Eurocopa

Guia da Euro 2020: Gales

Após chegar à semifinal em 2016, Gales tenta repetir o feito, mas tem um time mais envelhecido e estrelas em um momento menos brilhante que há cinco anos

Este texto faz parte do Guia da Euro 2020.

Como foi o ciclo desde a Copa de 2018

Gales fez uma grande campanha na Euro 2016, mas isso não foi o bastante para chegar à Copa 2018. Perdeu a vaga direta para a Sérvia e para a Irlanda na repescagem. No primeiro torneio depois da Copa da Rússia, a Liga das Nações, Gales ficou em segundo, atrás da Dinamarca. Fora também da fase final. Nas Eliminatórias para a Eurocopa, os galeses conseguiram a classificação em um grupo que tinha a Croácia, que foi líder, Eslováquia, Hungria e Azerbaijão. A campanha teve oito jogos, quatro vitórias, dois empates e duas derrotas.

Na Liga das Nações seguinte, conseguiu uma ótima participação na Liga B com a liderança no grupo que tinha Finlândia, Irlanda e Bulgária. Foram seis jogos, cinco vitórias e um empate. Mais recentemente, iniciou a trajetória nas Eliminatórias da Copa e, até aqui, foi uma no cravo, outra na ferradura: perdeu da Bélgica, mas venceu a República Tcheca. É o terceiro colocado no momento, já que fez um jogo a menos que belgas e tchecos. Tem esperanças de aproveitar aquele que deve ser o último ciclo de Gareth Bale para chegar à Copa.

Como joga

Os protagonistas de 2016 envelheceram e estão em momento pior do que há cinco anos. Gareth Bale teve uma temporada de recuperação depois do exílio no Real Madrid, enquanto Aaron Ramsey foi só um reserva bastante utilizado na Juventus. Nenhum deles vive momento particularmente iluminado. O técnico Robert Page, ex-assistente de Giggs, mantém o esquema: um 3-4-3 que tenta aproveitar as melhores qualidades dos seus melhores jogadores, Bale e Daniel James pelas pontas. Pode também alternar para um 4-2-3-1, um esquema utilizado nas Eliminatórias. O elenco foi bastante renovado. Só oito jogadores estiveram na Eurocopa de 2016. Falta um centroavante de peso, mas o time tem bons nomes, como Harry Wilson, que pode fazer a função de falso nove, ou Kieffer Moore, que teve uma temporada de destaque pelo Cardiff, com 20 gols em 42 jogos. Seja com quem for, a aposta será uma: velocidade. É um time muito rápido e tentará tirar o melhor disso.

O craque

Gareth Bale, da seleção galesa (Imago / OneFootball)

Gareth Bale já esteve entre os melhores jogadores do mundo, mas entrou em um período de ostracismo. Seu comportamento foi muito questionado em Madri, onde se tornou um fantasma, sem ser utilizado por Zinedine Zidane. Acabou emprestado ao Tottenham, pelo qual conseguiu recuperar alguns dos seus melhores momentos, com golaços e boas atuações. É um jogador de capacidade técnica inquestionável, embora nunca saibamos o que esperar dele. Como Gales é uma das suas prioridades, é de se esperar que não falte dedicação do camisa 11 e capitão Tem 92 jogos e é o maior artilheiro da seleção galesa, com 33 gols. Aos 31 anos, sua velocidade e capacidade de finalização são trunfos que podem decidir qualquer jogo.

Bom coadjuvante

Aaron Ramsey, da seleção galesa (Imago / OneFootball)

Aos 30 anos, Aaron Ramsey é um bom jogador de meio-campo, que foi muitas vezes utilizado pela Juventus ao longo da temporada, mas sem nunca causar um grande impacto. O meio-campista central participou de 30 partidas, 19 delas como titular. Terminou a temporada no banco. Ainda assim, tem qualidade técnica, chega bem ao ataque e tem muito fôlego. Pode ser um ótimo coadjuvante do time, ajudando a fazer a transição ao ataque.

A promessa

Neco Williams, da seleção galesa (Imago / OneFootball)

O lateral Neco Williams é um dos muitos jogadores jovens do elenco de Gales. Com apenas 20 anos, ele começou a ganhar alguns minutos pelo Liverpool como lateral direito, mas ainda são poucos. Foram 14 partidas ao longo da temporada, sendo seis delas na Premier League. Teve o contrato com o Liverpool renovado em 2020 e foi cotado para defender a Inglaterra, já que seus avós são ingleses, mas nem considerou a hipótese. Apaixonado por Gales, quis defender a seleção e deve ser o titular na lateral ou ala e mostrar do que é capaz.

O veterano

Chris Gunter

Chris Gunter, da seleção galesa (Imago / OneFootball)

O zagueiro Chris Gunter é o jogador com mais partidas pela seleção galesa. Foi, aliás, o primeiro galês a bater a marca de 100 jogos pela seleção. Pode ser alcançado por Wayne Hennessey, goleiro de 34 anos que fez 96 jogos até aqui. Joga usualmente como lateral direito, mas pode jogar também pela esquerda, além de zagueiro. A tendência é que seja reserva na Eurocopa.

Técnico

Robert Page, técnico da seleção galesa (Imago / OneFootball)

O técnico Robert Page assumiu o cargo de maneira inesperada, quando Ryan Giggs foi definitivamente afastado em abril, acusado de agressão contra mulheres. Ex-jogador, atuou junto com Giggs pela seleção galesa, com 41 jogos. Como técnico, dirigiu Port Vale e Northampton, antes de se tornar assistente do Nottingham Forest por três meses e depois assumir as seleções de base de Gales, sub-17, sub-19 e sub-21. Tornou-se assistente técnico de Giggs em agosto de 2019 e, desde novembro de 2020, assumiu interinamente o cargo de técnico. Sua preferência é manter o 3-4-3 que o time tem jogado. Ele já alegou      que não tem tolerância com indisciplina e exige maturidade do seu time.

Retrospecto na Eurocopa

A história de Gales na Eurocopa é curtíssima. Só uma, em 2016, quando fez uma campanha notável, chegando até a semifinal. Perderia do campeão Portugal, mas deixou uma ótima impressão ao ser comandado por Gareth Bale. Esperar o mesmo agora talvez seja ilusão e, por isso, até passar da fase de grupos seria um feito para o time, já que os concorrentes parecem mais fortes.

Participações na Euro: 1 (2016)

Melhor campanha: Terceiro lugar (2016)

Elenco

N Pos NOME IDADE JOGOS GOLS CLUBE
1 G Wayne Hennessey 34 anos 96 0 England Crystal Palace
2 D Chris Gunter 31 anos 101 0 England Charlton Athletic
3 D Neco Williams 20 anos 11 1 England Liverpool
4 D Ben Davies 28 anos 60 0 England Tottenham Hotspur
5 D Tom Lockyer 26 anos 13 0 England Luton Town
6 D Joe Rodon 23 anos 14 0 England Tottenham Hotspur
7 M Joe Allen 31 anos 59 2 England Stoke City
8 M Harry Wilson 24 anos 26 5 Wales Cardiff City
9 A Tyler Roberts 22 anos 14 0 England Leeds United
10 M Aaron Ramsey 30 anos 63 16 Italy Juventus
11 A Gareth Bale (C) 31 anos 92 33 England Tottenham Hotspur
12 G Danny Ward 27 anos 13 0 England Leicester City
13 A Kieffer Moore 28 anos 17 5 Wales Cardiff City
14 D Connor Roberts 25 anos 26 1 Wales Swansea City
15 D Ethan Ampadu 20 anos 23 0 England Sheffield United
16 M Joe Morrell 24 anos 15 0 England Luton Town
17 D Rhys Norrington-Davies 22 anos 5 0 England Stoke City
18 M Jonny Williams 27 anos 28 1 Wales Cardiff City
19 M David Brooks 23 anos 18 2 England Bournemouth
20 M Daniel James 23 anos 20 4 England Manchester United
21 G Adam Davies 28 anos 2 0 England Stoke City
22 D Chris Mepham 23 anos 18 0 England Bournemouth
23 M Dylan Levitt 20 anos 8 0 Croatia Istra 1961
24 D Ben Cabango 21 anos 3 0 Wales Swansea City
25 M Rubin Colwill 19 anos 1 0 Wales Cardiff City
26 M Matthew Smith 21 anos 14 0 England Doncaster Rovers
 
 

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!