Futebol feminino

Atacante do Chelsea é vítima de insultos racistas nas redes sociais após clássico contra o Arsenal

Em nota, Chelsea repudia ataques a Lauren James, presta apoio à jogadora e assegura que irá apurar o caso

No último domingo (10), o Arsenal goleou o Chelsea por 4 a 1, no Emirates Stadium, em jogo válido pela Superliga Feminina da Inglaterra. Apesar da excelente atuação das donas da casa, o clássico londrino acabou manchado por insultos racistas. Alvo de discriminação por parte de alguns ‘torcedores', Lauren James, atacante dos Blues, foi xingada nas redes sociais após a partida. Em nota, o Chelsea repudiou os ataques e disse estar do lado da jogadora.

“O Chelsea Football Club condena o abuso online dirigido a Lauren James após o jogo de domingo da Barclays Women's Super League contra o Arsenal. O clube se posiciona firmemente contra qualquer forma de abuso e comportamento discriminatório. A discriminação não tem lugar no Chelsea Football Club ou em qualquer uma das nossas comunidades. Tomaremos medidas contra qualquer indivíduo que possamos identificar. Estamos com você, Lauren”, afirmou o Chelsea.

Esta é a segunda vez que Lauren James é vítima de xingamentos racistas. Em 2021, quando ainda atuava pelo Manchester United, a atacante recebeu inúmeros comentários de cunho preconceituoso nas redes sociais. Destaque da Seleção Inglesa na Copa do Mundo de 2023, a jogadora de 22 anos também recebeu apoio da federação de futebol do país.

“Estamos ao seu lado, LJ. O abuso online e o comportamento discriminatório não têm lugar no futebol. Este comportamento abominável deve ter consequências”.

Lauren James é irmã de Reece James, lateral do Chelsea

Revelada pelo Arsenal, Lauren James passou pelo Manchester United antes de chegar ao Chelsea, em 2021. Neste ano, a atacante disputou sua primeira Copa do Mundo e foi peça essencial da campanha da Inglaterra, que alcançou a finalíssima do torneio e acabou derrotada pela Espanha na grande decisão. Irmã de Reece James, lateral-direito e xodó da torcida dos Blues, Lauren tem apenas 22 anos de idade, mas possui um currículo de títulos invejável para qualquer atleta profissional.

Em pouco tempo de Chelsea, Lauren já faturou o bicampeonato da FA Women's Super League e da Women's FA Cup, os principais torneios do futebol inglês, nas temporadas 2021/22 e 2022/23. Além dos troféus citados, conquistou também a FA Women's Championship, em 2018/19, pelo Manchester United, Finalíssima e Arnold Clark Cup, ambas pela Seleção Inglesa Feminina.

Com vários títulos na curta carreira, Lauren James já superou o irmão mais velho, Reece James, no quesito taças. O lateral-direito de 24 anos, que também defende o Chelsea e a Seleção Inglesa, tem dois troféus conquistados até então: a Champions League de 2020/21 e a Supercopa da UEFA de 2021, ambos pelos Blues.

Lauren James escapou de expulsão em clássico londrino

Como citado, o Chelsea sofreu derrota acachapante no clássico contra o Arsenal. Mais do que o revés em si, os Blues foram completamente dominados e, por muito pouco, não perderam Lauren James por expulsão. Aos 25 minutos do segundo tempo, quando os Gunners já venciam por 3 a 1 no Emirates, a atacante deu forte pisão em Lia Walti quando a jogada já havia sido paralisada no meio-campo.

A clara agressão de Lauren James no clássico londrino lembrou um incidente protagonizado pela própria atacante na Copa do Mundo deste ano. Na ocasião, a jogadora dos Blues foi expulsa por pisar nas costas de Michelle Alozie durante a partida entre Inglaterra x Nigéria, válida pelas oitavas de final. Dessa vez, no entanto, James recebeu apenas o cartão amarelo.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo