Europa

Time do Papai Noel joga com três goleiros e leva um 16 a 0 de presente

O último domingo não foi uma manhã de Natal para o finlandês FC Santa Claus, clube da Lapônia, considerada a terra do Papai Noel e que leva o nome, em inglês, do simpático barbudo cujo ofício consiste em colocar brinquedos dentro de meias uma vez por ano. O vice-lanterna da terceira divisão finlandesa tinha apenas 11 jogadores para enfrentar o Kajaani, terceiro colocado. Três deles eram goleiros. Ou seja, dois precisaram atuar na linha. Resultado: 16 a 0.

LEIA MAIS: Aberdeen achou um ótimo jeito de vencer o clássico: Com golaço de falta aos 45 do 2° tempo

Segundo o site Transfermarkt, o Santa Claus entrou em campo com os goleiros Joonas Haapasaari, Harri Nykänen e Juhani Kangas. Quem buscou a bola no fundo das redes 16 vezes em uma única tarde foi Kangas, em sua segunda partida pela liga na temporada. Na anterior, semana passada, sofreu outra goleada, por 5 a 0. Do trio de arqueiros, no entanto, o que mais vem jogando é Nykänen, 22 anos, defensor da meta natalina no empate por 0 a 0 com o Hercules, em maio, único jogo do campeonato em que o Santa Claus não sofreu gols, e em outras sete partidas do Grupo C da Kakkonen, nome da terceira divisão finlandesa.

Mesmo quando não precisa escalar goleiros na linha, a defesa do Santa Claus não é exatamente intransponível: sofreu 93 gols em 20 partidas pelo campeonato nacional. Seu desempenho defensivo supera apenas o do lanterna Virkiä, que foi vazado 107 vezes até agora. Também no domingo, o último colocado do torneio entrou em campo com apenas dez jogadores e levou 8 a 0 do vice-líder da chave, o MuSa.

O atacante nigeriano Michael Ibiyomi anotou uma dupla tripleta no Santa Claus e foi responsável por seis dos 16 gols marcados pelo Kajaani. Rundell Winchester, de Trinidad e Tobago, e o mexicano Alberto Ramírez foram às redes três vezes cada. E o Santa Claus, dois anos depois de conseguir a promoção à terceira divisão, já está muito rebaixado. Tem apenas oito pontos a uma rodada do fim do grupo. O primeiro time acima da zona da degola, o VIFK, tem 26 pontos.

O Santa Claus tem uma certa facilidade para conseguir parceiros comerciais, mesmo na escondidíssima terceira divisão finlandesa. Pela inusitada associação com o Papai Noel, o time de Rovaniemi, capital da Lapônia, tem um alcance relativamente grande, em comparação com seus companheiros de divisão. Quando conquistou o acesso à Terceirona, reforçou seu acordo de fornecimento de material esportivo com a Puma e assinou patrocínio com a EA Sports. Ano passado, trocou a Puma pela Nike e o patrocinador máster da camisa tornou-se a empresa chinesa Bewin Sports. E, mesmo assim, fez uma campanha trágica.

A escalação do Santa Claus no site Transfermarkt, com três goleiros
A escalação do Santa Claus no site Transfermarkt, com três goleiros (Foto: Reprodução) 
A foto do anúncio do patrocínio da Bewin Sports com o Santa Claus (Foto: Divulgação)
A foto do anúncio do patrocínio da Bewin Sports com o Santa Claus (Foto: Divulgação)

 

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo