Eurocopa

Prioridades: Por conta da Euro, lateral direito de Gales vai discursar no casamento do irmão via Skype

Chegamos à fase que antecede a tão esperada decisão pela taça da Eurocopa, e Gales é a única sobrevivente entre as seleções menos cogitadas a levar o título. Estreantes no torneio, nem mesmo os galeses esperavam ir tão longe na competição. Os problemas pelos quais alguns jogadores estão tendo de passar em função da classificação para a semifinal são prova disso. Não que eles não gostariam de enfrentar esses problemas mais vezes, ou, quem sabe, em todas as edições da Euro, mas o fato é que eles sequer pensavam na possibilidade de ficar entre os quatro melhores times. O caso do lateral direito Chris Gunter, que não comparecerá ao casamento de seu irmão Marc para enfrentar Portugal, retrata exatamente isso.

LEIA MAIS: A meia-noite nunca chega para Gales, o incrível semifinalista da Eurocopa

Embora a cerimônia estivesse marcada há alguns meses, nem o jogador, tampouco seu irmão, contavam com tamanho sucesso da seleção de Gales. Foi por isso que Marc escolheu Chris para ser seu padrinho de casamento e fazer um tradicional discurso durante a festa, que acontecerá na próxima quinta-feira, no México, um dia depois do confronto contra os portugueses. Mas quem disse que o lateral vai perder esse episódio tão importante da vida de Marc? “Tenho certeza que o casamento vai acontecer, pelo bem ou pelo mal. Então, vou discursar via Skype. Acho que serei o primeiro padrinho no mundo a fazer isso”, contou Chris Gunter ao jornal inglês Daily Mirror. Afinal, se não é para isso que o software de comunicação instantânea serve, para o que é, então?

“Meu irmão tem sérios problemas. Ele esteve em todas as partidas que disputamos, menos no jogo contra a Bélgica, pelas quartas de final. Tem um mês que Marc não aparece no trabalho”, revelou o camisa 2 de Gales. “Se bem que ele ameaçou largar sua esposa no México e voltar para a França”, acrescentou. Pela parte de Chris, o contratempo que diz respeito à cerimônia tem solução. No entanto, para seus pais, tomar uma decisão quanto a isso não foi simples assim. “Chegar à semifinal causou um grande problema. Conversei com meus país e eles estão irritados, mas escolheram assistir ao jogo”, afirmou o atleta. É lógico que nenhum pai e nenhuma mãe quer passar por uma situação como essa de ter que escolher entre um dos filhos, mas parece que até mesmo Marc, se pudesse, boicotaria seu próprio casamento para ver Gales escrevendo o capítulo mais importante da história da seleção. “Não tenho certeza o que meu irmão fará se conseguirmos ir para a final. Talvez ele até se divorcie!”, falou Chris.

O jogador não é o único galês a ter que lidar com adversidades por conta do êxito da equipe. Quem ocupa a vaga da outra lateral também passou por “complicações”. Antes do início da Euro, Neill Taylor havia comprado ingressos para o show da Beyoncé para comemorar o aniversário de sua esposa. Porém, o lateral esquerdo não lembrou de verificar se o show aconteceria paralelamente ao andamento do torneio europeu, e este, por sua vez, calhou de acontecer bem no dia da partida dos galeses contra os belgas. Bem, esses são os tipos de empecilhos pelos quais ninguém se importaria de passar, não é mesmo? Exceto os pais de Chris Gunter, claro.

TRIVELA FC: Conheça nosso clube de relacionamento, marque um gol pelo jornalismo independente e ganhe benefícios!

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo