EuropaFutebol feminino

Na Lituânia, vovós estão mostrando que futebol não tem gênero e muito menos idade

Avós geralmente são sinônimo de comidas gostosas aos domingos, de histórias que começam com o famoso chavão “lá no meu tempo…” e de carinho especial dentro da família. Alguns praticam esportes, fazem ginástica e se exercitam de suas maneiras, dentro das restrições físicas e do ritmo deles. As vovós da Lituânia, por exemplo, encontraram no futebol uma atividade que fornece a elas condicionamento físico, entretenimento, autoconfiança e descontração. E, graças a um projeto da Federação Lituana de Futebol (LFR), elas estão tendo a oportunidade de praticar o esporte com segurança e amparo profissional, e, de quebra, se divertir dentro das quadras.

VEJA TAMBÉM: Resgatando sua história, Foggia orgulha sua fanática torcida e volta à Serie B após 19 anos

Devido ao sucesso da primeira edição da Copa das Avós de Futebol de Salão, a federação da Lituânia resolveu organizar o torneio novamente, este fim de semana. Desta vez, no entanto, o número de equipes participantes cresceu devido ao aumento da procura e interesse pela prática do futebol na terceira idade. Oito times se enfrentaram na competição, que tem regras adaptadas por conta da condição das jogadoras. Cada equipe joga com quatro senhoras e as partidas duram apenas um tempo. Além disso, a bola que elas usam é feita de espuma, um material que evita lesões às vovós. Mas a mais importante das regras não diz respeito à organização dos times, da partida ou a estrutura da bola. Os preceitos prioritários do jogo entre elas são: ter respeito, coragem e confiança.

A história mais interessante desta edição do campeonato entre avós foi a de uma senhora de 70 anos que participou da competição ao lado de sua filha. Se bem que todas ali, jogando juntas, se divertindo e esquecendo que o tempo está passando compõem, no fim das contas, uma família. No final da Copa das Avós, a equipe campeã recebeu um troféu e suas jogadoras ganharam medalhas. Mas não só as vencedoras. Todos os times participantes foram condecorados, justamente para estimular que a competição e a prática do esporte sejam contínuas. Inclusive com pizzas, para fechar o campeonato com chave de ouro.

lituania1lituania3
lituania4

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.
Botão Voltar ao topo