Eurocopa

Empresário de Eriksen: “Christian não desiste. Ele e sua família querem agradecer todo mundo”

Martin Schoots, empresário do dinamarquês, contou que o meia está bem no hospital, onde estão sendo feitos exames profundos. Ele deve receber alta ainda esta semana

O empresário de Christian Eriksen deu boas notícias sobre o jogador. O camisa 10 dinamarquês sofreu um colapso no jogo contra a Finlândia, na estreia das duas seleções na Eurocopa. Em entrevista à Gazetta dello Sport, Martin Schoots falou sobre o jogador estar de bom humor e até perguntando sobre como os outros estão. Ficou impressionado com todo carinho que recebeu desde sábado e que ele até disse que se sente tão bem que estaria pronto a treinar. O jogador está internado, onde diversos exames estão sendo feitos. Ainda há muita investigação a ser feita em relação ao jogador.

“Nós conversamos nesta manhã [domingo]. Ele brincou, ele estava de bom humor, ele estava bem. Nós todos queremos entender o que aconteceu com ele, ele também quer isso. Os médicos estão fazendo exames profundos, levará algum tempo”, disse Schotts.

“Ele estava feliz porque ele entendeu quanto amor há em volta. As mensagens chegaram a ele do mundo inteiro. Ele ficou particularmente impressionado com os que fazem parte do mundo da Internazionale: não apenas seus companheiros de clube que ele ouviu por mensagem, mas também os torcedores. Christian não desiste”.

“Ele e a sua família querem agradecer todo mundo. Além disso, amanhã [nesta segunda-feira], ele continuará em observação, talvez também na terça. Mas de qualquer forma, ele quer torcer pelos seus companheiros contra a Bélgica. Ele se preocupou conosco. Ele perguntou: ‘Como vocês estão? Eu acho que vocês estão piores do que eu! Eu estaria pronto para treinar agora’”.

Eriksen não foi vacinado e não teve COVID-19

O diretor da Internazionale, Giuseppe Marotta, desmentiu uma teoria que Eriksen tenha sofrido o colapso no jogo da Dinamarca em função de uma reação ou sequela de COVID-19 ou da vacina. “Ele não teve COVID e também não foi vacinado”, afirmou o dirigente, em entrevista à RAI Sport, neste domingo.

“Nos próximos dias, ele passará por exames. O mais importante é que ele está bem”, disse Piero Volpi, médio da Inter, à Gazzetta dello Sport. “Mas nunca houve um episódio que nem remotamente tenha sugerido um problema, nem quando ele estava no Tottenham, nem na Inter. Na Itália, os controles são muito rigorosos”.

O médico que atendeu o jogador durante o seu tempo em Londres é Sanjay Sharma, da St. George’s University of London, e também reafirmou que o jogador jamais apresentou qualquer sinal de problema cardíaco. “Eu pensei: ‘Meu Deus, será que havia algo que nós não vimos? Mas eu olhei todos os resultados de exames e tudo está perfeito”, disse Sharma.

“Do dia que o contratamos [no Tottenham], era meu trabalho analisá-lo e examiná-lo todo ano. Então seus exames até 2019 estavam completamente normais, sem qualquer falha cardíaca óbvia subjacente. Eu posso garantir isso porque eu fiz os exames”, continuou o médico de Londres.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo