Copa do Mundo Feminina

Fifa anuncia calendário da Copa 2023 na Austrália e Nova Zelândia

Copa do Mundo Feminina será realizada de 20 de julho a 20 de agosto de 2023 dividida entre Austrália e Nova Zelândia

A primeira Copa do Mundo feminina na Oceania já tem suas datas. A Fifa confirmou nesta quarta-feira que o Mundial ocorrerá de 20 de julho a 20 de agosto de 2023, com abertura em Auckland, na Nova Zelândia, e final em Sydney, na Austrália. Os dois países dividem a sede do torneio e terão o mesmo número de partidas na fase de grupos. Em abril, a Fifa já tinha confirmado as cidades da abertura e da final.

VEJA MAIS: Apoio da Uefa não basta para Colômbia e Austrália/Nova Zelândia vence disputa para sediar Copa do Mundo 2023

Serão nove cidades-sede, com 10 estádios para o torneio. Serão cinco cidades australianas no evento: Sydney, Perth, Melbourne, Brisbane e Adelaide. As outras quatro cidades ficam na Nova Zelândia: Auckland, Wellington, Dunedin e Hamilton. A Austrália sediará 35 jogos e a Nova Zelândia 29. Os dois países sediarão o mesmo número de jogos na fase de grupos, 24.

“A nona edição da Copa do Mundo Feminina, com 32 times competindo em 64 partidas sediadas pela Austrália e Nova Zelândia será extremamente especial. O anúncio do esperado calendário hoje aumenta a empolgação ao redor do torneio e estamos ansiosos para ver as nove cidades e 10 estádios que irão preparar o cenário para o futebol feminino ir além da grandeza”, disse a Secretária-Geral da Fifa, Fatma Samoura, de forma protocolar.

“O torneio irá incorporar a paixão do país pelo futebol feminino e oferecer aos australianos a oportunidade de assistir, e serem inspirados, pelas melhores jogadoras do mundo”, afirmou Richard Colbeck, Ministro dos Esportes da Austrália. “É um grande privilégio para a Austrália sediar 35 partidas, incluindo a final. Uma vitrine esportiva que irá reforçar nossa reputação crescente como sede de grandes eventos”.

“Ter um mesmo número de jogos na fase de grupos que a Austrália é realmente empolgante para Aotearoa [nota do editor: nome maori da Nova Zelândia] e irá garantir que nosso país de loucos por esporte possa aproveitar essa oportunidade de uma vida no nosso quintal. Os torcedores Kiwi pelo país terão a oportunidade de assistir as nossas jogadoras em um palco mundial”, afirmou Grant Robertson, Ministro de Esporte e Recreação da Nova Zelândia.

O estádio Eden Park, em Auckland, receberá a abertura do torneio, que terá a Nova Zelândia. Serão nove jogos no total em Auckland, com seis na fase de grupos, um nas oitavas de final, um nas quartas de final e um na semifinal. O Sydney Football Stadium receberá sete jogos, incluindo o primeiro jogo da Austrália, no dia da abertura, e outros cinco jogos da fase de grupos, além de um jogo de oitavas de final.

O estádio em Dunedin, na Nova Zelândia, receberá seis jogos, todos na fase de grupos. O Melbourne Rectangular Stadium receberá seis jogos, sendo quatro da fase de grupos e outras duas oitavas de final. Wellington receberá nove jogos, com sete na fase de grupos, um nas oitavas de final e outro de quartas de final. Hamilton receberá cinco jogos, todos da fase de grupos.

Brisbane receberá oito jogos, incluindo cinco da fase de grupos, um de oitavas de final, um de quartas de final e a disputa pelo terceiro lugar. Perth receberá cinco jogos, todos da fase de grupos. Adelaide receberá cinco jogos, quarto da fase de grupos e um de oitavas de final. Por fim, o Stadium Australia, em Sydney, receberá quatro jogos: um de oitavas de final, um de quartas de final, uma semifinal e a final.

O sorteio dos grupos ainda não tem data para acontecer, mas deve ser realizado no final de 2022. Veja abaixo o calendário completo de jogos, com detalhamento por grupo:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo