Copa da França

Sorte nossa, azar deles: com chance de pegar amadores, Rennes e Marseille duelam por avanço na Copa da França

Rennes e Marseille repetem confronto da última temporada, com Rennes buscando revanche e vaga na próxima fase da Copa da França

Não é segredo que a Copa da França é o torneio mais inclusivo do mundo, permitindo que equipes amadoras e times de todos os territórios franceses, como Guiana Francesa e Taiti, participem. A abrangência faz com que times de todos os níveis do futebol local possam tentar chegar longe no torneio, como é o caso do Le Puy Foot 43 Auvergne, que avançou às oitavas de final neste sábado (20).

Só que mesmo com tantas equipes de divisões menores, ainda existe a possibilidade de que times da primeira divisão se encontrem bem cedo. É o caso de Rennes e Olympique de Marseille, que jogam neste domingo (21), às 17h05 (horário de Brasília), brigando por uma vaga nas oitavas de final do torneio.

Curiosamente, o jogo é uma repetição de um confronto da mesma fase na última temporada. Em Marseille, os donos da casa venceram por 1 a 0, com gol de Matteo Guendouzi, que deixou o Marseille para a Lazio ao fim da última temporada.

Rennes
21/01/24 - 17:05

Finalizado

1 (9)

-

1 (8)

Marseille

Rennes - Marseille

France Cup - Roazhon Park

5° Turno

Rennes bem em campo, mas vive problema com veterano

Dentro de campo, o Rennes vem de um excelente resultado na última rodada da Ligue 1, ao bater o Nice, a sensação do início da temporada, por 2 a 0, com gols de Benjamin Bourigeaud, de pênalti, e Arnaud Kalimuendo, que marcou três gols nos últimos dois jogos.

Já fora de campo, a situação é diferente. Principal reforço para a atual temporada, o volante Nemanja Matic não está satisfeito com seus minutos e busca sair do clube. O sérvio chegou a limpar sua área do vestiário e deixar a cidade de Rennes, mas voltou e pediu desculpas. No entanto, mesmo assim, ele não deve retornar ao time titular, com uma pequena lesão. O capitão Benjamin Bourigeaud e o jovem Enzo Le Fée devem ocupar o setor.

Um desfalque importante para o confronto é Arthur Theate. O zagueiro da seleção belga está suspenso por acumulação de cartões amarelos na competição. Além dele, Christopher Wooh está defendendo Camarões na Copa Africana de Nações.

  • Provável escalação do Rennes: Gauthier Gallon; Guéla Doué, Warmed Omari, Jeanuël Belocian, Adrien Truffert; Benjamin Bourigeaud, Enzo Le Fée, Baptiste Santamaria, Désiré Doué; Arnaud Kalimuendo, Martin Terrier

Marseille tenta lidar com desfalques causados pela CAN para vencer novamente o Rennes

Sob o comando de Gennaro Gattuso, o Olympique de Marseille vem em uma boa campanha, com apenas uma derrota nos últimos dez jogos, incluindo uma vitória contra o próprio Rennes no início de dezembro, por 2 a 0, com gols de Pierre-Emerick Aubameyang e Azzedine Ounahi.

Em janeiro, a equipe de Gattuso precisa lidar com um grande problema, sendo o time francês mais afetado pela Copa Africana de Nações, com sete jogadores convocados pelas seleções que disputam o torneio: Simon Ngapandouetnbu (Camarões), Chancel Mbemba (Congo DR), Azzedine Ounahi (Marrocos), Amine Harit (Marrocos), Iliman Ndiaye (Senegal), Ismaila Sarr (Senegal) e Pape Gueye (Senegal). Até a primeira contratação do OM na janela de janeiro não está com a equipe por estar na CAN: Faris Moumbagna, de 23 anos, chega do Bodo/Glimt, da Noruega, mas se juntará ao elenco apenas após a eliminação de Camarões no torneio.

Durante a entrevista coletiva pré-jogo, Gattuso lamentou a saída de Renan Lodi, que foi negociado com o Al-Hilal, da Arábia Saudita, mas ressaltou que não tinha muito o que fazer em relação aos números oferecidos pelos sauditas.

— Quando temos um jogador que recebe uma oferta de salário três vezes maior do que ele recebe no OM, é difícil mantê-lo. É algo que muda a vida do jogador. Tenho grande respeito por Lodi e tenho um ótimo relacionamento com ele, mas tem coisas na vida que você não consegue controlar — afirmou Gattuso.

A saída de Lodi fez com que o Marseille se mexesse no mercado para contratar Ulisses Garcia, lateral esquerdo do Young Boys, da Suíça. Segundo Gattuso, a experiência em jogos continentais foi crucial para que o OM identificasse o português como alvo.

  • Provável escalação do Marseille: Ruben Blanco; Bamo Meïté, Samuel Gigot, Leonardo Balerdi; Jonathan Clauss, Jordan Veretout, Bilal Nadir, Jean Onana, Amir Murillo; Vitinha, Pierre-Emerick Aubameyang.
Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo