Eurocopa 2024

Todos querem Cristiano Ronaldo: segurança preocupa seleção portuguesa após invasões na Euro

Durante a vitória por 3 a 0 contra a Turquia, alguns torcedores invadiram o gramado tentando tirar uma foto com atacante português.

A vitória de Portugal por 3 a 0 contra a Turquia na segunda rodada do Grupo F da Eurocopa, em Dortmund, no sábado (22), chamou a atenção não apenas por mais um recorde de Cristiano Ronaldo. Alguns torcedores invadiram o campo para tentar chegar perto do ídolo português.

Embora nada de mau tenha acontecido com CR7, a Federação Portuguesa de Futebol (PFF) não escondeu a preocupação com a segurança do torneio e fez um apelo à UEFA.

Em nota enviada, a PFF pediu para a organização do torneio que melhorasse a segurança nos dez estádios anfitriões da Eurocopa na Alemanha. A UEFA, por sua vez, prometeu reforçar a segurança, garantindo que mais comissários serão destacados ao redor do campo, além de outras iniciativas para proteger os jogadores.

Técnico de Portugal também cobrou UEFA

Não foi apenas a Federação Portuguesa de Futebol que se incomodou com a falta de segurança dos jogadores nos confrontos da Eurocopa 2024.

O técnico de Portugal, Roberto Martínez, também cobrou a entidade europeia por mais cuidado e atenção dos profissionais que cercam o campo.

— Hoje tivemos sorte porque a intenção dos torcedores era boa. Mas será um momento difícil se as intenções estiverem erradas e os jogadores forem expostos. Há muita segurança, então isso não deveria acontecer — disse Roberto Martínez.

A primeira invasão aconteceu por volta dos 25 minutos do segundo tempo, quando um garoto de 10 anos vestindo a camisa da seleção turca conseguiu driblar a segurança e tirar uma selfie com Cristiano Ronaldo no centro do campo, que sorriu e o atendeu.

Cristiano Ronaldo
Torcedor que invadiu o gramado conseguiu tirar uma foto com Cristiano Ronaldo. Foto: Reprodução / Instagram

A ação bem-sucedida do garoto acabou incentivando outros torcedores a tentar o mesmo, e o que era descontração acabou virando preocupação. Pouco tempo depois, ainda com a bola rolando, outro jovem, desta vez de 15 anos, também tentou tirar uma foto com o craque português, que desta vez não deu atenção.

Em ambos os casos, o arbitro alemão Felix Zwayer precisou paralisar a partida.

Próximo ao fim do jogo e logo após o apito final, outras pessoas, também invadiram o gramado para tentar uma foto com o craque, mas a equipe de segurança foi mais rápida.

Sobrou até para Gonçalo Ramos…

Em uma das invasões, logo após o apito final, sobrou até para o Gonçalo Ramos. O atacante do PSG chegou a ser atingido por um dos seguranças que tentava conter um dos invasores enquanto caminhava para o vestiário.

O funcionário escorregou enquanto corria e deu um carrinho involuntário no jogador, enquanto outro segurança segurava o invasor, que tinha como objetivo Cristiano Ronaldo. A cena, é claro, chamou a atenção pela falta de segurança e organização da competição.

https://x.com/M10Infos/status/1804578462763511959

Foto de Márcio Júnior

Márcio JúniorRedator de esportes

Baiano formado pela Faculdade Regional da Bahia. Cobriu de carnaval a Copa do Mundo na TVE Bahia, onde venceu o prêmio de reportagem do mês. Passou pela ALBA, Rádio Educadora, Superesportes e Quinto Quarto antes de se tornar repórter na Trivela.
Botão Voltar ao topo