Eurocopa 2024

Mesmo com Mbappé, França para em uma Polônia de férias e decepciona de novo

Mbappé e Lewandowski marcam de pênalti e time reserva da Polônia complica vida da favorita França nas oitavas

Com direito a vaias do torcedor francês, os comandados de Didier Deschamps ficaram no empate por 1 a 1 diante da Polônia em jogo válido pela última rodada do Grupo D da Eurocopa. 

Curiosamente, os dois times marcaram de pênalti, com seus principais jogadores. Mbappé abriu o placar aos 11 minutos do segundo tempo após Dembelé ser derrubado por Kiwior.

Aos 34 minutos da etapa complementar, Upamecano derrubou Swiderski na área, e após revisão do VAR a arbitragem anotou o segundo pênalti da partida.

Na cobrança, Lewandowski acertou o canto direito do goleiro Maignan, após duas tentativas, deixando tudo igual no Signal Iduna Park. No outro jogo da chave, a Áustria bateu a Holanda pelo placar de 3 a 2.

Com os resultados, a França ficou atrás da seleção austríaca, que avançou na liderança da chave com seis pontos ganhos, os holandeses passaram em terceiro lugar com quatro pontos.

Agora as seleções aguardam pela definição do Grupo E para conhecerem seus adversários nas oitavas de final da Eurocopa.

França e Polônia fazem jogo movimentado no primeiro tempo

França e Polônia tinham seus motivos para jogar abertamente na tarde desta terça-feira e protagonizaram um belo espetáculo nos primeiros 45 minutos de partida.

O time francês foi em busca da vitória para tentar buscar a primeira colocação do grupo, e o time polonês jogava pela honra após duas derrotas nos primeiros dois jogos.

As equipes criaram chances, mas pararam na falta de eficiência no ataque. A França teve dois bons contra-ataques na primeira etapa, porém não balançou as redes.

Mbappé foi o grande nome do confronto, mesmo utilizando uma máscara para proteger seu rosto, o mais novo atacante do Real Madrid se movimentou e buscou o jogo a todo o momento.

A Polônia, por sua vez, também jogou para frente, não abdicou de atacar, e criou dificuldades para os franceses.

Craques balançam as redes na etapa complementar

No começo do segundo tempo, a França foi ao ataque, e pressionou para buscar o gol. Acabou recompensada após boa jogada de Dembelé pela direita.

O atacante foi derrubado na área, a arbitragem marcou penalidade máxima, e Mbappé foi para as redes abrindo o marcador em Dortmund.

Contudo, Didier Deschamps acabou mudando três vezes aos 16 minutos, colocando Griezmann, Giroud e Camavinga nos lugares de Rabiot, Kanté, e Barcola.

O time francês acabou se perdendo um pouco no jogo, o que foi aproveitado pelo time polonês, que subiu sua marcação e conseguiu o empate, também em cobrança de pênalti.

Swiderski foi calçado por Upamecano na área, e a arbitragem do italiano Marco Guida foi ao VAR para definir pela marcação da penalidade.

Na cobrança, Lewandovski mandou a bola no canto direito, mas Maignan defendeu. A arbitragem mandou a cobrança voltar após adiantada do goleiro francês, e na segunda chance, o atacante polonês marcou e fechou o placar no Signal Iduna Park.

Agora a França encara o segundo colocado do Grupo E, enquanto Áustria e Holanda aguardam pelas outras posições da chave para conhecerem seus adversários.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de SouzaRedator

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo