Champions League

Piqué sobre Guardiola: “Ele mudou a história do Barcelona”

A visita de Pep Guardiola ao Camp Nou é um dos grandes assuntos desta quarta-feira. O Barcelona recebe o Manchester City, treinado pelo catalão. Não será a primeira vez que ele joga contra o ex-clube. Na temporada 2014/15, o técnico esteve no estádio pelo Bayern de Munique, na semifinal da Champions League. Os mandantes venceram por 3 a 0, com um golaço de Messi. Piqué, zagueiro do Barcelona, fez vários elogios a Guardiola.

LEIA TAMBÉM: A Premier League é mais intensa que as outras grandes ligas? Guardiola acha que não

Vale lembrar que Gerard Piqué foi formado pelo Barcelona, mas foi muito cedo para o Manchester United de Alex Ferguson. Ficou por lá de 2004 a 2008, mas como jogava pouco, aceitou voltar ao Barcelona, a pedido de Guardiola – que o conhecia da base do clube. Desde então, a história é de um enorme sucesso.

“Pep fez uma marca sobre todos nós que estávamos com ele, houve um antes e um depois. Nós entendemos futebol de um modo diferente e ele mudou a história do clube”, afirmou Piqué.

“Eu só tenho palavras de elogio para ele. Ele me deu oportunidade de vir para cá e me deu tudo”, contou Piqué. “Eu acho que o Manchester Citu é um time diferente da temporada passada ou dos anos que eles tiveram com [Manuel] Pellegrini”, disse.

“O estilo de jogo é diferente. A pressão que eles fazem é muito alta, então eles tentam ter a bola e criar chances e eu acho que eles irão jogar como nós porque Pep Guardiola esteve aqui muitos anos”, analisou ainda o zagueiro. “Ele entende futebol do mesmo jeito que nós. Será um jogo muito desafiador”.

O jogo desta quarta-feira no estádio Camp Nou terá Lionel Messi de volta ao time titular. No fim de semana, o camisa 10 começou no banco de reservas contra o Deportivo La Coruña, voltando de lesão, mas deve estar plenamente recuperado para a partida contra o time inglês. Perguntado sobre a questão física de Messi, Piqué desconversou.

“Não importa se ele está 100% ou 10%, ele é tão diferente e é tão bom que apenas a sua presença no campo faz diferença para nós e o outro time”, disse o camisa 3 do Barça. “Nós não colocamos toda pressão nele, porém, Leo com a Argentina não vence sempre. O time tem que jogar bem porque é impossível vencer com apenas um jogador”, declarou ainda o jogador.

O Manchester City de Guardiola vem de um empate com o Everton no fim de semana, pela Premier League, quanto o Barcelona bateu o Deportivo La Coruña por 4 a 0. Os dois times estão no Grupo C da Champions League, onde o Barça lidera com seis pontos, seguido pelo Manchester City com quatro. O Celtic é o terceiro com um ponto, enquanto o Borussia Mönchengladbach ainda não pontuou.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo