Ligue 1

O Marseille até abriu o placar no início, mas sentou no resultado e cedeu o empate no apagar das luzes contra o Strasbourg

Strasbourg se aproveita de Marseille apático e arranca empate precioso no Vélodrome

No primeiro jogo da Ligue 1 em 2024, Olympique Marseille e Strasbourg mediram forças nesta sexta-feira (12), no Estádio Vélodrome. Com gol do zagueiro Samuel Gigot, os donos da casa abriram o placar logo no começo. Mas nos acréscimos do segundo tempo, permitiram o empate. Jérémy Sebas deixou tudo igual após bate e rebate na área e decretou o 1 a 1.

Com o resultado, o Marseille foi a 28 pontos, ultrapassou o Lille e assumiu momentaneamente o quinto lugar da Ligue 1. Já o Strasbourg se manteve na nona colocação, agora com 24 pontos.

Como foi o empate entre Marseille x Strasbourg

Blitz, pressão incessante e controle absoluto das ações. O Olympique começou com tudo e abriu o placar logo aos três minutos de jogo. Veretout cruzou bola na área do Strasbourg, Vitinha conseguiu leve desvio e deixou Samuel Gigot na boa. Livre de marcação, o zagueiro francês cabeceou consciente e fez 1 a 0. Após o tento, os donos da casa se recusaram a baixar a intensidade e continuaram agredindo o adversário. Aos 11′, novamente na dobradinha Veretout e Gigot, o defensor se aproveitou da má saída do goleiro Matz Sels, mas testou sem direção.

Com 14′ no relógio, o Strasbourg chegou com perigo pela primeira vez na partida. Gameiro tabelou com Ângelo, invadiu a área e chutou cruzado, parando em boa defesa de Pau López. Pouco tempo depois, boa resposta do Marseille. Vitinha foi acionado pelo lado direito do ataque, levantou a cabeça e cruzou na medida para Aubameyang, que desviou por cima da meta.

Aos 33′, o Strasbourg teve excelente oportunidade de marcar, mas Bakwa falhou no momento da finalização. Gameiro recebeu pelo lado direito e cruzou na direção do atacante, que dominou no peito já tirando da marcação e preparando o chute. O camisa 26, no entanto, errou no arremate, pegou fraquinho e facilitou a vida de Pau López. Apesar do erro, o time de Patrick Vieira  terminou o primeiro tempo de maneira positiva. Se acertou em campo, freou o ímpeto inicial do Marseille e ficou perto do gol de empate.

Já no segundo tempo, o Marseille ficou perto de aumentar o marcador aos 15′. Veretout recebeu cruzamento na área do Strasbourg, dominou e tocou na saída de Sels. A bola desviou em Senaya e não entrou por capricho. O lateral-direito salvou em cima da linha e impediu o tento. Na defesa, os visitantes sofriam, mas mantinham esperança no empate e ofereciam perigo nos contra-ataques rápidos. Aos 22′, Habib Diarra arrancou suspiros da torcida da casa ao chutar na rede pelo lado de fora.

Mais lúcio jogador de ataque do Strasbourg no jogo, Ângelo chamou a responsabilidade ao descolar lindo passe para Mwanga e desmontar a defesa do Marseille na entrada da área. O camisa 19 até podia ter tentado o arremate, mas foi solidário e serviu Bakwa, que praticamente livre de marcação, isolou.

Frustrado, o atacante francês não fez bom jogo, porém não desistiu. Levantou a cabeça e continuou tentando ajudar sua equipe. Aos 41′, por pouco não marcou um belo gol de falta. Em arremate da intermediária, acertou o travessão de Pau López que, vendido no lance, pulou e não achou nada. Resiliente, Bakwa persistiu e acabou premiado por isso. Nos acréscimos, o jovem de 21 anos alçou bola na área do Marseille, e após bate rebate, Jérémy Sebas pegou de primeira e deixou tudo igual.

Estatísticas de Olympique de Marseille 1 x 1 Strasbourg – Ligue 1 2023/24

  • Posse de bola: 47% x 53%
  • Faltas: 11 x 10
  • Chutes: 8 x 18
  • Chutes no gol: 2 x 4
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo