Eurocopa 2024

Abaixo-assinado quer mudar rumo da Eurocopa após eliminação da Alemanha

Torcida alemã ficou revoltada após não marcação de um pênalti no duelo decisivo

A eliminação da Alemanha para a Espanha, nas quartas de final da Eurocopa, segue esquentando o noticiário esportivo internacional.

No caso mais recente, a torcida alemã criou um abaixo-assinado, que já conta com mais de 300 mil assinaturas, pedindo a anulação e remarcação do confronto.

O motivo? A não marcação de um pênalti em favor da Nationalelf após toque de mão de Cucurella na área. A partida estava na prorrogação, e empatada por 1 a 1.

No momento do lance, Wirtz encontra Musiala na entrada da área, o atacante enche o pé direito, e carimba o braço do lateral-esquerdo, confira o lance abaixo:

Personagem de polêmica comenta sobre lance crucial

O lance gerou ainda mais revolta e polêmica, pois Merino marcou o segundo gol da Espanha, já no final do tempo extra, sacramentando a eliminação dos anfitriões da competição.

Após o apito final, Cucurella falou sobre o lance, admitindo que a bola havia de fato batido em seu braço. No entanto, após a postura do árbitro, ficou tranquilo em relação à sequência do lance.

Torcedores pedem expulsão de árbitro do quadro da Uefa

Na petição feita pelos torcedores, os alemães afirmam que Anthony Taylor, árbitro inglês, já havia favorecido a Espanha durante a Euro, e pedem que o árbitro seja expulso das competições organizadas pela Uefa.

— Anthony Taylor arbitrou a partida. Mas obviamente injustamente! Depois de uma bola de mão clara de Marc Cucurella (jogador da seleção espanhola) na área (com a mão estendida), a Alemanha não recebeu o pênalti que claramente merecia, o que poderia ter virado o jogo a seu favor. E isso não é tudo! Taylor já foi criticado por outro árbitro por ser a favor da Espanha. Exigimos que a UEFA repita o jogo, investigue a falta de neutralidade de Taylor e o castigue! — diz a petição.

Espanha mede forças diante da França na sequência da Eurocopa

Com a vitória diante da Alemanha, a Fúria garantiu vaga entre as quatro melhores seleções da Eurocopa. O próximo desafio será diante da França.

O confronto reedita alguns momentos históricos recentes do futebol, como as quartas de final da Copa do Mundo de 2006, vencida pelos franceses.

As duas seleções já se enfrentaram até na grande final da Eurocopa em 1984. Naquela ocasião, os Les Bleus também venceram os espanhóis, desta vez por 2 a 0, garantindo seu primeiro título da competição.

Apesar da vantagem em confrontos eliminatórios, no retrospecto a Fúria tem mais vitórias que o time francês. Ao longo de 36 confrontos são 16 vitórias so time espanhol contra 13, além de outros sete empates.

França e Espanha se enfrentam nesta terça-feira, às 16h (horário de Brasília), no gramado do Allianz Arena, em Munique.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de SouzaRedator

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo