Champions League

Companheirismo: Em apoio a Cheryshev, Real Madrid comemora gol abraçando o russo

Diante da concorrência de Dani Carvajal e Danilo, Álvaro Arbeloa tem aparecido pouco no Real Madrid. O defensor, que também enfrentou pequenos problemas recentes com lesões, só disputou cinco partidas nesta temporada. Porém, sua importância no elenco vai além do que faz em campo. Um dos jogadores mais antigos do grupo, também se posiciona como líder. E, por mais que já tenha enfrentado atritos internos, sobretudo com Casillas, o defensor permanece como pessoa de forte influência sobre seus companheiros.

Uma prova disso veio nesta terça, durante a goleada por 8 a 0 sobre o Malmö na Champions League. Arbeloa tratou de trabalhar não só pela goleada, mas também para ajudar o clima nos vestiários. Depois de um dos gols, pediu que seus companheiros fossem celebrar com Denis Cheryshev, pivô na eliminação dos merengues na Copa do Rei. Vontade atendida com um abraço coletivo sobre o russo. Valeu para representar a união dos comandados por Rafa Benítez, em meio às turbulências atravessadas nas últimas semanas.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo