Copa da França

Torcedores de PSG e Lyon queimam ônibus em briga na final da Copa da França

Antes da bola rolar na final da Copa da França, torcedores de PSG e Lyon se envolveram em uma confusão generalizada

Antes da bola rolar para PSG x Lyon, a final da Copa da França ficou marcada por uma briga generalizada entre os torcedores que deixou dezenas de feridos no último sábado (25). Um confronto entre os torcedores resultou em um ônibus queimado em uma das rodovias próximas a Lille, cuja cidade recebeu a decisão entre Parisienses e OL.

Segundo o jornal L’Equipe, a confusão aconteceu na estação de pedágio de Fresnes-lès-Montauban, ao norte da rodovia A1 em Pas-de-Calais.

Dois ônibus vindos de Lyon acabaram entrando no caminho exclusivo para a torcida do PSG, o que gerou todo o transtorno. A estimativa é que 100 pessoas se envolveram na briga que parou a estrada, segundo a prefeitura de Pas-de-Calais.

Quatro ônibus ficaram danificados. Por conta do confronto entre torcedores, 20 pessoas sofreram ferimentos leves, incluindo oito policiais. O presidente da França, Emmanuel Macron, que foi assistir à final da Coupe de France no estádio, lamentou o ocorrido e condenou a violências no futebol:

– São eventos esportivos onde é preciso, acima de tudo, ser alegre e esportivo. Condeno com a maior firmeza toda violência.

O Lyon também se posicionou através de uma nota oficial e exigiu às autoridades uma investigação sobre o caso, alegando que torcedores do PSG estavam armados.

– Após um óbvio desvio de direção, a violência eclodiu sem que a origem fosse claramente estabelecida. Esperamos que as imagens de videovigilância permitam rastrear todos os fatos. Vários torcedores do OL ficaram feridos, principalmente por torcedores armados do PSG. Um ônibus do Lyon foi incendiado depois que bombas de fumaça foram lançadas em seu interior.

Partida marcou a despedida de Mbappé ao PSG

Cenas lamentáveis à parte, a partida marcou a despedida de Kylian Mbappé. O atacante ajudou o PSG a vencer o OL por 2 a 1 e levantar o 15º título da Copa da França.

Mesmo com todos os olhares sobre si, o astro francês fez um último jogo discreto, assim como foram seus últimos meses após avisar que não renovaria seu contrato.

Nas últimas cinco partidas, por exemplo, Mbappé só marcou um gol. Mesmo assim, o francês vai embora com o doblete nacional, pois também foi campeão da Ligue 1.

Nem no estádio, tampouco nas redes sociais, o atacante recebeu uma festa do PSG por seu adeus, evidenciando o clima ruim causado por sua decisão por trocar de ares.

Em fevereiro, o astro francês avisou internamente que sairia no final da temporada. De lá para cá, Mbappé passou a ser substituído com frequência por Luis Enrique, o que irritou o atacante.

Por mais que não confirme oficialmente, o craque deve trocar o time de Paris pelo Real Madrid. O futuro só deve ser confirmado após a participação na Eurocopa, que será disputada na Alemanha entre os dias 14 de junho e 14 de julho.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo