez títulos. Suas exibições em campo a fizeram ser convocada para a Seleção Brasileira Feminina, se consolidando como uma das mais promissoras defensoras do futebol mundial.

Confira a nota publicada pelo Corinthians na íntegra.

O Sport Club Corinthians Paulista informa que a zagueira Tarciane foi negociada com uma equipe do exterior após ter a cláusula rescisória de seu contrato ativada na totalidade. O valor da transferência gira em torno de 2.59 milhões de reais, tornando-se assim uma das maiores do futebol feminino mundial.

No Corinthians desde 2021, Tarciane disputou 76 jogos, venceu 10 títulos, passou a ser convocada para a Seleção Brasileira e consolidou-se como uma das mais promissoras defensoras da modalidade no mundo.

O Corinthians agradece a Tarciane por todo o tempo em que esteve conosco e deseja sorte na sequência de sua carreira.

Tarciane agradece pela oportunidade de jogar no Corinthians

Em sua página pessoal no X, Tarciane agradeceu pela oportunidade de defender o Corinthians nas últimas três temporadas, afirmando que ser atleta do clube foi uma de suas melhores experiências em sua vida. Durante sua passagem pelo time alvinegro, a defensora obteve um ótimo aproveitamento de quase 84%, com 61 vitórias, oito empates e sete derrotas.

Pelo time paulista, a zagueira foi tricampeã da Supercopa Feminina em 2022, 2023 e 2024, foi tricampeã do Brasileirão Feminino em 2021, 2022 e 2023, e faturou o Paulistão Feminino em duas oportunidades, uma em 2021, e outra em 2023.

Valor pago por Tarciane é o maior em uma transferência do futebol feminino no Brasil

Os R$ 2,59 milhões de reais pagos pelo Hoston Dash por Tarciane, faz da zagueira a contratação mais cara do futebol feminino na história do cenário brasileiro, e a terceira maior na história da modalidade. O valor pago pelo time norte-americano superou os 300 mil euros investidos pelo Chelsea em 2019 na contratação da australiana Samantha Kerr e também os 350 mil euros empregados pelo clube londrino na contratação da dinamarquesa Pernille Harder em 2020.

Convertendo o valor pagos pelo Houston Dash em euros, o time norte-americano pagou cerca de 470 mil por Tarciane, valor que supera o investimento feito pelo Barcelona na contratação da inglesa Keira Walsh.

As contratações mais caras da história do futebol feminino

  • 2024 – Racheal Kundananji (805 mil euros) do Madrid CFF para o Bay FC;
  • 2024 – Mayra Ramírez (500 mil euros), do Levante para o Chelsea;
  • 2024 – Tarciane (470 mil euros), do Corinthians para o Houston Dash;
  • 2022 – Keira Walsh (460 mil euros), do Manchester City para o Barcelona;
  • 2020 – Pernille Harder (350 mil euros), do Wolfsburg para o Chelsea;
  • 2019 – Samantha Kerr (300 mil euros), do Chicago Red Stars para o Chelsea.
Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo