Futebol feminino

Insatisfeita no Corinthians, atacante solicita transferência e é liberada pelo clube

Miriã, que fez parte do elenco das Brabas do Timão por três temporadas, ainda não havia entrado em campo em 2024

A atacante Miriã não é mais jogadora do Corinthians. Após três temporadas vestindo a camisa das Brabas, a atacante de 25 anos recebeu o aval da diretoria alvinegra para ser negociada. Nesta segunda-feira (15), ela anunciou sua saída por meio das redes sociais, e o Timão confirmou por meio de nota.

— O departamento de futebol feminino do Sport Club Corinthians Paulista informa que, atendendo um pedido da atleta e seu staff, concluiu o processo de transferência da atacante Miriã. Na negociação, o Timão ficará com um percentual em uma futura venda da jogadora — comunicou o Corinthians.

O destino da atleta ainda não foi selado, mas ela tem negociações avançadas com uma equipe da Série A do Brasileiro Feminino.

Miriã estava infeliz no Corinthians

Em setembro de 2022, Miriã sofreu uma séria lesão no tornozelo e ficou afastada dos gramados por sete meses. Após o tratamento, ela perdeu espaço no elenco, ainda sob o comando do técnico Arthur Elias. A insatisfação da atacante surgiu pelos poucos minutos somados depois da recuperação. No ano passado, ela disputou apenas 12 partidas, marcou quatro gols e teve menos de 400 minutos em campo.

Com a mudança na comissão técnica, Miriã continuou sendo uma das últimas opções de Lucas Piccinato no ataque. Ela só foi relacionada em duas partidas da Supercopa Feminina, contra Ferroviária (semifinal) e Cruzeiro (final), e não saiu do banco de reservas.

Segundo apurou a Trivela, Miriã já havia pedido à diretoria para ser negociada na temporada passada, mas questões burocráticas impediram a negociação. Ela voltou a solicitar a transferência recentemente e insistiu pela liberação.

Na última sexta-feira (12), após o Corinthians vencer o Santos por 3 a 1, na Vila Belmiro, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, Piccinato comentou a saída da atleta.

— Ela não tem mais intenção de ficar no Corinthians. Uma conversa entre diretoria, estafe, comissão e atleta, a gente não quer em nenhum momento prejudicar a atleta e deixar ela em uma situação que não se sente feliz. A Miriã está prestes a sair da equipe — disse o treinador na semana passada.

Em três temporadas no time do Parque São Jorge, Miriã disputou 57 jogos e balançou as redes 15 vezes. Ao todo, a atacante viu as Brabas levantarem onze taças, sendo que ela esteve em campo em seis delas. Ela foi tricampeã do Campeonato Brasileiro Feminino (2021, 2022 e 2023), bicampeã paulista (2021 e 2023) e campeã da Supercopa Feminina (2022).

Corinthians é o único time 100% no Brasileirão

Em cinco rodadas, o Corinthians é a única equipe com 100% de aproveitamento no Brasileiro Feminino, e ainda não sabe o que é perder na temporada. As Brabas venceram todas as oito partidas que disputaram até o momento, contando com a disputa da Supercopa Feminina, torneio que conquistaram de forma invicta em fevereiro.

No momento, o Timão soma 15 pontos, na liderança isolada do campeonato nacional, quatro pontos à frente do vice-líder São Paulo, que tem 11.

  • Santos 1 × 3 Corinthians — Brasileiro Feminino
  • Corinthians 3 × 0 Internacional — Brasileiro Feminino
  • Flamengo 2 × 3 Corinthians — Brasileiro Feminino
  • Corinthians 4 × 1 América Mineiro — Brasileiro Feminino
  • Grêmio 0 × 3 Corinthians — Brasileiro Feminino
  • Corinthians 1 × 0 Cruzeiro — Final da Supercopa Feminina
  • Corinthians 2 × 0 Ferroviária — Supercopa Feminina (semifinal)
  • Internacional 2 × 4 Corinthians — Supercopa Feminina (quartas de final)
Foto de Livia Camillo

Livia Camillo

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário FIAM-FAAM, escreve sobre futebol há cinco anos e também fala sobre games e cultura pop por aí. Antes, passou por Terra, UOL, Riot Games Brasil e por agências de assessoria de imprensa e criação de conteúdo online.
Botão Voltar ao topo