Premier League

Nova lesão de Reece James é má notícia para o Chelsea e também para a seleção inglesa

Reece James se machucou - de novo - e será desfalque no Chelsea, além de preocupar Gareth Southgate na seleção inglesa

O calvário de lesões do Chelsea parece não ter fim. Agora, foi a vez de Reece James se machucar, já que ele teve constatada uma lesão no tendão da coxa após a realização de exames. O capitão dos Blues se contundiu ainda no primeiro tempo da derrota para o Everton por 2 x 0, no último final de semana, fora de casa, pela 16ª rodada da Premier League, e precisou ser substituído aos 27 minutos.

Através de suas redes sociais, o Chelsea informou que o camisa 24 já começou o programa de recuperação, mas não deu prazo para seu retorno. Segundo o jornal britânico The Guardian, a tendência é que Reece James fique afastado dos gramados pelos próximos três meses. Vale ressaltar que essa é a sétima lesão muscular do lateral nos últimos três anos.

Por conta disso, o capitão dos Blues visitou um especialista para avaliar a seriedade do problema e deve tomar uma decisão em breve sobre passar por cirurgia ou não. Uma operação atrasaria a volta do lateral-direito, mas seria o ideal pensando a longo prazo, já que a frequência de lesões na coxa é preocupante. No início da temporada, James também machucou o tendão e ficou afastado por quase dois meses, perdendo nove jogos.

Reece James deve ficar de fora da Eurocopa de 2024

A nova lesão de Reece James deve minar suas chances de ser convocado para a Eurocopa de 2024. Gareth Southgate vai selecionar 23 jogadores para a seleção inglesa no próximo verão britânico e já deixou claro que a parte física será um fator determinante. O técnico deve ter dúvidas se pode confiar no lateral dos Blues, que perdeu a Copa do Mundo no Catar, em 2022, por conta de uma contusão no joelho.

O capitão do Chelsea ficou de fora da última convocação da Inglaterra após decidir ficar no clube para trabalhar em sua recuperação, mesmo com Southgate querendo selecioná-lo. À época, o treinador declarou que Reece estava “colocando sua vaga em risco” na seleção em não se colocar à disposição. Tanto que a concorrência na lateral direita é implacável, com Walker, Trippier e Alexander-Arnold chamados frequentemente.

Mauricio Pochettino tem motivos de sobra para se lamentar no Chelsea

Mauricio Pochettino tem motivos de sobra para se lamentar no Chelsea. Nesta temporada, o lateral-direito só entrou em campo seis vezes. Reece James foi escolhido como capitão dos Blues no início de 2023/24, mas devido a sua ausência, cedeu a braçadeira para Ben Chilwell, que também está afastado pelo departamento médico com uma lesão muscular. Conor Gallagher assumiu a função de liderança temporária.

Além de James, os Blues não podem contar com Roméo Lavia, Christopher Nkunku, Wesley Fofana, Ben Chilwell, Lesley Ugochukwu, Robert Sánchez, Noni Madueke, Carney Chukwuemeka e Trevoh Chalobah. Todos estão lesionados. A bruxa à solta ajuda a explicar a modesta 12ª colocação do Chelsea na Premier League com 19 pontos até aqui. Agora, resta saber se a solução é gastar ainda mais no mercado para trazer novos reforços.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo o futebol. Por mais redundante que seja, ama escrever sobre o que é apaixonado, ficando de olho em tudo o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo