Europa

Dani Alves ficou em festa até altas horas após sair da cadeia

Para celebrar aniversário do pai, Daniel Alves fez festa em sua casa até cerca de 5h da manhã, apenas um dia depois de deixar a prisão

Mal deixou a cadeia no início desta semana após ser acusado e condenado pelo estupro de uma mulher, Daniel Alves já estava fazendo festa. Literalmente. Um dia após deixar a prisão, em Barcelona, na Espanha, o ex-jogador, estuprador condenado, que está livre apenas por pagamento de fiança, aproveitou uma celebração com amigos e parentes em sua casa até 5 horas da madrugada na última terça-feira (26). As informações são do canal de TV argentino TyC Sports.

Segundo a publicação, Daniel Alves organizou uma comemoração em sua casa, que vale cerca de 4,5 milhões de euros, e que fica localizada no bairro Esplugues de Llobrega, em Barcelona. A festa era para celebrar o aniversário do pai do ex-jogador. As comemorações começaram em um restaurante, e terminaram no fim da madrugada, no imóvel pertencente ao ex-jogador de futebol.

O que aconteceu para ele ser solto?

Após ficar somente 14 meses encarcerado por conta da acusação e posteriormente da recente condenação por estupro, ele deixou a prisão após pagar 1 milhão de euros de fiança às autoridades locais, além de ter entrado com um pedido de apelação sobre o veredito que recebeu da justiça espanhola. Daniel Alves foi condenado a cumprir uma pena de 4 anos e 6 meses na cadeia, além do pagamento de 150 mil euros de fiança à vítima de seu crime, em uma boate na Espanha. Depois do pagamento, ele cumpriu apenas cerca de um quarto da pena proferida há poucas semanas.

Além disso, o brasileiro teve também o seu passaporte retido pelas autoridades e deve comparecer à corte local como parte dos termos de sua condicional. Os termos deverão durar no mínimo até o começo de 2025, quando o apelo pedido pela defesa de Dani Alves deverá ser julgada novamente.

E o dinheiro da fiança?

Ainda não se sabe ao certo onde e com quem Dani Alves conseguiu o dinheiro para o pagamento da fiança, já que suas contas também ficaram bloqueadas. Inicialmente, foi noticiado que o pai de Neymar seria o responsável pelo empréstimo, mas ele, que também é o responsável pelas finanças do filho, negou via comunicado oficial. Posteriormente, Memphis Depay, ex-companheiro do Dani Alves no Barcelona, também foi especulado como credor, o que foi negado pelo agente do atleta holandês, que atualmente joga com a camisa do Atlético de Madrid.

Mas independentemente de onde veio o dinheiro, há grande probabilidade dele ser devolvido. Segundo a “Ley de Enjuiciamiento Criminal” da Espanha, equivalente ao Código de Processo Penal brasileiro, a fiança ‘simboliza' um incentivo para que o réu não fuja do julgamento. Assim, o tribunal fica com a quantia ao longo do processo, e o valor é devolvido ao réu caso ele compareça em todas as datas de intimação, inclusive quando a sentença for expedida.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo