Europa

Sem espaço no United, Amad Diallo ganhará sequência emprestado ao Rangers, onde chega para substituir Ianis Hagi

Amad Diallo mal apareceu no time principal do United e ocupará a lacuna do lesionado Ianis Hagi durante os próximos meses

Amad Diallo foi contratado pelo Manchester United como uma aposta para o futuro, mas a falta de minutos em campo era um problema. O jovem chegou da Atalanta com 18 anos e era natural que levasse um tempo até ganhar sequência com os Red Devils. Porém, em um ano no clube, foram apenas nove partidas com a equipe principal – somente três delas na Premier League. Precisando de cancha para decolar, o marfinense tentará aproveitar a metade final da temporada na Escócia. É uma aposta válida do Rangers por empréstimo, ainda mais depois da lesão sofrida por Ianis Hagi.

Amad Diallo imigrou da Costa do Marfim para a Itália ainda com 12 anos. Começou no pequeno Boca Barco e logo ganharia uma chance com a Atalanta a partir de 2015. A progressão do ponta com a Dea foi rápida, fazendo sucesso nas competições de base e logo ganhando as primeiras chances na equipe principal. O novato disputou somente quatro partidas na Serie A, com um gol marcado, mas isso foi suficiente para o Manchester United pagar €21,3 milhões em sua contratação.

Diallo desembarcou em Old Trafford em janeiro de 2021. Durante seus primeiros seis meses no clube, o ponta teve raras aparições com o time principal e ganhou um pouco mais de sequência no segundo quadro. Na atual temporada, porém, os minutos com os Red Devils caíram drasticamente por conta de um problema muscular – que ainda impediu seu empréstimo ao Feyenoord. O marfinense também lidaria com um processo de falsificação de documentos na Itália, em que acabou condenado a pagar uma fiança. Diallo colaborou com a investigação, que desmantelou uma quadrilha que se aproveitava de jovens talentos africanos em busca de uma chance na Europa. Para facilitar a entrada dos atletas, os criminosos registravam pais falsos, já com residência italiana.

O Rangers parece um ambiente favorável para Diallo realmente ganhar sequência e desenvolver seu talento como profissional. O Campeonato Escocês oferece um nível de desafio menor, mas os Teddy Bears continuam presentes na temporada continental. Além do mais, será importante para o garoto se afastar um pouco da disputa por posição que existe no Manchester United e até mesmo conviver num novo ambiente após o processo por falsificação de documentos, que chegou a repercutir na Inglaterra.

O Rangers vai terminar a temporada sem Ianis Hagi, um dos principais jogadores do time, com uma lesão no joelho. Amad Diallo chega para ocupar exatamente a ponta direita e atenuar o desfalque. Nesta janela de janeiro, os Teddy Bears já tinham trazido o zagueiro James Sands do New York City. Em contrapartida, venderam Nathan Patterson para o Everton e Juninho Bacuna para o Birmingham. A equipe dirigida por Gio van Bronckhorst lidera o Campeonato Escocês com quatro pontos de vantagem sobre o rival Celtic, enquanto enfrentará o Borussia Dortmund na próxima fase da Liga Europa.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo