La Liga

O uniforme para 2021/22 do Barcelona parece uma colagem de vários modelos

"Estilo moderno e valores testados pelo tempo guiaram a camisa do Barcelona", diz a Nike. O resultado é bem curioso

A Nike apresentou nesta terça-feira a camisa do Barcelona para 2021/22 e realmente confirmou os rumores: parece uma colagem com vários modelos combinados em um. E não se restringe à camisa: os calções parecem também não ter unidade, porque são meio a meio em azul e grená. A ideia, ao que parece, é repetir o padrão do escudo na camisa. “Estilo moderno e valores testados pelo tempo guiaram a camisa do Barcelona”, segundo a Nike.

A camisa “traz uma nova perspectiva para a identidade Blaugrana, apresentando um design com um layout de listras reimaginado”, descreve a empresa de material esportivo em seu comunicado. Ainda segundo a fabricante, “os calções do clube são metade azul e metade grená e combinam com meias listradas. Acentos de marfim pálido são incorporados ao Swoosh e às letras do kit. A nuca é inspirada na herança Senyera do clube, modificada de listras vermelhas sobre uma base amarela”.

Frenkie de Jong é citado comentando a camisa no comunicado da Nike. “Os fãs me consideram seu desde que entrei e é incrível ver uma camisa que captura a identidade e os valores de um clube tão maravilhoso”, diz o meio-campista. Então tá bom, né?

A camisa está disponível para membros da Nike a partir deste dia 16 de junho e estará disponível para todos a partir do dia 21. A estreia do novo uniforme deve acontecer na pré-temporada do clube, que continuará com Ronald Koeman no comando. Será a camisa que os reforços Eric Garcia, Emerson Royal e Sergio Agüero vestirão na próxima temporada, depois de voltarem da Eurocopa e Copa América.

Pelo bem do clube, espero que o Barcelona não tenha condicionado a permanência de Messi a ter um uniforme bonito. Porque se fez isso, há um risco aí.

Veja como ficou o uniforme:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo