França

Vencer a Champions? Luis Enrique tem um plano e já comunicou a diretoria do PSG

Sem Mbappé, Luis Enrique tem a receita para tornar o PSG ainda mais competitivo e buscar a inédita Champions League

Campeão da Ligue 1, o PSG tem apenas mais um jogo para encerrar sua temporada: a final da Copa da França, contra o Lyon, neste sábado (25). Por conta disso, a diretoria já começa a pensar em 2024/25, que será o primeiro ano sem Kylian Mbappé. Como o atacante francês não conseguiu realizar o sonho dos Parisienses e conquistar a Champions League, Luis Enrique tem um plano para ser ainda mais competitivo.

Mbappé decidiu não renovar seu contrato com o Paris Saint-Germain, e a tendência é que ele vá para o Real Madrid. O treinador espanhol, por sua vez, não está preocupado, tanto que já vinha substituindo o craque francês para o time se acostumar a jogar sem ele. Agora, Luis Enrique tem uma missão bem clara: orientar Al-Khelaïfi para ele não cometer o mesmo erro dos últimos anos.

Desde a chegada do investimento astronômico do Catar, o PSG tinha o costume de gastar caminhões de dinheiro em várias estrelas. Contudo, essa estratégia não rendeu o resultado esperado na Liga dos Campeões. Portanto, o técnico espanhol quer convencer os dirigentes a contratarem jogadores para todas as posições pensando em 2024/25, e não apenas um atleta de peso para substituir Kylian Mbappé nos parisienses.

A informação é do jornal Sport. O próprio Luis Enrique já deixou claro em entrevista coletiva que quer novas opções para “todas as posições”. O Paris Saint-Germain não pretende perder tempo no mercado, até porque a Eurocopa e a Copa América atrasará as negociações. Fato é que os parisienses podem melhorar ainda mais na próxima temporada caso tenham um elenco robusto e de qualidade.

O que o PSG precisa para a próxima temporada?

Na defesa, as únicas unanimidades do PSG são Achraf Hakimi e Marquinhos. O lateral-direito é o quarto jogador com mais minutos dentro de campo com Luis Enrique em 2023/24. O marroquino só não foi utilizado quando estava na Copa Africana de Nações, quando estava suspenso e poupado. Sem ele, os parisienses perderam (e muita) qualidade naquele setor de campo.

Hakimi é importante tanto para a marcação, quanto para o ataque, já que faz parceria com Ousmane Dembélé na direita. Por isso, o Paris Saint-Germain quer uma peça para fazer sombra ao lateral marroquino. Já o zagueiro brasileiro é a referência técnica da zaga e principal liderança do grupo. Na ausência do jogador de 30 anos, os Parisienses sofrem demais, já que Škriniar, Beraldo, Danilo Pereira e Mukiele não estão no mesmo nível.

Luis Enrique quer um zagueiro experiente para fazer dupla com Marquinhos, que foi o sexto atleta mais utilizado no PSG nesta temporada. No meio-campo, os pilares do treinador espanhol são Vitinha e Warren Zaïre-Emery. O português mostrou um belo desenvolvimento em 2023/24, repondo a saída de Verratti. O francês é uma joia com talento de sobra e visto como um titular absoluto dos parisienses pelos próximos anos.

O PSG precisa de outro nome para fortalecer a trinca de Luis Enrique. Por fim, o ataque é um caso à parte. Raphael Leão, Rashford e Kvaratskhelia são apenas alguns dos cotados para suceder Mbappé. Com Barcola pedindo passagem, os parisienses também precisam um artilheiro, pois Gonçalo Ramos não deve aguentar o tranco sozinho. Resta saber se os cataris vão diversificar seus investimentos, assim como deseja Luis Enrique.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo