Eurocopa 2024

Grupo A da Eurocopa 2024: seleções, jogos e classificação

Veja detalhes sobre o grupo encabeçado pela Alemanha, anfitriã da Euro 2024

A Eurocopa 2024 está prestes a começar e os amantes do futebol do Velho Continente contam os dias para que a bola role na competição, que terá início no próximo dia 14 de junho. O primeiro jogo da edição será entre a anfitriã Alemanha e a Escócia, às 16h (horário de Brasília), na Allianz Arena, em Munique.

Nesta matéria, você encontrará tudo que precisa saber sobre o grupo A da Eurocopa, como convocações, destaques, datas e horários dos jogos e resultados.

Classificação do grupo A na Eurocopa

O grupo A da Eurocopa conta com a presença de Alemanha, Escócia, Hungria e Suíça. Anfitriões do torneio, os alemães garantiram classificação antecipada, ao vencerem Escócia e Hungria nas duas primeiras rodadas. 

A segunda vaga será decidida na rodada final da chave. Atual vice-líder, a Suíça precisa de um empate contra a Alemanha para assegurar classificação sem depender do resultado da Escócia. 

Só um milagre salva os escoceses, que terão de vencer a Hungria, torcer para uma derrota da Suíça e tirar um saldo de seis gols 

Todos os horários citados na matéria são referentes ao fuso de Brasília.

Grupo A
# Seleção J V E D +/- Pontos
1 Alemanha

Alemanha

3 2 1 0 6 7
2 Suíça

Suíça

3 1 2 0 2 5
3 Hungria

Hungria

3 1 0 2 -3 3
4 Escócia

Escócia

3 0 1 2 -5 1

Como a Eurocopa conta com seis grupos com quatro seleções cada, se classificam para as oitavas de final os dois mais bem colocados de cada chave, mais os quatro melhores terceiros colocados. Portanto, das 24 equipes que iniciarão a competição, 16 disputarão os mata-matas e oito deixaram o torneio logo após a primeira fase.

Eurocopa 2024: conheça as seleções do grupo A

O Grupo A é um daqueles que promete ser bem equilibrado, ainda que tenha a favorita e dona da casa Alemanha. Os germânicos, maiores campeões do torneio, com três títulos, querem desesperadamente apagar as más impressões deixadas nas últimas grandes competições e a melhor forma de alcançar tal objetivo é levantando o caneco em seu território.

A disputa promete ser acirrada, pois as outras três equipes da chave, Escócia, Hungria e Suíça, costumam engrossar para seus adversários e podem brigar por vaga no mata-mata.

É hora de entender como chega cada uma das equipes para a competição.

Alemanha

Franca favorita ao grupo, anfitriã e com vários jogadores vivendo bom momento: esta é a seleção da Alemanha, uma das grandes favoritas ao título. Olhando apenas no papel, é inimaginável pensar que os alemães sofram para se classificar, mas, por outro lado, há um peso grande nas costas da equipe que precisa ser tirado.

A Alemanha tem feito campanhas horríveis nas grandes competições, sendo eliminada na fase de grupos das Copas do Mundo de 2018 e 2022, e chegado somente até as oitavas de final da Eurocopa 2021, após um segundo lugar na fase de grupos. Se o favoritismo da equipe comandada por Julian Nagelsmann é grande para 2024, a pressão também é.

Convocação da Alemanha

  • Goleiros: Oliver Baumann (Hoffenheim), Alex Nubel (Stuttgart), Manuel Neuer (Bayern de Munique), Marc-Andre ter Stegen (Barcelona/ESP)
  • Defensores: Waldemar Anton (Stuttgart), Benjamin Henrichs (RB Leipzig), Joshua Kimmich (Bayern de Munique), Robin Koch (Eintracht Frankfurt), Maximilian Mittelstädt (Stuttgart), David Raum (RB Leipzig), Antonio Rudiger (Real Madrid/ESP), Nico Schlotterbeck (Borussia Dortmund) e Jonathan Tah (Bayer Leverkusen)
  • Meio-campistas: Robert Andrich (Bayer Leverkusen), Chris Fuhrich (Stuttgart), Pascal Gross (Brighton/ING), Ilkay Gündogan (Barcelona), Toni Kroos (Real Madrid/ESP), Jamal Musiala (Bayern de Munique), Aleksandar Pavlovic (Bayern de Munique), Leroy Sane (Bayern Munich) e Florian Wirtz (Bayer Leverkusen)
  • Atacantes: Maximilian Beier (Hoffenheim), Niclas Fullkrug (Borussia Dortmund), Kai Havertz (Arsenal/ING), Thomas Müller (Bayern de Munique) e Deniz Undav (Stuttgart)

Provável escalação: Manuel Neuer, Joshua Kimmich, Jonathan Tah, Waldemar Anton e Maximilian Mittelstädt; Robert Andrich e Toni Kroos; Florian Wirtz, Ilkay Gündogan e Jamal Musiala; Kai Havertz.

Craque do time: Toni Kroos
Fique de olho: Jamal Musiala
Pretensão: favorita

Veja mais detalhes da convocação alemã.

Escócia

A seleção escocesa nunca foi uma grande potência no futebol, mas recentemente deu sinais de sobrevida, principalmente nos pés do proficiente lateral do Liverpool, Andrew Robertson, e do meio-campista Scott McTominay, do Manchester United, que tem demonstrado veia goleadora, no clube e, principalmente, por seu país.

Ainda que carregue mais esperanças consigo depois do retorno a uma Eurocopa — os escoceses disputaram a Eurocopa 2020, o que não acontecia desde 1996 —, as expectativas são complicar os jogos dentro do grupo e quem sabe, assim, conseguir passar para as oitavas de final.

Convocação da Escócia

  • Goleiros: Zander Clark (Heart of Midlothian), Craig Gordon (Heart of Midlothian), Angus Gunn (Norwich) e Liam Kelly (Motherwell)
  • Defensores: Liam Cooper (Leeds United), Grant Hanley (Norwich), Jack Hendry (Al-Ettifaq), Scott McKenna (Copenhagen), Ross McCrorie (Bristol City), Ryan Porteous (Watford), Anthony Ralston (Celtic), Andrew Robertson (Liverpool), John Souttar (Rangers), Greg Taylor (Celtic) e Kieran Tierney (Real Sociedad)
  • Meio-campistas: Stuart Armstrong (Southampton), Ryan Christie (Bournemouth), Billy Gilmour (Brighton), Ryan Jack (Rangers), John McGinn (Aston Villa), Callum McGregor (Celtic), Kenny McLean (Norwich) e Scott McTominay (Manchester United)
  • Atacantes: Ché Adams (Southampton), Ben Doak (Liverpool), Lyndon Dykes (Queens Park Rangers), James Forrest (Celtic) e Lawrence Shankland (Heart of Midlothian)

Provável escalação: Zander Clark; Ross McCrorie, Ryan Porteous, Grant Hanley e Andrew Robertson; Billy Gilmour e Kenny McLean; Ryan Christie, Scott McTominay e John McGinn; Ché Adams.

Craque do time: Andrew Robertson
Fique de olho: Scott McTominay
Pretensão: corre por fora

Hungria

A surpreendente seleção húngara se classificou no primeiro lugar do Grupo G nas eliminatórias e, por isso, chega cheia de moral para a Eurocopa. Seu grupo não era dos mais difíceis, é verdade, contendo Montenegro, Sérvia, Lituânia e Bulgária, mas, ainda assim, é um feito a se respeitar. É mais uma daquelas equipes “chatas”, que podem complicar.

O destaque é Dominik Szoboszlai. Em relação ao seu papel no Liverpool, o capitão da seleção costuma jogar mais perto do gol ao vestir a camisa verde, sendo a principal referência ofensiva: foram quatro gols e duas assistências em oito jogos nas eliminatórias.

Convocação da Hungria

  • Goleiros: Denes Dibusz (Ferencvaros), Peter Gulacsi (RB Leipzig/ALE), Peter Szappanos (Paks)
  • Defensores: Botond Balogh (Parma/ITA), Endre Botka (Ferencvaros), Marton Dardai (Hertha Berlim/ALE), Attila Fiola (Fehervar), Adam Lang (Omonia Nicosia), Willi Orban (RB Leipzig/ALE), Attila Szalai (Freiburg/ALE)
  • Meio-campistas: Bendeguz Bolla (Servette/SUI), Mihaly Kata (MTK), Milos Kerkez (Bournemouth/ING), Laszlo Kleinheisler (Hajduk Split/CRO), Adam Nagy (Spezia/ITA), Zsolt Nagy (Puskas Akademia), Loic Nego (Le Havre/FRA), Andras Schafer (Union Berlim/ALE), Callum Styles (Sunderland/ING)
  • Atacantes: Martin Adam (Ulsan Hyundai/KOR), Kevin Csoboth (Ujpest), Daniel Gazdag (Philadelphia Union/EUA), Krisztofer Horvath (Kecskemet), Roland Sallai (Freiburg/HOL), Dominik Szoboszlai (Liverpool/ING), Barnabas Varga (Ferencvaros)

Provável escalação: Peter Gulacsi; Adam Lang, Willi Orban e Marton Dardai; Loic Nego, Adam Nagy, Andras Schafer e Milos Kerkez; Roland Sallai, Dominik Szoboszlai e Barnabas Varga.

Craque do time: Dominik Szoboszlai
Fique de olho: Peter Gulacsi
Pretensão: corre por fora

Suíça

Presença constante nas Copas do Mundo, a qual participa ininterruptamente desde 2006, e vindo de uma participação honrosa na última Eurocopa — eliminando a França nas oitavas de final e caindo nos pênaltis para a Espanha na fase seguinte –, a Suíça chega como a segunda força do grupo.

Constantemente associados a um futebol defensivo, os suíços apresentam um futebol de mais gols nas últimas grandes competições e buscam repetir a boa campanha de 2020.

Convocação da Suíça

  • Goleiros: Yann Sommer (Internazionale), Gregor Kobel (Borussia Dortmund), Yvon Mvogo (Lorient), Pascal Loretz (Luzern), e Marvin Keller (Winterthur)
  • Defensores: Nico Elvedi (Borussia Mönchengladbach), Fabian Schär (Newcastle), Manuel Akanji (Manchester City), Aurèle Amenda (Young Boys), Ulisses Garcia (Olympique de Marseille), Albian Hajdari (Lugano), Kevin Mbabu (Augsburg), Silvan Widmer (Mainz), Bryan Okoh (Salzburg), Becir Omeragic (Montpellier), Cedric Zesiger (Wolfsburg), Leonidas Stergiou (Stuttgart), Ricardo Rodriguez (Torino)
  • Meio-campistas: Uran Bislimi (Lugano), Renato Steffen (Lugano), Kwadwo Duah (Ludogorets), Remo Freuler (Bologna), Michael Aebischer (Bologna), Filip Ugrinic (Young Boys), Granit Xhaka (Bayer Leverkusen), Ardon Jashari (Luzern), Denis Zakaria (Monaco), Steven Zuber (AEK), Fabian Rieder (Rennes), Xherdan Shaqiri (Chicago Fire)
  • Atacantes: Andi Zeqiri (Genk), Zeki Amdouni (Burnley), Ruben Vargas (Augsburg), Noah Okafor (Milan), Vincent Sierro (Toulouse), Breel Embolo (Monaco), Dan Ndoye (Bologna) e Joël Monteiro (Young Boys)

Provável escalação: Yann Sommer; Fabian Schar, Manuel Akanji, Nico Elvedi; Dan Ndoye, Remo Freuler, Granit Xhaka, Denis Zakaria e Silvan Widmer; Noah Okafor e Breel Embolo.

Craque do time: Yann Sommer
Fique de olho: Noah Okafor
Pretensão: pode surpreender

Resultados do grupo A da Eurocopa

O grupo A da Eurocopa terá os primeiros jogos da competição e, por isso, é preciso se atentar aos dias e horários das partidas, para não perder nenhum detalhe do maior torneio de seleções da Europa.

Veja data, horário, local e como assistir aos jogos de Alemanha, Escócia, Hungria e Suíça ao longo da competição:

Alemanha 5 x 1 Escócia

  • Data: sexta-feira, 14 de junho
  • Horário: 16h
  • Local: Allianz Arena, em Munique
  • Transmissão: SporTV e Globoplay

Gols: Florian Wirtz, Jamal Musiala, Kai Havertz, Niclas Fullkrug e Emre Can (Alemanha); Rüdiger (contra, Escócia)

Alemanha
14/06/24 - 16:00

Finalizado

5

-

1

Escócia

Alemanha - Escócia

Euro 2024 - Allianz Arena

1° Turno

Hungria 1 x 3 Suíça

  • Data: sábado, 15 de junho
  • Horário: 10h
  • Local: RheinEnergieStadion, em Colônia
  • Transmissão: SporTV e Globoplay

Gols: Duah, Aebischer e Embolo (Suíça); Varga (Hungria).

Hungria
15/06/24 - 10:00

Finalizado

1

-

3

Suíça

Hungria - Suíça

Euro 2024 - RheinEnergieStadion

1° Turno

Alemanha 2 x 0 Hungria

  • Data: quarta-feira, 19 de junho
  • Horário: 13h
  • Local: MHP-Arena, em Stuttgart
  • Transmissão: SporTV e Globoplay

Gols: Musiala e Gundogan (Alemanha)

Alemanha
19/06/24 - 13:00

Finalizado

2

-

0

Hungria

Alemanha - Hungria

Euro 2024 - Stuttgart Arena

2° Turno

Escócia 1 x 1 Suíça

  • Data: quarta-feira, 19 de junho
  • Horário: 16h
  • Local: Deutsche Bank Park, em Frankfurt
  • Transmissão: SporTV e Globoplay

Gols: McTominay (Escócia) e Shaqiri (Suíça)

Suíça 1 x 1 Alemanha

  • Data: domingo, 23 de junho
  • Horário: 16h
  • Local: Deutsche Bank Park, em Frankfurt
  • Transmissão: SporTV e Globoplay

Gols: Dan Ndoye (Suíça) e Füllkrug (Alemanha)

Escócia 0 x 1 Hungria

  • Data: domingo, 23 de junho 
  • Horário: 16h
  • Local: Mercedes-Benz Arena, em Stuttgart
  • Transmissão: CazeTV

Gols: Kevin Csoboth (Hungria)

Veja mais detalhes sobre as transmissões da Euro. 

Favoritos do grupo A

A Alemanha é, sem dúvidas, a grande favorita do grupo A e possui um elenco muito superior aos de seus adversários. Além da história vencedora e do time fortíssimo, com vários jogadores em grande fase, conta com o ótimo Julian Nagelsmann no comando técnico. Por outro lado, as equipes rivais correm por fora, sonhando com as possíveis duas vagas restantes.

Confira mais contações de favoritos e dicas para apostar na Euro. 

Alemanha (favorita)

Tetracampeã mundial, a Alemanha quer ser campeã em casa e para isso contará com um meio de campo fortíssimo, com craques como Kroos, Gundogan, Wirtz e Musiala. No gol, Neuer e Ter Stegen, dois dos melhores goleiros do mundo, passam grande segurança, independentemente de quem seja escolhido.

Escócia (corre por fora)

Melhor do que nas últimas décadas, a Escócia tem em nomes consolidados da Premier League a grande esperança de passar da fase de grupos.

Hungria (zebra)

Apesar da boa campanha nas Eliminatórias da Eurocopa, a Hungria chega como a zebra do grupo e deve ficar de fora dos mata-matas. A equipe confia nas defesas do bom Peter Gulacsi e da inspiração do ótimo Dominik Szoboszlai para tentar arrancar pontos aqui e ali e ir mais longe na competição.

Suíça (pode surpreender)

A Suíça é uma equipe de segundo escalão europeu, mas já vem surpreendendo nos últimos anos e a busca é por novos bons resultados. Sem nomes muito badalados, mas com peças de boa qualidade e experientes, tanto em clubes quanto na própria seleção, é favorita para chegar às oitavas e, a partir daí, poderá aprontar novamente. Franceses que se cuidem.

Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa é mineiro, formado em Jornalismo na UFOP, em 2019. Passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas, antes de se tornar setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo